• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2007.tde-18102007-104447
Documento
Autor
Nome completo
José Flávio Machado César Leão
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2007
Orientador
Banca examinadora
Demetrio, Valdemar Antonio (Presidente)
Barbin, Henrique Sundfeld
Fiorio, Peterson Ricardo
Mattos, Jairo Ribeiro de
Negri, Barjas
Título em português
Identificação, seleção e caracterização de espécies vegetais destinadas à instalação de jardins sensoriais táteis para deficientes visuais, em Piracicaba (SP), Brasil
Palavras-chave em português
Arquitetura paisagística – História
Deficiente visual
Inclusão social
Jardins
Percepção tátil
Resumo em português
O trabalho avaliou a percepção tátil de espécies vegetais por uma parcela da população de deficientes visuais em diferentes graus de intensidade, de ambos os sexos e com idades variando entre treze e setenta e sete anos, residentes em Piracicaba (SP), classificando-as de acordo com a maior ou a menor preferência, por meio de análises sensoriais afetivas. As plantas foram escolhidas entre aquelas utilizadas na composição de parques e jardins, instalados nas condições ambientais da região de Piracicaba (SP). No processo de seleção das plantas, considerou-se, também, a escolha daquelas que possibilitassem maior segurança física e psicológica aos deficientes visuais, além da sua disponibilidade no mercado. Foram selecionados, para os testes, indivíduos vegetais adultos, organizados em grupos distintos, de acordo com seu porte, sua estrutura e suas funções específicas na composição paisagística: treze espécies arbóreas; cinco palmeiras; dois tipos de bambus; dezenove arbustos, 34 espécies herbáceas e quatro tipos de gramas, totalizando 77 diferentes plantas. As espécies arbóreas foram avaliadas pelas características do tronco: a circunferência à altura do peito (CAP) e a textura da casca; as arbustivas, segundo o porte da planta, o tipo, a textura e o tamanho das folhas; as herbáceas e as gramíneas, segundo o tipo, a textura e o tamanho das folhas. A partir dos testes realizados, concluiu-se que com relação aos provadores, não houve diferença significativa entre os fatores sexo, idade, grau e tempo da deficiência, no que se refere às preferências sobre as espécies vegetais, dentro de cada categoria. Em relação às espécies arbóreas, constatou-se que, aos menores valores de CAP e à textura mais fina da casca, foram associados os maiores escores médios, refletindo a preferência dos provadores por indivíduos com menores diâmetros e por espécies com texturas macias, lisas e muito lisas. Os resultados sugeriram que a característica textura da casca foi mais importante, do ponto de vista afetivo, que a circunferência do caule à altura do peito. No que se refere aos arbustos testados, verificou-se que o porte foi pouco importante e que a textura e o tamanho das folhas foram os fatores preponderantes na discriminação das espécies, com ampla vantagem para as texturas macias. Os testes com as herbáceas e as gramíneas para relvados também evidenciaram que as características mais importantes, do ponto de vista afetivo, foram a textura e o tamanho das folhas. As herbáceas contempladas com flores ou inflorescências receberam escores médios maiores, exceção feita ao antúrio e à estrelícia, provavelmente, por apresentarem folhas médias e grandes, respectivamente, ou pelas características específicas de suas flores.
Título em inglês
Identification, selection and characterization of plant species designed to establish tactile sensory gardens for the vision impaired, in Piracicaba (SP), Brazil
Palavras-chave em inglês
Blind people
Landscape history
Sensory gardens
Social inclusion
Tactile plants
Touch
Visual handicaps
Resumo em inglês
The tactile perception of plant species by part of the visual impaired population at different intensity degrees of both genders, and ages ranging 13 to 77 years, residents of Piracicaba (SP) were evaluated, assorted according to higher or lower preference through affective sensorial analysis. The plants were collected from parks and gardens set up under the environmental conditions of the region of Piracicaba (SP). While selecting the plants, the choice of those plants likely to provide more physical and psychological safety to the visual impaired and market availability was also taken into account. Adult individuals were selected for the tests, organized into distinct groups according to size, structure and specific function in the landscape composition: thirteen arboreal species; five palm trees; two types of bamboo; nineteen shrubs; thirty four herbaceous species and four types of grass, in a total of seventy seven different plants. The arboreal species were evaluated according to the trunk characteristics: circumference at breast height (CBH) and bark texture; shrubby plants according to plant size, type, texture and leaf size; herbaceous plants and grasses according to type, texture and leaf size. Regarding the testers, the results showed that no significant difference occurred among gender, age, deficiency degree and time as to the preference for plant species within each category. As to the arboreal species, one verified that lower CBH values and thinner bark texture were associated to the mean scores, thus reflecting the preference of testers for lesser diameters and soft, smooth and very smooth texture species. The results suggested that the bark texture feature was more important, from the affective viewpoint, than the stem circumference at breast height. Regarding the tested shrubs, one verified that the size was not significant and that both leaf texture and size were preponderant in discriminating the species, with soft textures being much more preferred. Tests with herbaceous plants and grasses for grassland also pointed that the more important characteristics, from the affective viewpoint, were leaf texture and size. Blooming herbaceous plants were given higher mean scores, except for the Anthurium and Strelitzia, probably because of their medium and large size leaves, respectively, or due to specific flower features.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseJoseLeao.pdf (1.82 Mbytes)
Data de Publicação
2007-10-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.