• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2019.tde-15032019-163936
Documento
Autor
Nome completo
Maria Beatriz Segatti Piedade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Novembre, Ana Dionisia da Luz Coelho (Presidente)
Forti, Victor Augusto
Mello, Simone da Costa
Piotto, Fernando Angelo
Título em português
Caracterização dos frutos e das sementes de pimentas, em função da variação dos teores da capsaicina
Palavras-chave em português
Capsum chinense
Maturidade fisiológica
Pungência
Sementes
Resumo em português
Pesquisas sobre as sementes das pimentas são, principalmente, relacionadas ao estudo da maturação, com o intuito de determinar o momento ideal de colheita das sementes e visando preservar a qualidade das sementes produzidas. A importância das pimentas está associada aos capsaicinóides que são exclusivos das plantas das espécies do gênero Capsicum, produzidos principalmente na placenta, e não há informação que associe esses capsaicinóides à qualidade das sementes. Dessa forma, nessa pesquisa foi avaliada a associação entre o teor de capsaicina e a qualidade das sementes de quatro acessos genéticos de pimentas Biquinho, Kharika (IAC-1632), Olho de peixe (IAC-1580) e Naga Morich (IAC-1625), da espécie Capsicum chinense, cujo principal centro de diversidade é a Bacia Amazônia. Para tanto, em diferentes estádios da formação das sementes, os frutos foram colhidos nas cores verde, intermediária e vermelha, parte foi avaliada imediatamente e parte foi avaliada após a extração e a lavagem das sementes. As avaliações, de natureza física, fisiológica e bioquímica, foram baseadas nas características do fruto, da semente e nos teores de capsaicina. Em cada um dos estádios de formação das sementes (momentos de colheita), os frutos foram avaliados quanto à cor (ângulo hue), massa da matéria fresca, comprimento, largura e espessura do pericarpo, número de sementes por fruto e o teor de capsaicina; para os parâmetros físicos da semente foram avaliados o teor de água, a circularidade, a área, o espaço livre da cavidade interna da semente, a massa da matéria seca de 100 sementes e o peso de mil sementes; em relação aos parâmetros fisiológicos as sementes foram avaliadas imediatamente após serem extraídas dos frutos e após serem extraídas e lavadas e foram avaliadas quanto à germinação, ao índice de velocidade de germinação, à emergência da plântula, ao índice de velocidade de emergência da plântula, à massa da matéria seca da plântula, os comprimentos da parte aérea e da raiz da plântula e foi determinado também o teor de capsaicina das sementes. As sementes provenientes dos frutos de cor vermelha foram armazenadas e avaliadas aos 4 e aos 6 meses. Para a análise estatística foi utilizado o delineamento experimental inteiramente aleatorizado e a comparação das médias por meio do teste de Tukey (5%). A utilização do colorímetro possibilita caracterizar a variação das cores, evitando a interferência subjetiva relacionada à avaliação visual. Há o aumento da quantidade de capsaicina dos frutos de todos os acessos, principalmente quando a cor do fruto altera da verde para a intermediária; o acesso Biquinho é o menos pungente e o Naga Morich o mais pungente. Existe relação inversa entre a massa da matéria seca da semente e o espaço livre da cavidade interna da semente. A qualidade máxima das sementes da pimenta, em termos do parâmetro fisiológico, é obtida quando colhidas dos frutos de cor vermelha. Há alteração do teor da capsaicina da semente conforme altera o estádio de formação do fruto, independentemente do acesso. Para as sementes do acesso Biquinho, a menor conteúdo de capsaicina corresponde às sementes colhidas na maturidade fisiológica ou próximo à maturidade. Para as sementes do acesso Naga Morich, o conteúdo máximo de capsaicina corresponde ao das sementes colhidas na maturidade fisiológica ou próximo à maturidade. A lavagem não interfere nos atributos fisiológicos das sementes em avaliações imediatas. As sementes dos acessos Kharika e Olho de peixe não mantêm a qualidade durante o armazenamento por 4 meses. Há a manutenção da qualidade das sementes dos acessos Biquinho e Naga Morich, quando armazenadas por até 6 meses. A lavagem das sementes favorece a conservação das sementes do acesso Naga Morich.
Título em inglês
Characterization of the fruits and seeds of pepper, as a function of capsaicin variations
Palavras-chave em inglês
Capsicum chinense
Physiological maturity
Pungency
Seeds
Resumo em inglês
The researches on the seeds of the peppers are mainly related to the study of the maturation, with the purpose of determining the ideal moment of harvest of the seeds and aiming to preserve the quality of the seeds produced. The importance of peppers is associated with capsaicinoids that are unique to the plants of the species of the Capsicum genus, produced mainly in the placenta, and there is no information that associates these capsaicinoids with seed quality. Thus, in this research was evaluated the association between capsaicin content and seed quality of four genetic accessions of peppers Biquinho, Kharika (IAC-1632), Olho de peixe (IAC-1580) and Naga Morich (IAC-1625), of the species Capsicum chinense, whose main center of diversity is the Amazon Basin. Therefore, at different stages of seed formation, the fruits were harvested in the colors green, intermediate and red, part was evaluated immediately and part was evaluated after the extraction and washing of the seeds. The physical, physiological and biochemical evaluations were based on the characteristics of the fruit, the seed and the capsaicin contents. At each stage of seed formation (harvest time), the fruits were evaluated for color (hue angle), fresh matter mass, length, width and thickness of the pericarp, number of seeds per fruit and the content of capsaicin; for the physical parameters of the seed were evaluated the water content, the circularity, the area, the free space of the internal cavity of the seed, the mass of the dry matter of one hundred seeds and the weight of a thousand seeds; in relation to the physiological parameters, the seeds were evaluated immediately after being extracted from the fruits and after being extracted and washed and were evaluated for germination rate, germination speed index, seedling emergence, seedling emergence speed index, mass of the dry matter of the seedling, the lengths of the shoot and the root of the seedling and the capsaicin content of the seeds was also determined. Seeds from red colored fruits were stored and evaluated at the 4 and 6 months. For the statistical analysis was used the completely randomized experimental design and the comparison of the averages by the Tukey test (5%). The use of the colorimeter makes it possible to characterize the color variation, avoiding the subjective interference related to the visual evaluation. There is an increase in the amount of capsaicin in fruits of all kinds, especially when the color of the fruit changes from green to intermediate; the genotype Biquinho is the less pungent, and Naga Morich is the most pungent. There is an inverse relation between the dry matter mass of the seed and the free space of the internal cavity of the seed. The maximum quality of the seeds of the pepper, in terms of the physiological parameter, is obtained when the seeds are harvested of the fruits of red color. There is a change in the capsaicin content of the seed as it changes the fruit formation stage, regardless of access. For the seeds of the Biquinho access, the lower content of capsaicin corresponds to the seeds harvested at the physiological maturity or near maturity. For seeds of the Naga Morich access, the maximum content of capsaicin corresponds to that of the seeds harvested at the physiological maturity or near maturity. The washing does not interfere with the physiological attributes of the seeds in immediate evaluations. The seeds of the Kharika and Olho de peixe accesses do not maintain quality during storage for 4 months. There is the maintenance of the quality of the seeds of the Biquinho and Naga Morich accesses when stored for up to 6 months. The seeds wash favors the conservation of Naga Morich access seeds.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-03-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.