• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2004.tde-04102004-111755
Documento
Autor
Nome completo
André Luís de Moraes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2003
Orientador
Banca examinadora
Scarpare Filho, Joao Alexio (Presidente)
Mourao Filho, Francisco de Assis Alves
Nachtigal, Jair Costa
Título em português
Produção da videira 'Niagara Rosada' em função da desfolha após a colheita.
Palavras-chave em português
colheita
desfolha
poda
uva-niagara-rosada
Resumo em português
A presença de folhas após a colheita é muito importante para a videira, pois é neste período que ocorrerá o acúmulo de reservas necessário para o próximo ciclo. O trabalho teve como objetivo, estudar a influência da desfolha precoce (desfolha realizada após a colheita) da uva Niagara Rosada no rendimento das safras subsequentes. Foram estabelecidas as desfolhas artificiais com intensidades de 25% e 50%, realizadas em 4 épocas distintas: 30 dias após a colheita, 45 dias após a colheita, 60 dias após a colheita e 75 dias após a colheita. O tratamento controle foi de 0% de desfolha, com manutenção da área foliar através de pulverizações e a testemunha sem tratamento fitossanitário. No ciclo de produção tradicional (Poda Seca realizada no inverno) foram avaliadas as seguintes variáveis: a) massa dos ramos após desfolha; b) % de brotação; c) crescimento dos ramos; d) número de cachos; e) massa dos cachos; f) oBRIX; g) produção. No ciclo de produção chamado de Poda Verde, realizada no mês de fevereiro, as variáveis analisadas foram: a) crescimento dos ramos; b) produção; c) massa dos cachos. Verificou-se que a massa dos ramos decresceu à medida que se aumentou o nível de desfolha; a testemunha apresentou uma menor massa que o tratamento 0% de desfolha (controle). Nenhuma diferença foi observada no crescimento e taxa de crescimento dos ramos entre os diferentes tratamentos realizados durante a Poda Seca e Poda Verde. Porém, entre as podas (seca e verde) pode-se observar diferenças nessas variáveis. O comprimento dos ramos foi maior na Poda Seca enquanto que a taxa de crescimento dos ramos foi maior nos primeiros 20 dias na Poda Verde. A brotação no tratamento com 0% de desfolha (controle) foi mais rápida do que nos demais tratamentos. Os tratamentos com 25% de desfolha, independente da época, foram relativamente superiores aos tratamentos que receberam 50% de desfolha. O número de cachos não foi influenciado pela desfolha, assim como o oBRIX. A massa dos cacho foi sempre superior para o tratamento com 0% de desfolha (controle), tanto na Poda Seca como na Poda Verde. A testemunha, que sofreu ataque de patógenos, teve sempre a menor massa (produção) nas duas podas. A massa dos cachos, em todos os tratamentos, foi maior na Poda Seca do que na Poda Verde. A produção no tratamento 0% de desfolha (controle) foi maior nas duas safras, enquanto que a produção na testemunha foi menor, quando comparados aos demais tratamentos.
Título em inglês
Production of ‘Niagara Rosada’ grape under defoliation after harvest.
Palavras-chave em inglês
defoliation
grape niagara rosada
harvest
prunning
Resumo em inglês
The foliage presence, on the grape plant, after harvest is very important, because it is in this period that carbohydrate will be accumulated to be used in the next season by the plant. The objective of this work was to study the influence of the defoliation after the harvest. It was established the following artificial defoliation levels: 25% and 50%, with 4 distinct times: 30 days after harvest, 45 days after harvest, 60 days after harvest and 75 days after harvest. The control treatment was 0% artificial defoliation , with fungicides treatment, with the objective to maintain the foliar area and the untreated, with 0% artificial defoliation, but without fungicides treatment. In the traditional grape production in this region (“dry pruning” realized in the winter time), the variables analyzed were: a) shoots weight after defoliation; b) % buds burst; c) shoots growth; d) number of bunches; e) weight of the bunches; f) oBRIX; g) production. The next production, called “Green pruning”, the variables analyzed were: a) shoots growth; b) weight of the bunches; c) production. The weight of the shoots decreased as we increased the defoliation level; the untreated, even not having any artificial defoliation, just like 0% defoliation treatment, it showed less weight. The growth of the shoots and the growth speed did not show any difference among the treatments within “dry pruning” and within “green pruning”, but there was a difference between the treatments in the “dry pruning” compared with the treatment in the “green pruning”; the shoot length was longer for the “dry pruning” and the growth speed was faster in the “green pruning”, in the first 20 days. The 0% defoliation treatment showed a faster buds burst and all 25% defoliation treatments showed a slightly superiority buds burst over 50% treatments. The number of bunches was the same for all treatments, as well as oBRIX. The bunches weight and the production were higher on 0% defoliation treatment and lower for the untreated in both harvest. All treatments production and bunches weight were higher on the “dry pruning” than on the “green pruning”.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
andre.pdf (932.61 Kbytes)
Data de Publicação
2005-06-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.