• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Danyllo Santos Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Favarin, José Laercio (Presidente)
Cruz, Simério Carlos Silva
Mazzafera, Paulo
Muraoka, Takashi
Título em português
Contribuição relativa do K de zonas do solo para o conteúdo na soja e plantas em sucessão
Palavras-chave em português
Ciclagem e reciclagem
Consórcio de plantas
Rb como marcador de K
Sistemas de produção
Resumo em português
Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de identificar a zona do solo de onde o K foi absorvido e acumulado na soja (safra) e nas plantas em sucessão (segunda safra: milho, braquiária e milho consorciado com a braquiária). Para tanto, utilizou o elemento rubídio (Rb) como marcador do nutriente potássio (K), o qual foi posicionado na superfície do solo, a 30 cm e 60 cm de profundidade. A contribuição relativa de as camadas do solo para a ciclagem de K será assumida como proveniente dos primeiros 30 cm de solo (Rb na superfície), de 30 cm a 60 cm (Rb a 30 cm) e de 60 cm a 90 cm de profundidade (Rb a 60 cm). Ainda, a ciclagem de K foi obtida indiretamente, a partir da recuperação de Rb, com base na hipótese de que a mesma equivale à recuperação de K do solo. O experimento foi realizado na Universidade Federal de Goiás, Regional de Jataí, no ano agrícola 2015/2016. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com parcelas subdivididas e quatro repetições. As parcelas constituem os sistemas de produção (soja, soja/milho, soja/braquiária e soja/milho-braquiária), e as subparcelas correspondem às profundidades onde foi posicionado o Rb (superfície do solo, 30 e 60 cm de profundidade). Na soja, a maior parte do K (60%) acumulado foi absorvida da camada superficial do solo, e nas plantas em sucessão a contribuição foi das camadas subsuperficiais, abaixo de 30 cm de profundidade (braquiária - 74%, milho-braquiária - 71% e milho - 81%). A recuperação do K reciclado da parte aérea da soja foi maior para a forrageira (84%), seguida pelo consórcio milho-braquiária (13%) e milho (2,5%).
Título em inglês
Relative contribution of soil K to total contents in soybean plants and succession plants
Palavras-chave em inglês
Cycling and recycling
Plant intercropping
Production System
Rb as K tracer
Resumo em inglês
This research was carried out to identify the soil depth from where K was absorbed and accumulated in the soybean (first season) and in the plants of succession (second season: corn, brachiaria and corn-brachiaria intercropped). In order to do so, it was used the rubidium element (Rb) as marker of potassium nutrient (K), which was positioned on the soil surface, 30 cm and 60 cm depths. The relative contribution of the soil layers to the K cycling will be assumed as the amount coming from the first 30 cm of soil (Rb at the surface), from 30 cm to 60 cm (Rb at 30 cm) and from 60 cm to 90 cm depth (Rb at 60 cm). Also, the cycling of K was obtained indirectly, from the recovery of Rb based on the hypothesis that it has equal recovery of K from the soil. The experiment was carried out at the Federal University of Goiás, Jataí Regional, in the season of 2015/2016. The experimental design was split-plot with randomized blocks and four replicates. The plots constitute the production systems (soybean, soybean/corn, soybean/brachiaria and soybean/corn-brachiaria intercropped), and the subplots correspond to the depths where the Rb was placed (soil surface, 30 and 60 cm deep). In soybean, most of the K uptake (60%) was taken from the soil surface layer, and in the plants in succession the contribution was from the subsurface layers, below 30 cm depth (brachiaria - 74%, Brachiaria-corn - 71% and corn - 81%). The recovery of recycled K of the soybean above ground was higher in the forage (84%), followed by the corn-brachiaria intercropped (13%) and corn (2.5%).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.