• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2012.tde-24102012-153930
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Christino de Negreiros Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2012
Orientador
Banca examinadora
Rezende, Jorge Alberto Marques (Presidente)
Barbosa, Júlio César
Lopes, Joao Roberto Spotti
Nagata, Alice Kazuko Inoue
Sakate, Renate Krause
Título em português
Identificação de isolados do Sida mottle virus e Sida micrantha mosaic virus não transmissíveis por Bemisia tabaci biótipo B que infectam maracujazeiros (Passiflora edulis f. flavicarpa)
Palavras-chave em português
Geminivirus
Insetos vetores
Maracujá
Mosca-branca
Proteção cruzada
Resumo em português
Doenças causadas por virus do gênero Begomovirus (família Geminiviridae) são incomuns em espécies de passifloras. Nos últimos dez anos, entretanto, foram encontrados no Brasil begomovirus infectando passifloras em pomares nos municipios de São Fidelis (RJ), Paragominas (PA), Patos de Minas (MG) e Araguari (MG). Estes isolados foram transmitidos mecanicamente para plantas de Nicotiana benthamiana, que apresentaram sintomas de mosaico e deformação foliar. Também foi possível a transmissão para plantas de Sida rhombifolia através de inoculação por biobalística com o DNA amplificado do isolado de São Fidelis. Estas plantas demonstraram sintomas de mosaico amarelo e deformação foliar. O DNA total extraído de plantas infectadas foi amplificado por RCA, sendo que o componente A (DNA-A) dos isolados de Paragominas e Patos de Minas foram sequenciados diretamente por "primer walking". O DNA-A dos isolados de São Fidelis e Araguari foram clonados e sequenciados. As sequências de nucleotideos dos isolados de Paragominas e de São Fidelis apresentaram 90% de similaridade ao Sida mottle virus (SiMoV), enquanto a sequência de nucleotídeos do isolado de Araguari apresentou 96% de similaridade ao Sida micrantha mosaic virus (SimMV). Assim esses isolados encontrados em maracujazeiro podem ser considerados estirpes do SiMoV e SimMV, respectivamente. Não foi possivel a transmissão desses isolados através de Bemisia tabaci biótipo B, no entanto, os insetos foram capazes de adquirir o vírus. O isolado de São Fidelis foi detectado separadamente na região onde se encontra a glandula salivar (cabeça e protórax) e na região posterior do inseto, indicando que o vírus transpos a barreira do mesenteron e circulou pela hemolinfa do inseto. Alves (2008) obteve uma forma atenuada do isolado de São Fidelis através de inoculações mecanicas em plantas de N. benthamiana. O DNA-A desta forma atenuada foi sequênciado e apresentou 90% de identidade ao isolado do qual se originou. A forma atenuada do begomovirus foi capaz de proteger plantas de maracujazeiro contra a estirpe severa do vírus.
Título em inglês
Identification of Sida mottle virus and Sida micrantha mosaic virus isolates non transmissible by Bemisia tabaci biotype B infecting passionflower (Passiflora edulis f. flavicarpa)
Palavras-chave em inglês
Cross protection
Geminivirus
Insect vectors
Passionfruit
Whitefly
Resumo em inglês
Diseases caused by begomoviruses (family Geminiviridae) are hardly found in Passiflora species. In the last years, however, begomovirus infected passionflowers were found in orchards in the counties of São Fidelis (state of Rio de Janeiro), Paragominas (Pará), Araguari and Patos de Minas (Minas Gerais). These isolates were mechanically transmitted to Nicotiana benthamiana plants, which showed variable symptoms of mosaic and leaf distortion. Another susceptible host is Sida rhombifolia, which was biolistic inoculated with amplified DNA of São Fidelis isolate, and showed symptoms of yellow mosaic and leaf distortion. Total DNA extracted from field infected passiflora was amplified by RCA, and the DNA-A of Paragominas and Patos de Minas isolates were directly sequenced by primer walking. The A component of São Fidelis and Araguari isolates were cloned and also completely sequenced. The complete nucleotide sequence of DNA-A of Araguari isolate shared 96% identity with that of Sida micrantha mosaic virus (SimMV), whereas the DNA-A of Paragominas and São Fidelis isolates shared 90% identity with that of Sida mottle virus (SiMoV). These viruses may be consider as strains of SiMoV and SimMV, respectively. It was not possible to transmit these isolates by Bemisia tabaci biótipo B, although the insects were able to acquire the virus. São Fidelis isolate could be detected separately at salivary gland region and posterior region of the insect, indicating that the virus could cross the digestive tract and circulate in the hemolymph. Alves (2008) obtained a mild strain of São Fidelis isolate by mechanical inoculation in N. benthamiana plants. The mild isolate was able to protect passionflower against the severe isoalte of this begomovirus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.