• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-17072018-112201
Documento
Autor
Nome completo
Ruan Carlos Navarro Furtado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Inomoto, Mario Massayuki (Presidente)
Ferraz, Luiz Carlos Camargo Barbosa
Pascholati, Sergio Florentino
Santini, Luciane
Título em português
Uso de plantas de cobertura para controle de Pratylenchus brachyurus em sucessão com soja
Palavras-chave em português
Glycine max
Pratylenchus brachyurus
Controle cultural
Rotação de culturas
Resumo em português
A crescente preocupação com nematoides está associada a sua facilidade em encontrar alimento durante a safra e entressafra. A sucessão de culturas popularizada pelo Sistema de Plantio Direto (SPD) permite a multiplicação constante destes patógenos em campo. Pratylenchus brachyurus, o nematoide das lesões radiculares, foi extremamente favorecido por este sistema devido a seu alto grau de polífagia, parasitando inclusive as principais culturas agrícolas nacionais. A soja é o a cultura que mais sofre perdas por este patógeno e o sistema onde é empregada, em rotação com gramíneas, é uma condição agravante para a cultura. Devido a isto a busca por alternativas de sucessão em que o nematoide não seja capaz de aumentar a população é uma ferramenta importante para o controle do nematoide. O objetivo deste trabalho foi buscar alternativas de coberturas vegetais para o controle de P. brachyurus e testar o efeito em sucessão com soja. Foram realizados dois experimentos, sendo o primeiro para avaliar a reação de hospedabilidade de plantas de cobertura a P. brachyurus, e o segundo com sucessão de sorgo com soja. No primeiro experimento foram avaliados 18 tratamentos na primeira etapa e 10 na segunda, totalizando 19 coberturas vegetais diferentes. Os ensaios foram conduzidos em casa de vegetação em vasos de plástico com 1L de solo autoclavado. Três plantas de cada tratamento foram mantidas por parcela. Foram inoculados 1000 espécimes do nematoide por parcela e a avaliação foi realizada aos 90 dias após a inoculação (DAI). Neste período os nematoides, foram extraídos das raízes por método de liquidificação, peneiramento e flutuação em centrifuga, e contados em Câmara de Peters sobre microscópio ótico. Com a população final encontrada foi avaliado o Fator de Reprodução (FR) do nematoide na planta. Nos dois ensaios foram encontrados resistência para seis tratamentos. Leucena, estilosantes, tefrosia, C. grantiana, C. spectabilis e C. breviflora apresentaram resistência nos dois experimentos. Guandu-mandarim apresentou resistência no primeiro ensaio e suscetibilidade no segundo enquanto que, C. ochroleuca ocorreu o inverso. Os resultados demostraram o potencial de redução da população do fitonematoide com o uso de espécies vegetais de cobertura. No segundo experimento foi conduzido ensaio de sucessão com cinco cultivares de sorgo e um de milheto em sistema com gramínea-soja. Os experimentos foram conduzidos em casa de vegetação com oito parcelas por tratamento. Cada parcela foi inoculada com 1000 espécimes de P. brachyurus em vasos de 1L com solo autoclavado. Foram mantidas três plantas por vaso. Quatro parcelas foram colhidas aos 90 DAI e realizada a extração para avaliação de FR. Das quatro parcelas restantes foi removida a parte aérea das gramíneas e semeado soja. As avaliações em soja foram realizadas na senescência da cultura. Não foram encontrados tratamentos resistentes. O cultivar de milheto BRS 1501 apresentou os menores valores de FR, multiplicando menos o nematoide, enquanto o cultivar de sorgo BRS 716 apresentou os valores mais elevados. As avaliações em soja demonstraram a menor produtividade e massa fresca de raiz de soja conforme o aumento da população do nematoide na parcela devido à sucessão. Nenhum dos tratamentos foi eficiente para diminuir a população do nematoide e o aumento da população inicial na soja agravou os danos causados pelo nematoide. Por tanto nenhum dos tratamentos com gramíneas é recomendado para rotação com soja ou cultivo em solos infestados. Neste trabalho foi possível visualizar os danos causados pelo nematoide na cultura e também foi possível encontrar potenciais de controle cultural com plantas resistentes e a supressão da população no solo.
Título em inglês
Use of cover crops to control of Pratylenchus brachyurus in a soybean system
Palavras-chave em inglês
Glycine max
Pratylenchus brachyurus
Crop rotation
Cultural control
Resumo em inglês
The growing concern with nematodes is associated with their ease in finding food during the harvest and in the off season. The crop rotation, popularized by the No-till farming allows the constant multiplication of these pathogens in the field. Pratylenchus brachyurus the root-lesion nematode was greatly favored by this system due to its polyphagous feeding behavior, parasitizing even the main national agricultural crops. Soybean is the host of this pathogen, and the system where it is employed, in rotation with grasses, is an aggravating condition for the crop. Due to this the search for rotation alternatives where the nematode is not able to increase the population is an important tool for the control in the off season and to avoid losses in the main crop. The objective of this work was to search for plant cover alternatives for the control of P. brachyurus and to test the effect in succession with soybean. Two experiments were carried out, the first one to evaluate the host planting of P. brachyurus, and a second with succession of grasses with soybean in soil infested with nematodes. In the first experiment, eighteen treatments were evaluated in the first stage and ten in the second, totaling nineteen different cover crops. The assays were conducted in a greenhouse in plastic vats with 1L of steam sterilized soil. Three plants of each treatment were maintained per plot. 1000 specimens of the nematode were inoculated per plot and the evaluation was performed at 90 days after inoculation (DAI). During this period the nematodes were extracted from the roots by means of liquidification, sieving and centrifugal flotation, and counted in Peters' Chamber on an optical microscope. With the final population found, the reproductive factor (RF) of the nematode in the plant was evaluated. In both tests resistance was found for six treatments. Leucaena, stylers, tephrosia, C. grantiana, C. spectabilis and C. breviflora showed resistance in both experiments. Pigeonpea cv 'mandarim' presented resistance in the first trial and susceptibility in the second while C. ochroleuca occurred the inverse. The results demonstrated the potential of reducing the phytonematoid population with the use of plant cover species. In the second experiment, a succession test was carried out with five cultivars of sorghum and one of millet in a grass-soybean system. The experiments were conducted in greenhouse with eight plots per treatment. Each plot was inoculated with 1000 specimens of P. brachyurus in 1L vessels with autoclaved soil. Three plants were maintained per pot. Four plots were harvested at 90 DAI and extraction was performed for FR evaluation. Of the four remaining plots was removed the aerial part of the grasses and sown soybean. The soybean evaluations were carried out in the senescence of the crop. No resistant treatments were found. The millet cultivar BRS 1501 presented the lowest values of RF, multiplying the nematode less, while the sorghum cultivar BRS 716 had the highest values. Soybean yields showed lower productivity and fresh soybean root mass as the nematode population increased in the plot due to succession. None of the treatments with grasses were efficient to decrease the nematode population and the initial population increases in soybean aggravated nematode damage. None of the treatments are recommended for soybean rotation or cultivation on infested soil. In this work it was possible to visualize the damage caused by the nematode in the crop and it was also possible to find potentials of cultural control with resistant plants and the suppression of the population in the soil.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.