• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Grêssa Amanda Chinelato
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2017
Orientador
Banca examinadora
Belasque Júnior, José (Presidente)
Bassanezi, Renato Beozzo
Bergamin Filho, Armando
Yamamoto, Pedro Takao
Título em português
Dinâmica temporal e distribuição espacial de Huanglongbing (HLB, Greening) e seu inseto vetor (Diaphorina citri) Kuwayama (Hemiptera: Liviidae)
Palavras-chave em português
\'Candidatus Liberibacter\'
Citros
Erradicação de plantas
Psilídeo
Resumo em português
Uma das principais doenças da citricultura é o Huanglongbing (HLB, Greening). Não há métodos curativos para o manejo do HLB e minimizam-se seus danos com a eliminação de plantas com sintomas da doença e com o controle do inseto vetor. A manutenção de áreas com plantas doentes e sem o controle de D. citri resulta em risco para a viabilidade econômica de pomares nos quais são empregadas essas estratégias de controle. Os objetivos do presente trabalho foram avaliar o progresso temporal de plantas com sintomas de HLB, a distribuição espacial dessas plantas e seu vetor, a dinâmica populacional de D. citri e estimar o número de armadilhas adesivas amarelas para detecção de adultos do vetor. Os dados de campo foram obtidos de três áreas destinadas à produção de citros, que realizavam o controle para o vetor, e outras duas áreas vizinhas que tinham plantas cítricas sem esse controle. Essas áreas foram amostradas de 2012 a 2016 com o emprego de armadilhas adesivas amarelas. As frequências de captura de D. citri, as médias de adultos/armadilha e as incidências de plantas com HLB, foram maiores em lotes vizinhos de áreas não comerciais, em comparação com lotes vizinhos de áreas comerciais regularmente pulverizadas com inseticidas. As áreas comerciais apresentaram médias de 0,01 a 0,05 adulto/armadilha, enquanto as áreas não comerciais apresentaram médias de 0,20 a 1,32 adulto/armadilha. A proporção desses adultos detectados como bacterilíferos variou de 18% a 72%. Os adultos de D. citri foram detectados quase que exclusivamente em armadilhas localizadas nas bordas dos lotes, em comparação com armadilhas colocadas internamente. Oitenta porcento das plantas com HLB estavam até 80 a 160 metros da borda. O modelo exponencial negativo se ajustou aos dados referente à proporção de plantas com HLB em função da distância da borda, com valores do coeficiente angular de 0,01 a 0,02. Plantas com HLB detectadas nesses lotes apresentaram-se distantes entre si até 90,7 metros, indicando que a infecção das plantas foi relacionada à dispersão de adultos de D. citri provenientes de áreas externas. Estimativas precisas para a média de adultos/armadilha exigem o emprego de dezenas a centenas de armadilhas, o que torna esse procedimento impraticável em áreas regularmente pulverizadas com inseticidas. Os modelos de progresso temporal logístico e de Gompertz se ajustaram à maioria dos dados de proporção de plantas com HLB, com taxas de progresso de 0,43 a 1,18 para o modelo logístico e 0,01 a 0,46 para o modelo de Gompertz. Áreas comerciais, mantidas sem a eliminação frequente de plantas com HLB, mas com controle frequente do vetor, podem ser menos importantes como fontes de inóculo do HLB que plantas não comercias, infectadas e sem tratamentos com inseticidas, o que exige ações adicionais, destinadas às áreas não comerciais, na tentativa de se reduzir as infecções primárias de HLB.
Título em inglês
Temporal dynamics and spatial distribution of Huanglongbing (HLB, Greening) and its insect vector (Diaphorina citri) Kuwayama (Hemiptera: Liviidae)
Palavras-chave em inglês
'Candidatus Liberibacter'
Citrus
Psyllid
Roguing
Resumo em inglês
Citrus Huanglongbing, also called HLB or Greening, is one of the most important diseases of citrus. There are no curative methods for HLB management. By consequence, roguing and vector control are recommended measures to prevent new infections. The maintenance of areas with infected trees and without D. citri control put under risk the viability of orchards in which HLB control strategies are employed. The objectives of this work were to evaluate the temporal progress of HLB-symptomatic trees, the spatial distribution of HLB-symptomatic trees and its vector, the population dynamics of D. citri and to estimate the number of yellow sticky traps for adult detection. Data were obtained from three commercial areas where HLB were under management by roguing and insecticide sprays, and two additional neighboring areas without HLB control. All areas were sampled from 2012 to 2016 and adults of psyllid vector were sampled by yellow traps. The capture frequencies of D. citri, the average of adults/trap, and the incidences of HLB-symptomatic plants were higher in plots neighboring non-commercial areas, compared to plots neighboring commercial areas regularly sprayed with insecticides. Commercial areas presented averages ranging from 0.01 to 0.05 adult/trap, while non-commercial areas presented averages between 0.20 to 1.32 adult/trap. The proportion of bacteriliferous adults ranged from 18% to 72%. Adults of D. citri were detected almost exclusively in traps located on the edge of the plots, compared to traps placed internally. Eighty percent of the plants with HLB were distant up to 80 to 160 meters from the edge. The negative exponential model was adjusted to the data concerning the proportion of plants with HLB as a function of distance from the edge, with values of the angular coefficient from 0.01 to 0.02. Affected plants detected in those plots were distant to each other up to 90.7 meters, indicating that infection process was related to D. citri adults from external areas. Precise estimates of adults/trap require the adoption of tens to hundred traps per plot, which makes this procedure impractical in areas regularly sprayed with insecticides. Logistic and Gompertz models fitted for the majority of affected plants proportion data. Rates ranged from 0.43 to 1.18 for Logistic and 0.01 to 0.46 for Gompertz model. Commercial areas, maintained without frequent HLB-plant eradication, but with regular vector control, maybe are less important as HLB sources of inoculum than non-commercial HLB-infected plants, never treated with insecticides, which requires additional efforts to attempt a reduction on the primary spread of HLB.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.