• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2004.tde-26072004-150200
Documento
Autor
Nome completo
Cinthia Cabral da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Burnquist, Heloisa Lee (Presidente)
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade
Gasques, Jose Garcia
Guilhoto, Joaquim Jose Martins
Miranda, Silvia Helena Galvao de
Título em português
Medidas protecionistas utilizadas pelos Estados Unidos e União Européia para o açúcar: impacto sobre a economia das regiões exportadoras do Brasil.
Palavras-chave em português
açúcar
exportação
mercado agrícola
subsídio agrícola
tarifa alfandegária
Resumo em português
As exportações brasileiras de açúcar, especialmente as originadas da região Centro-Sul, são altamente competitivas no mercado mundial. Contudo, sofrem efeitos de políticas protecionistas no âmbito do comércio internacional, alterando a movimentação da produção em resposta à determinação de oferta e demanda de mercado. O objetivo deste estudo foi identificar e quantificar os efeitos que as medidas protecionistas para o açúcar nos Estados Unidos e na União Européia, tiveram sobre a exportação brasileira de açúcar, e sua repercussão na economia brasileira como um todo, tomando como base o impacto nas principais regiões produtoras do país. Utilizando o modelo descrito por Gardner (1987), verificou-se que a eliminação do equivalente tarifário, referente as quotas tarifárias de importação e programas de preço mínimo, nos Estados Unidos, aumentaria a participação brasileira no mercado de açúcar bruto em cerca de 18%, considerando as exportações médias que ocorreram para o mercado norte-americano no período de 1996 a 2002. Na União Européia, a redução de quotas de importação e a política de sustentação de preços provocariam um aumento de 55%, em média, nas exportações brasileiras, entre 1996 e 2002. Esse valor é obtido pressupondo-se que os outros potenciais exportadores não expandam suas participações no mercado internacional. Em termos de volume e valor exportado, os cálculos considerando a extinção de medidas protecionistas para o açúcar nos mercados da UE e dos EUA, produziram resultados semelhantes, com impactos estimados para a economia brasileira de incremento no valor da produção de, aproximadamente, R$ 166 milhões/ano e de geração de 6.547 empregos/ano, considerando os impactos diretos, indiretos e de efeito do aumento da renda, dos dois efeitos agindo simultaneamente, e nas duas regiões exportadoras do Brasil. Os resultados obtidos quando se considera a eliminação do valor calculado como equivalente subsídio do mercado europeu, para suas exportações de açúcar refinado, no entanto, sinalizam impactos mais expressivos que a eliminação do equivalente tarifário sustentado pelo bloco e pelos Estados Unidos. Esse impacto foi também mais expressivo para a região Centro-Sul comparado à da região Norte- Nordeste do Brasil. Os resultados sugerem que, neste contexto, o volume das exportações brasileiras de açúcar refinado aumentaria três vezes mais que o volume das exportações de açúcar bruto, se ambos os equivalentes tarifários, para os Estados Unidos e União Européia, fossem eliminados conjuntamente. Uma simulação do impacto dessa mudança na economia brasileira, indica a possibilidade de que incrementos na produção e emprego ocorram nessa mesma proporção: aumento de cerca de R$ 263 milhões/ano em produção (sendo R$ 211 milhões na região Centro-Sul e R$ 52 milhões na região Norte-Nordeste) e 8.480 empregos/ano gerados, considerando os efeitos diretos, indiretos e os impactos induzidos pelo efeito renda das famílias (sendo 5.256 na região Centro-Sul e 3.223 na região Norte-Nordeste). O valor total da produção estimulada pelos três impactos foi maior no Centro-Sul do Brasil. Já em relação à porcentagem do aumento da produção existente na economia, foi mais significativo o impacto na região Norte-Nordeste. Essas informações são úteis para a formulação de políticas econômicas e para a previsão de reações dos mercados frente a mudanças em variáveis internacionais, que são polêmicas na comunidade internacional.
Título em inglês
Protectionist measures used by the United States and European union for sugar: impacts upon the economy of Brazilian expotable regions.
Palavras-chave em inglês
agricultural market
agricultural subsidy
customs tariff
export
sugar
Resumo em inglês
Brazilian sugar exports, particularly those produced in the Center-South region, are highly competitive in the international market, but bear the effects of protectionist policies in international trade, as production changes compared to what would be obtained in response to supply and demand market signs. The objective of this study was to identify and measure the effects that protectionist measures for sugar, of the United States and European Union, had upon Brazilian sugar exports, together with its impact upon the overall economy, considering the results upon the main sugar producing regions of the country. A model described by Gardner (1987), was used to verify that the elimination of the tariff equivalent, relative to the import tariff quotas, together with the phase out of the minimum price program in the United States, would have increased the Brazilian participation in the raw sugar market by about 18 percent of its average exports to the US market through the 1996 to 2002 period. In the European Union, the reduction of import quotas and of the price support policy, showed and increase of 55 percent, on average, upon Brazilian exports, considering the same period of 1996 to 2002. This value is obtained under the assumption that other potential exporters will not expand their share in the international sugar market. In terms of export volume and value, calculations considering the extinction of protectionist measures for sugar in the EU and United States markets, produced results very similar, with estimated impacts of an increase in the production value upon the Brazilian economy by approximately R$ 166 million per year, together with the generation of 6.547 employments per year. These results were obtained considering the direct and indirect impacts of an income increase, besides the effects of these two effects acting simultaneously, and in the two major exportable regions in Brazil. The results obtained as one considers the elimination of the calculated value, as a subsidy equivalent of the European market for refined sugar exports, however, indicated more expressive effects compared to the elimination of equivalent tariff sustained by that trade bloc and by the United States. This impact was also more expressive for the Center-South region compared to the North-Northeastern Brazil. The results suggest that in this context, the export volume of refined sugar would increase three times more than the expansion in the raw sugar exports, if both are equivalent tariffs for the United States and the European Union were simultaneously eliminated. The simulation of the impact of this change in the Brazilian economy indicates the possibility that increases the increments in production and employment occur in this same proportion: production increased by R$ 263 million per year (being R$ 211 million in the Center South region and R$ 52 million in the North-Northeastern region) and 8.480 employments per year were created, considering direct, indirect and the impacts induced by the effects of family income (such that 5.256 in the Center-South region and 3.223 in the North-Northeast). The total production value stimulated by the three impacts was greater in the Center-South Brazil. However, the percentage increase in the actual level of production was more significant in the North Northeast. This is useful information to formulate economic policies and to forecast the market reaction in face of changes in the international variable what is still a controversial matter within the international community.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
cinthia.pdf (1.52 Mbytes)
Data de Publicação
2004-10-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.