• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2002.tde-21082002-145749
Documento
Autor
Nome completo
Raquel Castellucci Caruso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Burnquist, Heloisa Lee (Presidente)
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade
Crocomo, Francisco Constantino
Título em português
Análise da oferta e demanda de açúcar no estado de São Paulo.
Palavras-chave em português
açucar
mercado agricola
oferta e demanda
São Paulo (SP)
Resumo em português
Neste trabalho, a oferta e a demanda de açúcar no Estado de São Paulo foram analisadas para o período de janeii-o de 199,5 a outubro de 2000 através de um sistema de equações simultâneas a fim de se obter as elasticidades preço da oferta e as elasticidades preço e renda da demanda, as quais são instrumentos úteis no auxílio à determinação das políticas públicas voltadas ao setor sucroalcooleiro. O período analisado está inserido na fase de desregulamentação do setor sucroalcooleiro, no qual o governo deixou de determinar as cotas de produção de açúcar e de álcool para cada usina ou destilaria, os preços da matéria-prima e dos produtos finais e a operacionalização das exportações de açúcar excedente produzido. As variáveis consideradas na equação da oferta (preço do açúcar cristal no Estado de São Paulo, preço do açúcar no mercado internacional e preço do álcool) apresentaram sinais coerentes aos esperados e significativas a 10% de probabilidade com exceção da variável preço do álcool hidratado, que apesar de ter apresentado sinal correto, mostrou-se estatisticamente não-significativo. Os resultados obtidos indicaram que a oferta é elástica a preços, tendo-se encontrado uma elasticidade preço da oferta de 1,8917, indicando que, um aumento de 1% nos preços do açúcar a oferta varia 1,8917% no mesmo sentido. O coeficiente da variável preço do açúcar no mercado internacional foi de -0,4233 indicando que a um aumento de 1% no preço do açúcar no mercado internacional, a oferta de açúcar no mercado interno varia 0,4233% em sentido oposto, pois parte do açúcar ofertado internamente será deslocado para o mercado externo. Esses resultados devem ser analisados, no entanto, com certa cautela visto que os resultados econométricos obtidos não foram satisfatórios. As variáveis consideradas no ajustamento da equação da demanda, preço do açúcar cristal no Estado de São Paulo e renda, foram estatisticamente não significativos e apenas a variável preço do açúcar cristal no Estado de São Paulo apresentou sinal coerente ao esperado. Portanto, não foi possível a obtenção das elasticidades preço e renda da demanda. A variável dependente defasada foi incluída para eliminar o problema de autocorrelação de resíduos. A fim de se obter as elasticidades preço e renda da demanda, estimou-se uma equação de demanda de açúcar através do método dos mínimos quadrados ordinários, visto que a variável dependente é relativas à quantidade de açúcar comercializada no Estado de São Paulo. Os resultados indicaram que as variáveis preço do açúcar no Estado de São Paulo (-0,4703) e renda (0,9960) são significativas a 10% e 1%, respectivamente. Os valores dos coeficientes obtidos, -0,4703 e 0,9960 para as variáveis preço do açúcar e renda respectivamente, indicaram que a demanda é inelástica a preço e renda por ser o açúcar um bem essencial e de necessidade básica.
Título em inglês
Analyses of the supply and demand of sugar in the state of São Paulo.
Palavras-chave em inglês
agricultural market
sugar
supply and demand
Resumo em inglês
In this paper, the supply and dermand for sugar in the State of Sao Paulo were analyzed for the period of January 1995 to October 2000, using a system of simultaneous equations, in order to obtain price elasticity of supply, as well as price and income elasticities of demand. These are useful instruments to determine public policies for the sugarcane sector. The period analyzed coincides with the deregulation of the sugarcane sector, in which the Brazilian government stopped determining sugar and ethanol production quotas for each sugarmill and ethanol distillery, price of raw material and of the final products and relinquished its control for exporting sugar. The variables considered in the supply equation (price of crystal sugar in the State of Sao Paulo, price of sugar in the international market and price of ethanol) showed expected signs, significant at 10% probability except the 'price of ethanol' which was not statistically significant. Results indicate a price supply elasticity of 1,8917, indicating that a 1 percent price increase would cause a 1,8917 percent increase in supply. The coefficient of the variable 'price of sugar in the international market' was estimated to be -0,4233 indicating that an increase of 1% in the price of sugar in the international market would cause a decrease of sugar supply in the internal market of 0,4233. These results should be taken with caution, since the econometric results obtained were not totally satisfactory. The variables considered in the adjustment of the demand equation: price of granulated sugar in the State of Sao Paulo and income, were not statistically significant and only the variable granulated sugar in the State of Sao Paulo, showed the expected sign. Therefore it was not possible to obtain the price and income elasticities of the demand. The lag dependent variable was included to eliminate the autocorrelation of residues. In order to obtain price and income elasticities of demand an equation for sugar demand, was estimated using ordinary least squares, given that the dependent variable is relative to the amount of sugar marketed in the State of Sao Paulo. Results indicate that the variable price of sugar in the State of Sao Paulo (-0,4703) and income (0,9960) are statistically significant at a probability level of 10% and 1% respectively. These coefficients indicate that the demand is inelastic for price and income, since sugar is a basic good.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
raquel.pdf (426.41 Kbytes)
Data de Publicação
2002-08-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.