• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2001.tde-12042004-145332
Documento
Autor
Nome completo
Silvia Helena Galvao de Miranda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2001
Orientador
Banca examinadora
Barros, Geraldo Sant Ana de Camargo (Presidente)
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade
Burnquist, Heloisa Lee
Gasques, Jose Garcia
Pinto, Mauricio Barata de Paula
Título em português
Quantificação dos efeitos das barreiras não-tarifárias sobre as exportações brasileiras de carne bovina.
Palavras-chave em português
análise de série temporal
barreira não-tarifária
carne bovina
comercialização agrícola
economia aplicada
exportação agrícola
mercado internacional
tarifa
Resumo em português
Este estudo teve como meta propor uma metodologia que permitisse avaliar, quantitativamente, os impactos de barreiras não-tarifárias (BNTs), em especial as técnicas e sanitárias, sobre os volumes e preços das vendas externas de carne bovina brasileira. O período de análise compreendeu desde o mês de janeiro de 1992 a dezembro de 2000, tendo-se considerado dois mercados especificamente: o dos cortes especiais de traseiro e dianteiro destinados à União Européia e o do corned beef para os EUA. Os dados básicos utilizados foram cedidos pela Associação Brasileira de Indústrias Exportadoras de Carnes Industrializadas (ABIEC). A hipótese deste trabalho foi a de que as questões técnicas/sanitárias interferem nas vendas externas de carnes bovinas do Brasil. Essa interferência dá-se sobre os volumes transacionados, os preços de negociação ou sobre ambos. Para a consecução do objetivo exposto foi, inicialmente, realizado um levantamento dos métodos já utilizados para mensurar efeitos de barreiras comerciais. Não foi encontrado um instrumental específico que atendesse à proposta deste trabalho. Assim, optou-se por construir um modelo reduzido para vendas externas desses produtos. Foram estimadas regressões visando identificar a influência das principais variáveis de oferta e demanda domésticas e da demanda internacional. A partir desses modelos, foi conduzida uma análise do comportamento dos resíduos, para identificação de outliers que pudessem refletir impactos de eventos de natureza sanitária ou de outros com caráter exógeno, não captados pelas variáveis explicativas. Uma vez constatados resíduos anormais, associados a eventos de interesse para este estudo, foram ajustados modelos de intervenção, de forma a permitir obter estimativas desses impactos diretamente sobre as séries de preços e volumes e estabelecer o padrão de influência da intervenção. Para a seleção das variáveis explicativas e dos eventos de interesse elaborou-se uma descrição detalhada sobre o mercado exportador do produto e seus fatores determinantes, domésticos e externos. Além da revisão de literatura, foram aplicados questionários e realizadas entrevistas junto ao setor exportador dessas carnes. Verificou-se que grande parte das variações nos volumes e preços das vendas externas foram explicadas pelas variáveis representativas dos fundamentos do mercado, como taxa de câmbio, preço do boi gordo, renda do Brasil, preços de países concorrentes, entre outras. Foram obtidos coeficientes de determinação elevados tanto para os modelos para cortes especiais quanto para os de corned beef. Para o volume e preços de exportação do corned beef destinado aos EUA também mostraram-se significativos os coeficientes dos preços médios de exportação brasileira desse produto para a UE. A maior parte da variação naqueles preços foi explicada por variáveis da demanda externa. No caso do modelo de intervenção para preços dos cortes especiais, a intervenção em março de 1995 mostrou-se significativa, com efeito de reduzir os preços, durante três meses. Este efeito pode estar relacionado à proibição das importações européias de carne de São Paulo e Minas Gerais naquele período. De modo geral, as intervenções relacionadas a eventos sanitários não se mostraram significativas ou não apresentaram resultados conclusivos. Possivelmente, a utilização de dados regionalizados para Circuitos Pecuários poderia gerar resultados mais claros sobre os impactos desses eventos.
Título em inglês
Quantification of non-tariff barriers effects on brazilian beef exports.
Palavras-chave em inglês
agricultural commercialization
agricultural exportation
applied economics
beef
international trade
non-tariff barriers
tariff
time series analysis
Resumo em inglês
This research aimed to develop a methodology to evaluate quantitatively non-tariff barriers impacts, mainly technical and sanitary, on the quantities and prices of Brazilian beef foreign sales. The analysis was implemented for the period from January/1992 to December/2000, considering two specific markets: European Union market for special beef cuts (chilled or frozen.) and the United States market for corned beef. Export basic data were provided by Associação Brasileira de Indústrias Exportadoras de Carnes Industrializadas (ABIEC). This study’s hypothesis was that technical/sanitary issues influence the Brazilian beef exports. The impact is expected either on transaction volumes, prices or both. In order to reach the objective the methods already employed to measure trade barriers effects were reviewed. No specific instrument to apply to this study proposition was found. Then, a reduced form model was built to explain the products external sales. Regressions were estimated in order to identify the influence of main domestic supply and demand variables as well as international demand factors. The residuals of those models were analyzed to indentify the outliers that could reflect impacts of sanitary and other exogenous events, not measured by the explanatory variables. Since abnormal residuals were found, that could be related to relevant events. Intervention models were adjusted to permit to obtain impact estimates directly on prices and quantities series and stablish the intervention influence pattern. A detailed description on beef export market and its determinants, both internal and external was presented. Besides the literature review, questionnaires were applied to beef exporting industries. Results show that a great part of external sales volume and price variations were due to market fundamental variables, like exchange rate, cattle price, Brazil income, prices of competitive countries and others. High determination coefficients were observed both for special cuts and corned beef models. Coefficients for average prices of Brazilian corned beef exports to European Union were significant to explain prices and volumes of corned beef exports to USA. Most of those prices variations were due to external demand variables. In the intervention model analysis for special cuts, the 1995 March point was significant, indicating a reduction effect on those product prices, for three months. This effect can be related to the embargo of European imports to the São Paulo and Minas Gerais States beef exports, during that period. In general, interventions results related to sanitary events were not significant or conclusive. Possibly, data regionalization for Cattle Circuits could generate clear results on those events impacts.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
silvia.pdf (753.54 Kbytes)
Data de Publicação
2004-04-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.