• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2001.tde-07112001-143255
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Magri Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2001
Orientador
Banca examinadora
Barros, Geraldo Sant Ana de Camargo (Presidente)
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade
Costa, Sílvia Maria Almeida Lima
Título em português
Comercialização de feijão no Brasil 1990-99.
Palavras-chave em português
comercialização agrícola
economia agrícola
feijão
produção agricola
Resumo em português
O objetivo do trabalho foi estudar a produção e comercialização de feijão no Brasil na década de 1990, tendo como referencial o Plano Real e fazer uma projeção de demanda até 2005. Foram realizados estudos sobre a produção, considerando épocas de colheita, distribuição geográfica, principais fluxos de distribuição. Foram também estimadas relações entre preços recebidos pelos produtores dos sete principais estados produtores e entre preços ao atacado e varejo na cidade de São Paulo. Foram estimadas as margens de comercialização e realizados estudos econométricos, cuja metodologia básica aplicada consistiu de duas etapas, a primeira, foi identificar o sentido da causalidade, ou seja, diante de algum fator ou choque, em que nível de mercado mais freqüentemente se iniciam as alterações de preços, e como essas alterações são transmitidas, ou em que intensidade os níveis de mercado reagem frente aos choques de preços, que podem ter origem na variação da demanda, da oferta de matéria-prima ou da oferta de insumos de comercialização. Por fim, foi feita uma projeção de consumo. Os resultados revelam que após o Plano Real ocorreram algumas alternâncias de produção entre as regiões e um crescimento da produção na Região Nordeste. Porém, não ocorreram alterações significativas nas quantidades produzidas de feijão nos tradicionais Estados produtores. Por outro lado, aumentou a quantidade importada. Quanto à concentração da produção, verificou-se a existência de microrregiões cujas produções tem maiores participações e são mais constantes no contexto nacional. Observou-se que muitas análises de mercado feitas no período considerado, basearam-se somente nos resultados das safras destas regiões, chegando a conclusões e previsões equivocadas. Concluiu-se que, embora haja certa concentração da produção de feijão no Brasil, a produção pulverizada desempenha papel importante no comportamento do mercado. Quanto aos preços recebidos pelos produtores, após o Plano Real, sofreram uma queda de cerca de 33,9%, e os preços ao varejo e atacado sofreram uma diminuição de 33,5% e 25,2%, respectivamente. As margens de comercialização relativas, entre atacado e varejo e entre varejo e produtor, aumentaram, indicando que o consumidor pagou mais pelos serviços de intermediação. Finalmente, confirmou-se o papel do setor intermediário de abrandar choques. Desta forma, apesar das mudanças de estratégias no mercado atacadistas, não foram encontrados elementos que indiquem mudanças substanciais na comercialização. Em relação ao consumo per capita foi estimada uma redução, em média, de 1% ao ano, nas três últimas décadas. Esta tendência porém, não é linear, existindo oscilações entre anos. A projeção para o período de 2000 a 2005 permitiu indicar a manutenção da redução do consumo.
Título em inglês
The commercialization of beans in Brazil 1990-99.
Palavras-chave em inglês
agricultural economics
agricultural marketing
agricultural production
beans
Resumo em inglês
The objective of this work was to study how commercialization of beans evolved in Brazil during the 1990's, given particular attention to the influence of the 'Plano Real' in the bean market. The evolution of the production of beans according to geographic regions and periods of harvest, as well as their flows of distribution, were studied. In addition the was demand projected demand until the year 2005. The ratio between the prices paid to farmers in the seven largest bean producer states of the country and the wholesale and retail prices in the city of São Paulo were developed. The rates marketing margins were also estimated. Econometric studies were developed in order to identify the direction of causality in price formation. The results obtained indicate that the 'Plano Real' did not have significant impact in the amount of beans produced by the traditional major producer states, whereas the imports of beans were significantly increased. Results obtained reveal that after 'Plano Real' there was some production alternation among the regions studied with an increasing trend observed in the Northeast Region. No significant changes were observed, however, on the amount produced by traditional bean producer States. On the other hand, bean importats was significantly increased. Some micro regions within those states were identified as very important and stable centers of bean production in the country. The study showed that in spite of some regions concentrate a large amount of the national production, the scattered production in other regions of the country plays a very important role in the national bean market. After the introduction of the 'Plano Real', prices paid to farmers fell by approximately 33,9%, and the retail and wholesale prices dropped respectively by 33,5% and 25,2%. The commercialization margins of retailers over wholesale prices, as well as of retailers over producer prices, were increased. Hence, consumers have paid more for the intermediation services. The markup of wholesalers over producer prices shrank. The cushioning role of intermediaries in lessening chocks was confirmed. Despite the changes observed in the strategy used by wholesalers, the study did not find indications of substancial alterations in bean possible tendencies of rupture between the commercialization. Some fluctuation among productive regions and some evolution in the strategies of wholesalers were identified during the period of analysis. The tendency for a decreasing per capita consumption of beans was corroborated, and such a fact was estimated to amount to 1% per year. This tendency, however, is not entirely linear. It presents oscillations from year to year. The estimation of the national consumption of beans for the period from 2000 to 2005 projects the persistence of the decreasing per capita consumption.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2002-03-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.