• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2003.tde-20022003-163059
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane Guiselini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Sentelhas, Paulo Cesar (Presidente)
Angelocci, Luiz Roberto
Escobedo, João Francisco
Título em português
Microclima e produção de gérbera em ambientes protegidos com diferentes tipos de cobertura.
Palavras-chave em português
estufa
gérbera
microclima
plasticultura
sombreamento
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de ambientes cobertos com filme de polietileno branco leitoso e diferentes malhas de sombreamento (Termo-refletora –50% e Preta – 50%) nas seguintes variáveis ambientais: irradiância solar global, irradiância fotossinteticamente ativa, temperatura e umidade relativa do ar e evapotranspiração, e de seus respectivos microclimas no crescimento, no desenvolvimento e na qualidade da Gerbera jamesonii (Gérbera). O experimento foi realizado entre o outono e o inverno de 2002, junto à área experimental do Departamento de Ciências Exatas, da E.S.A. "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, em Piracicaba, SP. Foi instalado um ambiente protegido, sub-dividido em três partes iguais. Um dos ambientes era coberto apenas pelo plástico leitoso (T1), enquanto os outros dois possuíam, ainda, malhas de sombreamento, que foram instaladas internamente, à altura do pé direito, sendo um com malha termo-refletora (Alumitela) (T2) e outro com malha preta (T3), ambas com 50% de sombreamento, fabricadas pela Solpack Ltda. Os sensores foram instalados no centro de cada ambiente protegido (sub-divisão) e em uma estação meteorológica automatizada, a 100 m do experimento, para coleta dos dados meteorológicos externos. Os ambientes protegidos afetaram os elementos meteorológicos diminuindo a radiação solar, a umidade relativa do ar durante o período diurno e a evapotranspiração das planta de Gérbera e aumentando a temperatura do ar. As transmitâncias médias da radiação solar pelas coberturas (plástico leitoso, plástico leitoso + malha termo-refletora e plástico leitoso + malha preta) foram, respectivamente 23, 11 e 7%. As temperaturas médias diárias do ar dentro dos ambientes protegidos foram cerca de 6 o C maiores no ambiente coberto pelo plástico leitoso e 3 o C maiores nos ambientes cobertos pelo plástico leitoso associado às malhas de sombreamento quando comparadas as temperaturas externas. Os tipos de cobertura, em função do microclima proporcionado, afetaram o desenvolvimento das plantas de Gérbera. O crescimento foi mais rápido sob o plástico leitoso e mais lento sob o plástico leitoso + malha preta. As plantas de Gérbera cultivadas sob os ambientes protegidos cobertos pelo plástico leitoso e pelo plástico leitoso + malha termo-refletora atenderam às exigências quanto ao número de botões florais. Isso não ocorreu no ambiente sob o plástico leitoso + malha preta. Quanto a altura da haste, as plantas cultivadas em ambiente protegido não apresentou valores médios superiores ao mínimo exigido, de 10 cm. Os microclimas proporcionados pelas coberturas constituídas por plástico leitoso e plástico leitoso + termo-refletora promoveram condições adequadas para o cultivo da Gérbera, durante o período entre o outono e o inverno. No entanto não pode-se afirmar que tais condições sejam representativas para todas as estações do ano, recomendando-se estudos futuros comparando-se diferentes materiais de cobertura em diferentes épocas do ano, visando um melhor entendimento do microclima na produção comercial de Gérbera.
Título em inglês
Microclimate and gerbera growth under different greenhouse covers.
Palavras-chave em inglês
greenhouse
microclimate
polyethylene
shading
Resumo em inglês
The objective of this work was to evaluate the influence of white polyethylene as a greenhouse cover and its association with different shading screens (thermal screen and black screen) on the following environmental elements: incoming solar radiation (Qg), photosynthetically active radiation (PAR), temperature (T), relative humidity (RH) and evapotranspiration (ET) and also to evaluate the effects of the different microclimatic conditions on the growth, development and quality of Gerbera Jamesonii. The experiment was carried out between late Autumn and Winter of 2002 at the experimental area of the Exact Sciences Departament, Agricultural College "Luiz de Queiroz", at the University of São Paulo, in Piracicaba, State of São Paulo, Brazil. A greenhouse was installed, sub-divided into three parts. One of them was covered just with white polyethylene (T1), while the others had, yet, shading screens, that were installed within the greenhouse, being one covered with a thermal screen (Alumitela) (T2) and the other one with a black screen (T3), both with 50% of shading, manufactured by Solpack Ltda. The meteorological sensors were installed in the center of each sub-division of the greenhouse and an automatic weather station was located at 100m from the experimental area, to collect external meteorological data. The covers in the greenhouse affected the microclimate, decreasing Qg, PAR, RH and ET and increasing T. The average transmission of solar radiation by the covers (white polyethylene, white polyethylene + thermal screen and white polyethylene + black screen) were, respectively, 23, 11 and 7%. The mean daily air temperatures within the greenhouse were about 6 o C higher in the white polyethylene and 3 o C higher in the environments covered by white polyethylene associated with the shading screens in comparison to the external temperatures. The types of covers, forming different microclimates, affected the growth and development of Gerbera plants. The growth was faster under the white polyethylene and slower under the white polyethylene associated with black screen. The plants cultivated under the greenhouse covered with white polyethylene and with white polyethylene associated with thermal screen filled the requirements in relation to the number of flower buttons. However, the same was not observed in the environment covered with white polyethylene associated with black screen. About the stem size, all the cultivated plants under all environmental conditions not presented the minimum required value (10 cm). In general, the microclimate influenced by the different covers offered adequated conditions for the cultivation of Gerbera, during autumn and winter periods. However, it is not possible to be sure that these conditions are representative for the whole year stations, being recommended forward studies comparing different cover materials on different periods of the year, searching for a better comprehension of the microclimate influence on the commercial production of Gerbera.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
cristiane.pdf (1.11 Mbytes)
Data de Publicação
2003-02-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.