• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.103.2014.tde-12012015-105744
Documento
Autor
Nome completo
Agda Araujo Sardinha Pinto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Vasconcellos, Camilo de Mello (Presidente)
Cury, Marília Xavier
Eugênio, Marcos Francisco Napolitano de
Título em português
O discurso identitário nos museus de Rio Branco, Acre: uma análise de narrativas expositivas
Palavras-chave em português
Exposições
Museu da Borracha
Museu Palácio Rio Branco
Museus acreanos
Resumo em português
No estado do Acre, sobretudo nas duas últimas décadas, foram implementadas obras, construções e reformas que modificaram profundamente as paisagens urbanas. Tais processos são mais visíveis principalmente na capital Rio Branco, onde diversos espaços foram criados e recriados para reafirmar o discurso identitário criado e veiculado na gestão do Partido dos Trabalhadores (1999 até o presente) inicialmente pelo "governo da floresta" (slogan do governo do Acre entre 1999 e 2006), e que ainda persiste nos governos subsequentes (2007-2013). Nesse contexto, os espaços de memória são utilizados como aparatos fundamentais para a divulgação de aspectos dessa identidade acreana. Partindo disso, esta pesquisa apresenta um estudo acerca das narrativas museológicas presentes em duas instituições localizadas em Rio Branco (o Museu da Borracha e o Palácio Rio Branco) por intermédio de uma análise crítica do discurso expositivo nos museus supracitados com o objetivo de identificar, avaliar e compreender as relações entre identidade, memória e as instituições museais no estado acreano.
Título em inglês
The identity discourse in museums of Rio Branco, Acre: an analysis of exhibition narratives
Palavras-chave em inglês
Acrean museums
Exhibits
Museu da Borracha
Museu Palácio Rio Branco
Resumo em inglês
Construction and renewal projects have fundamentally transformed urban landscapes in the state of Acre, Brazil, mostly in the last twenty years. This is most conspicuous in the capital Rio Branco where new urban spaces have been created and existing ones renovated in order to promote the discourse of public identity espoused by the Partido dos Trabalhadores in power since 1999. "Governo da Floresta" - the Party slogan from 1999 to 2006 - initially figured prominently in this discourse and has persisted during subsequent administrations (2007-2013). Museum spaces are among the most important means of disseminating this Acrean public identity. In light of this, the present study investigates museological narratives focused on two institutions located in Rio Branco: the Museu da Borracha and the Museu Palácio Rio Branco. We analyze these institutions" expository discourse in order to identify, evaluate, and understand the relationships among public identity, collective memory, and acrean museums.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.