• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2016.tde-02032016-172903
Documento
Autor
Nome completo
Jaqueline Nichi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Moretto, Evandro Mateus (Presidente)
Magalhães, Reginaldo Sales
Passador, Claudia Souza
Título em português
Governança e relatório integrado: discursos e práticas da sustentabilidade corporativa
Palavras-chave em português
Governança corporativa
IIRC
Redes interorganizacionais
Relato Integrado
Relatórios de sustentabilidade
Teoria institucional
Resumo em português
A crise econômica tornou a transparência um valor para as corporações e influenciou o surgimento de um mercado verde de relatórios de Sustentabilidade. Este fenômeno motivou esta pesquisa, que enfoca o caso do Relato Integrado (Integrated Reporting ) promovido pelo International Integrated Reporting Council (IIRC), rede sem fins lucrativos formada por múltiplos atores. O prevê a integração de dados financeiros e não-financeiros - sociais e ambientais - a fim de demonstrar como a organização cria valor ao longo do tempo para seus diversos públicos. Como base teórica, foi explorada a perspectiva da Teoria Institucional e da Nova Sociologia Econômica, que explica o desenvolvimento dos mercados a partir construções sociais. O objetivo foi investigar a razão de as empresas adotarem esta prática voluntária e compreender como as 12 companhias brasileiras do Programa Piloto do Relato Integrado aderiram às diretrizes de governança propostas pelo IIRC. Este requisito é diferenciador por influenciar diretamente a tomada de decisão. Para isso, o campo organizacional e a rede foram abordados de forma exploratória a fim de comprovar como esta prática influi, ou não, na agenda da Sustentabilidade. O método qualitativo de estudo de caso e a técnica de análise do discurso para interpretar as entrevistas semiestruturadas realizadas com a amostra embasaram a análise dos dados. Os resultados indicam que o campo organizacional das grandes empresas e associações do mercado guiam pressões isomórficas que influenciam essa prática. Por outro lado, há evidências de que a mudança na governança das práticas socioambientais corporativas influencia resultados práticos em prol de uma agenda mais sustentável. Conclui-se, ao considerar o campo dos relatórios como resultado de uma estrutura social, que essa rede vai além das exigências legais e regulatórias e passa a ser vista como exemplo a ser seguido ao tornar a Sustentabilidade um valor intrínseco à prática empresarial
Título em inglês
Governance and integrated reporting: discourses and practices of corporate sustainability
Palavras-chave em inglês
Corporate governance
IIRC
Institutional theory
Integrated reporting
Interorganizational networks
Sustainability reporting
Resumo em inglês
The economic crisis has made transparency a value for corporations and influenced the emergence of a "green market" of Sustainability reports. This phenomenon motivated this research which focuses on the case of the Integrated Reporting () sponsored by the International Integrated Reporting Council (IIRC), a nonprofit network of multiple actors. The proposes the integration of financial and non-financial indicators - social and environmental - in order to demonstrate how the organization creates value over time to its stakeholders. As theoretical basis, it was explored the perspective of Institutional Theory and New Economic Sociology, which explains the development of markets from social constructs. The objective aimed to investigate the reason for companies to adopt this voluntary practice and understand how the 12 Brazilian companies of the Integrated Reporting Pilot Program adhered to the governance guidelines proposed by the IIRC. This requirement is a differentiator because it directly influences the decision-making. For this, the organizational field and the network were studied in an exploratory way in order to prove how this practice influence, or not, the agenda of sustainability. The qualitative method of case study and the discourse analysis technique to interpret the semi-structured interviews were used to analyze the data. The results indicate that the organizational field of big business and market associations guide isomorphic pressures that influence the practice. On the other hand, there is evidence that the change in the governance of corporate social and environmental practices influence practical results in favor of a more sustainable agenda. The conclusion, when considering the field of reports as result of a social structure, the network goes beyond the legal and regulatory requirements and is seen as an example to be followed in making sustainability an intrinsic value to the business practice
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.