• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2016.tde-14102015-115141
Documento
Autor
Nome completo
Jocimara Rodrigues de Sousa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Mello, Jefferson Agostini (Presidente)
Magalhães, Valéria Barbosa de
Pereira, Alexandre Barbosa
Rebechi Junior, Arlindo
Título em português
Rap, Rupturas e Continuidades: Uma análise sobre a relação entre o Rap e a Mídia
Palavras-chave em português
Hip-Hop
Mídia hegemônica
Rap
Resumo em português
Este trabalho apresenta uma análise sobre a difusão do rap no cenário cultural, a partir da influência de um dos principais mediadores culturais presentes nesse processo, a mídia hegemônica. Dessa maneira, buscou-se identificar as consequências desse fenômeno nos processos de produção, difusão e recepção cultural, a partir da análise da cobertura midiática sobre o rap e o hip-hop no Brasil, entre os anos 1980 e 2000. Partindo da premissa de que o rap figura como uma ferramenta de instrumentalização da luta pelo reconhecimento de direitos das minorias políticas, além de revelar uma linguagem estética relevante, que rompe com os padrões tradicionais de produção artística, a presente pesquisa foca no processo de mediação do rap pelo agente midiático, especificamente, a partir da veiculação de seu conteúdo no jornal Folha de S.Paulo, nas revistas Veja e BIZZ e na programação da emissora MTV. Considerando o fato de que o rap se constitui em uma expressão inovadora, tanto no campo cultural quanto social, durante a trajetória da pesquisa ficou evidente o seu apelo mercadológico e o crescente interesse com que a mídia acompanhou a evolução desse fenômeno. Considerando a aproximação da mídia à cena rap, foi possível verificar a influência exercida da primeira sobre a segunda, revelando as relações simbióticas e recíprocas entre as esferas de mediação, produção e de circulação no campo cultural. A análise também revelou que a abordagem da mídia tradicional sobre o rap mobiliza códigos que o associam a três perspectivas: moda, movimento e mercado. A alternância do predomínio de uma dessas abordagens se alinha às transformações sociais e à emergência de novos discursos que ecoam em um determinado contexto. Contudo, a partir da ocupação de um espaço definitivo do rap na mídia hegemônica e da consolidação de um mercado próprio, o rap passa a contar com uma nova frente dentro do movimento que se mobiliza a partir dos recursos materiais e simbólicos em voga para elaborar estratégias alternativas de produção, difusão e comercialização cultural.
Título em inglês
Rap, Ruptures and Continuity: An analysis about the connection between Rap and Media
Palavras-chave em inglês
Hip-Hop
Mainstream Media
Rap
Resumo em inglês
This work presents an analysis about the rap diffusion in the cultural scene, starting from the influence of one of the main cultural mediators present in this process, the mainstream media. Therefore, it was identified the consequences of this phenomenon in production processes, dissemination and cultural reception, from the analysis of media coverage of the rap and hip-hop in Brazil, between the years of 1980 and 2000. Considering that rap figures as tool of instrumentalization of the struggle for recognition of rights of political minorities, besides proves itself a relevant aesthetic language, which breaks with traditional patterns of artistic production, the following research focuses on the process of mediation by rap media agent, specifically, based on the diffusion of their content in Folha de S.Paulo newspaper, in the magazines Veja and BIZZ and on MTV station. Considering the fact that rap constitutes an innovative expression, both in the cultural field as social, while devoloping this research, it became clear its marketing appeal and the growing interest that the media followed the evolution of this phenomenon. Considering the approach of the media to rap scene, it was possible to identify the influence exerted from media to rap, revealing the symbiotic and reciprocal relationship between mediation spheres, production and circulation in the cultural field. The analysis also revealed that the approach and influence of traditional media over the rap mobilizes codes that combines it into three perspectives: fashion, moviment and market. The alternation of the predominance of one of these approaches is aligned with the social changes and the emergence of new discourses that echo in a determinated context. However, from the occupation of a definitive rap space in the mainstream media and the consolidation of its own market, the rap now has a new front in the movement that is mobilized from the material and symbolic resources in vogue to develop alternative strategies production, dissemination and cultural marketing.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-02-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.