• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2013.tde-06062014-210942
Documento
Autor
Nome completo
Charles Augusto Moreira Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Infante-Malachias, Maria Elena (Presidente)
Nunes, José Luis Feijó
Rodrigues, Juliana Pedreschi
Título em português
Memórias do cárcere: estudo sobre as motivações e significados para a prática de atividades físicas coletivas de um grupo de mulheres
Palavras-chave em português
Atividade física
Mulheres
População carcerária
Prisão
Resumo em português
A finalidade desta pesquisa foi estudar os aspectos socioculturais de um ambiente penitenciário, que podem influenciar o ensino e a prática de atividades físicas coletivas (AFC) por mulheres presas identificadas como os outros, conforme interpretações de referências teóricas dos Estudos Culturais. Dentre os objetivos específicos pretendíamos identificar as motivações para a prática de AFC; avaliar e monitorar os possíveis efeitos da prática de AFC e investigar evidências sobre a ocorrência de aprendizagem significativa, por meio da análise de mapas conceituais e textos dissertativos criados pelas próprias mulheres presas. As análises dos resultados obtidos indicaram que o estudo das motivações para a prática de AFC foi importante para desenvolver atividades físicas que correspondessem às expectativas das mulheres presas, como os Jogos Cooperativos, que incentivaram a participação e evitaram desistências. O uso do questionário DALDA permitiu a identificação e monitoramento semanal de fontes e sintomas de estresse, além de motivar a reflexão crítica das mulheres presas sobre os seus hábitos cotidianos no ambiente cultural penitenciário. A avaliação da percepção subjetiva de esforço (PSE) possibilitou o monitoramento de intensidade das sessões de AFC. Assim, ambos os métodos contribuíram para a promoção de saúde e qualidade de vidas das mulheres presas. Todos esses procedimentos vivenciados ativamente pelas mulheres presas proporcionaram processos de diferenciação progressiva e reconciliação integradora, que foram evidenciados em mapas conceituais e textos dissertativos, indicando a ocorrência de aprendizagem significativa em alguns casos. Os métodos e procedimentos utilizados nesta pesquisa foram eficientes e pouco invasivos para à privacidade e integridade das mulheres presas. Portanto, podem ser recomendadas para a elaboração programas educacionais de intervenção em saúde pública, por profissionais da área da saúde e de atividades físicas.
Título em inglês
Memories of prison: study on the motivations and meanings for practice of collective physical activities by group of prisoners women.
Palavras-chave em inglês
Physical activity
Prison
Prison population
Women
Resumo em inglês
The goal of this research was to study the social and cultural aspects of a prison environment, which may influence the teaching and practice of collective physical activities (CPA) by women prisoners identified as "others" as interpretations of theoretical references of Cultural Studies. Among the specific objectives intended to identify the motivations for the practice of CPA, evaluate and monitor the possible effects of the practice of CPA and investigate evidence for the occurrence of significant learning, through the analysis of concept maps and texts created by women prisoners themselves. The analysis of the results indicated that: a) the study of the motivations for the practice of CPA was important to develop physical activities that correspond to the expectations of women prisoners, as Cooperative Games that encouraged participation and avoided dropouts. The use of the DALDA questionnaire allowed identification and weekly monitoring of sources and symptoms of stress and motivate critical reflection of women prisoners about their daily habits the cultural prison. The evaluation of ratings of perceived exertion (RPE) allowed the monitoring intensity of sessions CPA. Thus, both methods have contributed to the promotion of health and quality of lives of women prisoners. All these procedures experienced by women prisoners actively provided progressive differentiation processes and integrative reconciliation, which were found in conceptual maps and texts, indicating the occurrence of significant learning in some cases. The methods and procedures used in this research were effective and less invasive to the privacy and integrity of women prisoners. Therefore, can be recommended for the development of educational programs in public health intervention, by professionals in the health and physical activity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CHARLES.pdf (3.79 Mbytes)
Data de Publicação
2014-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.