• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2005.tde-28092006-115658
Documento
Autor
Nome completo
Elisangela Aneli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Iwasaki, Masao (Presidente)
Figueiredo, Cláudia Maria de
Pinto, Ana Carolina Brandão de Campos Fonseca
Título em português
Avaliação dos efeitos do posicionamento relacionados à opacificação pulmonar gravitacional dependente em cães (Canis familiaris) através da tomografia computadorizada
Palavras-chave em português
Anestesia
Cães
Opacidade
Tomografia computadorizada por raios x
Resumo em português
A tomografia computadorizada (TC) é o método de diagnóstico de eleição para a avaliação dos campos pulmonares. Porém, a atelectasia pulmonar ou opacificação pulmonar dependente da gravidade, observada em indivíduos submetidos à anestesia ou a longos períodos de decúbito, pode aumentar o risco de se obscurecer lesões pulmonares, como as metástases. O objetivo deste trabalho foi comparar, através do uso da TC, o efeito dos decúbitos dorsal e esternal na formação de opacificação pulmonar gravitacional dependente em cães anestesiados. Foram utilizados dezesseis cães adultos (Canis familiaris), da raça Rottweiller, clinicamente normais. Estes animais foram divididos em quatro grupos, submetidos a dois exames tomográficos, em decúbito dorsal e em decúbito esternal, em diferentes tempos anestésicos: imediatamente após a indução anestésica, 20 minutos após a indução anestésica, 40 minutos e 60 minutos após a indução anestésica. Foram realizados quatro cortes transversais, em pontos pré-determinados do tórax. Foi determinada a densidade pulmonar média setorial, a densidade em unidades de Hounsfield (HU) e área em cm² nas áreas de opacificação pulmonar gravitacional dependente formadas. A densidade média setorial demonstrou que o decúbito dorsal apresentou significante gradiente de atenuação das porções não dependentes para as porções dependentes do tórax, enquanto que no decúbito esternal tal comportamento não foi observado. Com relação às áreas de opacificação pulmonar gravitacional dependente, estas foram observadas em 43,75% dos animais em decúbito dorsal e em 18,75% dos cães em decúbito esternal, com atenuações de –43,95 a –361,94 HU para ambos os decúbitos, área mínima de 0,03 e máxima de 1,55 cm² no decúbito dorsal, e 0,24 a 0,70 cm² no decúbito esternal
Título em inglês
Evaluation of position’s effects related to gravitacional pulmonary dependent densities in dogs (Canis familiaris) by computed tomography
Palavras-chave em inglês
Anesthesia
Atelectasis
Computed tomography
Dogs
Resumo em inglês
Computed tomography (CT) is a diagnostic method of election to the lungs evaluation. However, the pulmonary atelectasis or gravitacional dependent pulmonary densities, wich is observed during general anesthesia or long-term of recumbency, could increase the risk of obscuring pulmonary lesions, such metastasis. The aim of this study was to compare the recumbency effect´s (supine and prone), by CT, on the formation of pulmonary densities in anesthetized dogs. Sixteen healthy Rottweiler dogs (Canis familiaris) were used. These dogs were divided into four groups, wich performed dorsal and prone CT exams each, with differents periods of anesthesia: immediately after induction, 20 minutes after induction, 40 minutes and 60 minutes after induction. There were performed four transverse CT scans, in differents sites of the chest. There were determined mean lung density (sector method), pulmonary densities in Hounsfield units (HU) and area in cm² of dense areas in dependent lung regions. Mean lung density was demonstrated that the supine recumbency had a significant density gradient from non-dependent to dependent lung regions, and the prone position hadn´t any density gradient. Dense areas were observed in 43,75% of dogs in supine recumbency and in 18,75% of dogs in prone recumbency. Atenuation was between – 43,47 to – 361,94 HU in both recumbencies. Area was between 0,03 to 1,55 cm² in supine position, and 0,24 to 0,70 cm² in prone position
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ElisangelaAneli.pdf (1.80 Mbytes)
Data de Publicação
2006-11-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.