• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2018.tde-13042018-150603
Documento
Autor
Nome completo
Emily Amin Khayat Rodriguez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Bolzan, Aline Adriana (Presidente)
Perlmann, Eduardo
Sa, Michelle Barboza Pereira Braga
Título em português
Mensuração da sensibilidade corneana e produção lacrimal em cães diabéticos submetidos à facoemulsificação
Palavras-chave em português
Cão
Catarata
Estesiometria
Facectomia
Lágrima
Resumo em português
A catarata, enfermidade ocular de etiopatogenia complexa, é uma das principais causas de perda de visão, em cães. As causas da doença são diversas, predominando a origem genética, seguida pelo diabetes mellitus. O tratamento da catarata é estritamente cirúrgico, sendo a facoemulsificação, atualmente, considerada a técnica de eleição na conduta terapêutica. O procedimento cirúrgico demanda a realização de incisão corneana para acesso à câmara anterior. A despeito das incisões reduzidas requeridas na sua consecução, comparativamente a outras técnicas como facectomias intra e extracapsulares, alterações da inervação corneana podem ser acarretadas, principalmente em pacientes diabéticos. A córnea é um dos tecidos mais densamente inervados do organismo, por isso, assume-se que, em maior ou menor grau, tais incisões possam comprometer sua sensibilidade e, também, influenciar na produção lacrimal. Portanto, visando avaliar tais consequências, concebeu-se aferir a sensibilidade corneana e a produção lacrimal aquosa, em cães diabéticos submetidos à facoemulsificação. Estes parâmetros foram investigados em dez cães diabéticos com idade, sexo, raça e peso variáveis. O procedimento cirúrgico foi realizado somente em um olho (olho tratado - OT) e o olho contralateral foi considerado como controle (olho controle - OC). A sensibilidade da córnea foi mensurada com o estesiômetro de Cochet-Bonnet e a produção lacrimal pelo teste da lágrima de Schirmer. Também foi medida a pressão intraocular e verificada a ocorrência ou não de hiperemia conjuntival, blefarospasmo e edema de córnea para detecção de complicações pós-operatórias. Os parâmetros foram aferidos previamente ao procedimento cirúrgico (M0 - valores basais) e, posteriormente, após sete (M1), 15 (M2), 30 (M3), 90 (M4) e 180 dias (M5). Houve diferença estatística nos valores de estesiometria (em cm e g/mm2) (p=0,0138), em OT, entre M0 e todos os momentos pós-operatórios (M1 a M5). Em OT, individualmente, evidenciou-se diferença entre os tempos M0 e M1 (p<0,005). Também houve diferença entre OC e OT (p<0,0032) quanto aos valores da estesiometria. Não foram verificadas diferenças significativas nos demais parâmetros avaliados, nos diferentes momentos pós-operatórios e entre OC e OT.
Título em inglês
Corneal sensitivity and lacrimal production measurement in diabetic dogs after phacoemulsification
Palavras-chave em inglês
Cataract
Dog.
Esthesiometry
Facectomy
Tear
Resumo em inglês
The cataract is an ocular disease of complex etiopathogenesis and one of the main causes of blindness in dogs. The disease sources are diverse and genetic origin is predominant, followed by diabetes mellitus. The treatment of cataract is strictly surgical and, nowadays, the phacoemulsification is the technique more indicated. The surgical procedure requires a corneal incision to access the anterior chamber. Despite minor incisions required (compared to other techniques such as intra and extracapsular facectomy), corneal innervation may be injured, especially in diabetic patients. Therefore, these incisions may compromise the sensitivity and also the lacrimal production. This study aimed to evaluate these consequences, through measurement of the corneal sensitivity and the aqueous lacrimal production in diabetic dogs submitted to phacoemulsification. The parameters were investigated in ten diabetic dogs with different ages, genders, breeds and weights. The surgical procedure was performed in one eye (treated eye - TE) and the contralateral eye was the control (control eye - CE). Corneal sensitivity was measured with the Cochet-Bonnet esthesiometer and lacrimal production with the Schirmer tear test, in both eyes. The intraocular pressure was also measured and the occurrence or not of conjunctival hyperemia, blepharospasm and corneal edema was verified for the detection of postoperative complications. The parameters were measured prior to the surgery (M0 - baseline values) and after seven (M1), 15 (M2), 30 (M3), 90 (M4) and 180 days (M5). Significant differences were observed in the values of esthesiometry (in cm and g/mm2) (p = 0.0138), in TE, between M0 and postoperative moments. There was a significant difference between M0 and M1, in TE (p <0.005). There was also a significant difference between CE and TE (p <0.0032) for the esthesiometry. The other parameters did not show significant differences in the postoperative moments and between CE and TE.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-06-11
Data de Publicação
2018-07-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.