• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2015.tde-26112015-171904
Documento
Autor
Nome completo
Camila Freitas Batista
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Libera, Alice Maria Melville Paiva Della (Presidente)
Benesi, Fernando José
Gonçalves, Roberto Calderon
Heinemann, Marcos Bryan
Viana, Rinaldo Batista
Título em português
Dinâmica de fagócitos sanguíneos e alveolares em bezerros com mannheimiose
Palavras-chave em português
Mannheimia haemolytica
Bovinos
Lavado broncoalveolar
Pneumonia
Resposta imune
Resumo em português
A Mannheimia haemolytica é uma importante bactéria relacionada ao Complexo Doença Respiratória dos Bovinos e a essa atribui-se uma evolução para uma forma grave de pneumonia fibrinonecrótica. É considerada um habitante comensal da nasofaringe que em situações de comprometimento da resposta imune adquire um perfil oportunista. O presente estudo buscou observar por meio de modelo de infecção experimental, as possíveis alterações locais e sistêmicas causadas pela M. haemolytica em bezerros experimentalmente inoculados. Dessa forma seria possível de maneira longitudinal, acompanhar a dinâmica dos principais aspectos de defesa das vias aéreas posteriores durante a infecção e após o tratamento com o antimicrobiano norfloxacina associado ou não à flunexina meglumina. Avaliou-se por exame físico acrescido de broncoscopia, alterações funcionais das células de defesa e mediadores inflamatórios, tanto séricos quanto locais e a atividade in vitro da norfloxacina sobre a função dos fagócitos sanguíneos e do lavado broncoalveolar (LBA). Para tal foram utilizados 12 bezerros sadios que foram experimentalmente infectados por M. haemolytica dos quais foram avaliadas as alterações clínicas e, quantitativamente e funcionalmente, as populações leucocitárias no sangue e no LBA, assim como o efeito da norfloxacina sobre a atividade funcional dos fagócitos no sangue e no LBA. Os resultados do presente estudo demonstraram o sucesso da infecção experimental por M. haemolytica pelos achados clínicos, broncoscópicos e citológicos. Ademais, a infecção experimental por M. haemolytica foi associada a alterações nas subpopulações de linfócitos T CD8+ e уδ, na produção intracelular de espécies reativas de oxigênio (ERO), fagocitose e viabilidade pelas células CD14+ sanguíneas e do LBA e granulócitos do sangue e, expressão de L-selectina pelos leucócitos polimorfonucleares do sangue. Nenhuma alteração evidente foi observada na expressão de citocinas IL-1β, IL-8 e TNF-α nas células sanguíneas e do LBA. O tratamento com antimicrobiano associado ou não ao anti-inflamatório foi capaz de curar a infecção e reestabelecer os parâmetros avaliados à sua condição basal. Portanto, não se observou benefícios com a utilização adicional do anti-inflamatório no reestabelecimento do quadro clínico e da resposta imune neste experimento. Contudo, apesar de algumas alterações na resposta sistêmica durante o quadro infeccioso, as alterações locais foram mais perceptíveis. Outro aspecto importante encontrado foi o efeito in vitro da norfloxacina na produção intracelular de ERO, fagocitose bacteriana pelas células CD14+ sanguíneas e do LBA e em leucócitos polimorfonucleares no sangue. Conclui-se que as alterações funcionais dos fagócitos apresentaram papel importante na patogenia da mannheimiose, que foram condizentes com os achados clínicos da mannheimiose e da evolução do tratamento quando realizado no início do processo nosológico.
Título em inglês
Dynamics of blood and alveolar phagocytes in calves with mannheimiose
Palavras-chave em inglês
Mannheimia haemolytica
Bronchoalveolar lavage
Cattle
Immune response
Pneumonia
Resumo em inglês
Mannheimia haemolytica is an important bacterial pathogen associated with Bovine Respiratory Disease Complex (BRDC) and it is believed to be the predominant cause of the disease’s evolution into a fibrinonecrotic pneumonia. A commensal inhabitant of the nasopharynx, M. haemolytica acts as an opportunist when host defenses are compromised. This study used an experimental infection model to investigate the possible local and systemic changes caused by M. haemolytica in inoculated calves. It sought to linearly follow the dynamics of the lower respiratory tract defense mechanisms, during the course of infection and after treatment with the antibacterial norfloxacin, which was administrated both with and without the anti-inflammatory flunixin meglumine. With clinical examination followed by bronchoscopy, this study evaluated the physiological modifications in defense cells and mediators of inflammation, and the in vitro influence of norfloxacin on phagocytes from the peripheral blood and Bronchoalveolar Lavage Fluid (BLF). Twelve (12) healthy calves were infected with M. haemolytica and posteriorly physically examined, and had samples of white cells from the peripheral blood and BLF analyzed for changes in count and physiology, further, the norfloxacin effect on phagocytes from the peripheral blood and BLF was also studied. The experimental infection proved itself to be successful based on clinical, bronchoscopic and cytological findings. Furthermore, the M. haemolytica experimental infection was associated with modifications in the subpopulations of lymphocytes CD8+ and уδ T cells, in intracellular production of Reactive Oxygen Species (ROS), viability and phagocytosis activity of CD14+ cells from the peripheral blood and BLF and granulocytes from the peripheral blood. No obvious change was observed in the expression of cytokines IL-1β, IL-8 e TNF-α by cells from the peripheral blood or BLF. The treatment with the antibacterial agent, with or without the anti-inflammatory, was proved to be successful in curing the disease, thus, the addition of an anti-inflammatory was considered unnecessary to revert the clinical infection and in the immune response. Although there was a systemic response during the course of infection, the local response was more noticeable. Another key finding of the present study was the in vitro effect of norfloxacin on the intracellular production of ROS and on phagocytosis activity of CD14+ cells from the peripheral blood and BLF and granulocytes from the peripheral blood. In conclusion, the functional changes in phagocytes play an important role in the pathogenesis of pulmonary infection caused by M. haemolytica, as they were consistent with the clinical findings of mannheimiosis and with the treatment when it was administrated in the beginning of the infection.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-12-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.