• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2008.tde-23122008-101158
Documento
Autor
Nome completo
Solange Corrêa Mikail
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Baccarin, Raquel Yvonne Arantes (Presidente)
Hagen, Stefano Carlo Filippo
Roncati, Neimar Vanderlei
Título em português
Avaliação da terapia por laser de arsenito e gálio em tendinite de cavalos Puro Sangue Inglês de corrida
Palavras-chave em português
Eqüinos
Laser
Tendão flexor digital superficial
Tendinite
Resumo em português
Para avaliar a eficácia do laser de arsenito de gálio em acelerar a cicatrização tendínea em cavalos PSI de corrida com lesão no tendão flexor digital superficial, foram realizados dois experimentos, primeiro (E1) com 14 casos clínicos onde as lesões foram decorrentes do esporte em um dos membros torácicos, o segundo (E2) com cinco casos experimentais, onde as lesões foram induzidas com colagenase em ambos os membros torácicos. No E1, após a detecção da lesão no tendão flexor digital superficial por exame ultra-sonográfico, todos os animais receberam antiinflamatório não esteróide associado à dimetilsulfóxido por via intravascular, crioterapia no local da lesão, e caminharam ao passo duas vezes ao dia por 15 minutos durante os 30 dias de acompanhamento. Os membros tratados pertenceram a onze animais que receberam uma sessão diária de laser de arsenito de gálio na dose de 20 J/cm2, realizadas durante 10 dias consecutivos, após término do antiinflamatório e da crioterapia. Os membros controle pertenceram a três animais, os quais não foram tratados com laser. No E2, após identificação das lesões, foram escolhidos aleatoriamente um membro torácico controle e outro a ser tratado por laser em cada animal. Da mesma forma, estes animais foram mantidos a passo e receberam o mesmo protocolo de laserterapia que os membros tratados do E1. Todos os membros foram avaliados através de exames ultra-sonográficos, utilizando-se como parâmetros o paralelismo das fibras tendíneas em corte longitudinal; a ecogenicidade, a área do tendão, a área da lesão e a porcentagem de ocupação da lesão em corte transversal. No E1, os membros controle não apresentaram diferença significativa (P>0,05) nos parâmetros avaliados entre os dias 0 e 30. Nos membros tratados, a área do tendão também não apresentou diferença significativa (P>0,05) entre os dias analisados, porém houve diminuição muito significativa nos escores de ecogenicidade e paralelismo (P<0,001), assim como diminuição no tamanho da lesão (P<0,05) e na porcentagem de ocupação da lesão (P<0,05). No E2 também não houve diferença significativa entre os dias em todos os critérios avaliados nos membros controles (P>0,05). Nos membros tratados a ecogenicidade, o paralelismo e o tamanho do tendão, não sofreram alterações significativas (P>0,05) entre os dias avaliados, porém o tamanho da lesão (P<0,05) e a porcentagem de ocupação da lesão (P<0,01) apresentaram diminuição significativa. O laser de arsenito de gálio na dose de 20 J/cm2 mostrou-se eficaz em acelerar a reparação da lesão tendínea nos membros tratados em relação aos membros controle, tanto no grupo de casos clínicos quanto no grupo experimental, quando comparados aos 30 dias do aparecimento da lesão. Esses resultados sugerem a participação positiva do laser de arsenito de gálio nos resultados e a validação do mesmo no tratamento da tendinite do flexor digital superficial de cavalos Puro Sangue Inglês de corrida.
Título em inglês
Evaluation of Gallium Arsenide Laser for treatment of equine tendinitis
Palavras-chave em inglês
Equine
Laser
Superficial digital flexor tendon
Tendinitis
Resumo em inglês
This study conducted two trials to evaluate the efficacy of Gallium Arsenide Laser in the speed of the healing process of superficial digital flexor tendon (SDFT) lesions in thoroughbred horses. One trial group (T1) comprises 14 horses with lesions, which resulted from the sport, in the SDFT in one of the front limbs. The other trial group (T2) was formed by five horses that had lesions induced in both front limbs by collagenase injection. In the T1, after the detection of the lesion in the SDFT by ultrasonography all horses were treated by intravenous injection, once a day, over five days, with an association of two AINS: phenylbutazone and dimethylsulfoxide. Cryotherapy was also applied on the affected tendon (three times a day over five days) and the horses were kept in stalls and allowed controlled exercise (hand-walked twice daily for 15 minutes) during the 30 days of the study. The treated limbs belong to 11 horses that received laser sessions once a day for ten days at a dosage of 20J/cm2. These sessions started after the AINS association and cryotherapy. The control limbs belong to the other three horses that received the same treatment, except by the laser sessions. In the T2, after the detection of the lesion, a limb from each horse was randomly chosen to be the control limb and the other limb was treated by laser. These horses were also kept in stall under controlled exercise and the treated limb was under the same laser protocol that T1. All horses were evaluated by two ultrasonographic exams with a 30-day interval. The parameters evaluated were: the fiber alignment, the echogenicity, the tendon area, the lesion area and the proportion of the cross sectional area involved. In the T1, the control limbs showed no significant difference (p>0,05) in the echogenicity, the fiber alignment, the tendon area, the lesion area or the proportion of the cross sectional area involved, between the day 0 and 30. The treated limb, didn´t show any significant difference of the tendon area, but showed a significant difference on the echogenicity (P<0,001), the fiber alignment (P<0,001), the lesion area (P<0,05) and the proportion of the cross sectional area involved (P<0,05). In the T2, only one limb received the laser treatment, the other limb acted as a control. The control limbs showed no significant difference (P>0,05) in the echogenicity, the fiber alignment, the tendon area, the lesion area and the proportion of the cross sectional area involved between the day 0 and 30. The treated limbs showed no significant difference (P>0,05) in the echogenicity, the fiber alignment and the tendon area, but showed significant difference in the lesion area (P<0,05) and the proportion of the cross sectional area involved (P<0,01). The treatment dose of 20J/cm2 of gallium arsenide laser was efficient in speeding the healing process of SDFT lesions of the laser treated limbs in both groups (T1 and T2), when compared with the control limbs, at 30 days of the onset of the lesion. The group which lesions occurred due to the sport (T1) had a better response to the treatment than the group which lesions were induced by collagenasis (T2). The limbs treated by laser showed a positive response which validates the use of the Gallium Arsenide laser for the treatment of tendinitis in the Superficial Digital Flexor in race horses.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-02-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.