• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2018.tde-22112017-152726
Documento
Autor
Nome completo
Elisa Couto Weiss
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Benesi, Fernando José (Presidente)
Azedo, Milton Ricardo
Batista, Camila Freitas
Título em português
Avaliação da função de neutrófilos de bezerros da raça Wagyu com até 60 dias de vida suplementados com vitamina E injetável
Palavras-chave em português
Bezerros Wagyu
Função de neutrófilos
Imunidade
Vitamina E
Resumo em português
Uma das principais causas de prejuízos econômicos da pecuária mundial, é a mortalidade de bezerros nos primeiros meses de vida, devido ao desenvolvimento de afecções, pois a defesa contra estas, depende principalmente da imunidade destes animais. Nesta fase, os animais possuem seu sistema imune ainda não completamente funcional, além disso, o número de bezerros acometidos e a gravidade das doenças, pode variar de acordo com a raça dos bovinos. A literatura relata que os bezerros da raça japonesa Wagyu podem ser mais susceptíveis às afecções durante o período neonatal, quando comparados à bezerros da raça Holandesa. Porém, a maior susceptibilidade destes animais ainda não possui as razões totalmente elucidadas. Devido às consequências da menor competência imunológica dos bezerros japoneses, o desenvolvimento de estratégias para a melhoria da imunidade destes animais, vem sendo alvo de pesquisas e a utilização de antioxidantes, como a Vitamina E, é uma das tentativas para melhorar a imunidade desses neonatos. No presente trabalho, foram selecionados 26 bezerros da raça Wagyu, com média de 7,35 (±2,64) dias de vida, os quais foram distribuídos por dois grupos de 13 animais (Grupo Controle e Grupo Vitamina E). O Grupo Vitamina E recebeu uma aplicação de Vitamina E, por via intramuscular (30 UI/kg). O Grupo Controle recebeu uma aplicação intramuscular de solução de NaCl 0,9% no mesmo volume correspondente ao de Vitamina E, de acordo com o peso do animal. Os animais foram avaliados semanalmente, durante os primeiros 60 dias de vida, por meio de exame físico, hemograma, bioquímica sérica e avaliação da função de neutrófilos com uso da citometria de fluxo. Não houve diferença entre os grupos controle e Vitamina E em nenhum dos parâmetros avaliados. Os resultados de exames físicos, hemograma e bioquímica sérica dos bezerros Wagyu, apresentaram comportamento semelhante ao descrito na literatura, bem como, a maioria dos aspectos avaliados na função dos neutrófilos. A aplicação de Vitamina E na dosagem de 30UI/kg não gerou alteração na função dos neutrófilos, a partir da avaliação da produção de espécies reativas de Oxigênio (EROs) pelos granulócitos, estimulados ou não pela fagocitose de Staphylococcus aureus conjugado com Iodeto de propídeo (SaPI). Existe a necessidade do desenvolvimento de novas pesquisas, a respeito de dosagens de Vitamina E capazes de gerar alterações na função de neutrófilos dos bezerros Wagyu, afim de melhorar o perfil imunológico destes animais.
Título em inglês
Evaluation of the neutrophil function of Wagyu calves during the first 60 days of life supplemented with injectable Vitamin E
Palavras-chave em inglês
Immunity
Neutrophils functions
Vitamin E
Wagyu calves
Resumo em inglês
One of the main causes of economic losses of livestock worldwide, is the mortality of calves in the first months of life, on account of diseases, because the immunity of these animals is a very important for their defense. At this stage, the animals have their immune system not yet fully developed, in addition, the number of calves affected and the severity of the diseases, can vary according to the breed of the cattle. The literature reports that Japanese Wagyu calves may be more susceptible to conditions during the neonatal period, in comparison to Holstein calves. However, the higher susceptibility of these animals doesnt fully elucidated. Due to the consequences of the lower immunological competence of Japanese calves, the development of strategies to improve the immunity of these animals, has been the subject of research and the use of antioxidants, such as Vitamin E, is one of the attempts to improve immunity of calves. In the present study, 26 Wagyu calves were selected, with 7.35 (± 2.64) days of life an average, and were subdivided into two groups of 13 animals (Control Group and Vitamin E Group). The Vitamin E Group received a intramuscularly application of Vitamin E (30 IU / kg). The Control Group received an intramuscular application of 0.9% NaCl solution in the same volume corresponding to that of Vitamin E, according to the weight of the animal. The animals were evaluated weekly during the first 60 days of life, by physical examination, blood count, serum biochemistry and evaluation of neutrophil function using flow cytometry. There was no difference between the Control and Vitamin E groups in any of the evaluated parameters. The results of physical exams, hemogram and serum biochemistry of Wagyu calves, presented a behavior similar to that described in the literature, as well as, most aspects evaluated in neutrophyl function. The application of Vitamin E at 30IU/kg did not change the neutrophil function, based on the evaluation of Reative Oxygen Species (ROS) production by granulocytes, stimulated or not by Staphylococcus aureus conjugated with propidium iodide (SaPI) phagocytosis. There is a need for the development of new research on Vitamin E dosages capable of generating alterations in the neutrophil function of Wagyu calves, for improve the immunological profile of these animals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-03-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.