• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2014.tde-04122014-110049
Documento
Autor
Nome completo
Caroline Harumi Seino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Benesi, Fernando José (Presidente)
Azedo, Milton Ricardo
Pogliani, Fabio Celidonio
Título em português
Problemas umbilicais em bezerros nos primeiros 30 dias de vida: avaliação clínica, ultrassonográfica e correlação com a transferência de imunidade passiva
Palavras-chave em português
Bezerros neonatos
Onfalopatia
Palpação bimanual
Transferência de imunidade passiva
Ultrassom
Resumo em português
As afecções umbilicais merecem destaque entre as enfermidades que acometem bezerros no primeiro mês de vida, pela alta incidência durante essa fase da vida dos neonatos e pelas relevantes perdas econômicas, decorrentes da mortalidade, custos de tratamento e atendimento veterinário, além de sequelas que poderão determinar menores ganho de peso e produção leiteira. O diagnóstico dessas enfermidades muitas vezes é prejudicado pela dificuldade em se detectar os acometimentos das estruturas intra-abdominais do umbigo, o que afetará negativamente a escolha do tratamento mais adequado e o estabelecimento do real prognóstico para cada animal. O presente estudo determinou as limitações e as vantagens de cada recurso semiológico, e demonstrou uma maior sensibilidade da ultrassonografia na detecção das afecções umbilicais intra-abdominais quando comparada com o método semiológico de rotina (palpação bimanual), com incompatibilidade de 20% dos animais no grupo onfalopatia. A maior exatidão no diagnóstico foi observada principalmente nos acometimentos das veias umbilicais, e também em afecção do úraco que foi erroneamente identificada como sendo alteração de artéria umbilical. Durante a análise com ultrassonografia dos animais com inflamação/infecção dos componentes umbilicais, foi observada que a espessura da parede dos vasos umbilicais é a medida mais adequada para determinar as alterações nesses componentes, quando comparada com aquela do diâmetro dos vasos umbilicais. Ainda, a partir desse estudo foi possível verificar algumas particularidades da involução fisiológica dos componentes intra-abdominais do cordão umbilical em bezerros da raça Holandesa, as quais foram utilizadas no grupo controle para caracterizar o comportamento das estruturas umbilicais com o evoluir da idade dos neonatos. Destaca-se que o confronto desses resultados com aqueles da rara literatura disponível mostrou-se com notáveis diferenças. Por fim validou-se critério para definir o grau de gravidade das inflamações dos componentes umbilicais a partir dos resultados obtidos pelo uso desses recursos diagnósticos, a fim de permitir uma alternativa na classificação dessa enfermidade com vistas à adequada escolha do tratamento e possibilitar uma avaliação da comparação da transferência de imunidade passiva frente às diversas apresentações clínicas das afecções inflamatórias umbilicais.
Título em inglês
Umbilical diseases in calves during the first 30 days of life: clinical, ultrasonographic and correlation with transfer of passive immunity
Palavras-chave em inglês
Bimanual palpation
Newborn calves
Transfer of passive immunity
Ultrasound
Umbilical diseases
Resumo em inglês
The umbilical disorders has importance among the illness that affects calves in the first month of life, by the high incidence during the current stage of life of newborns and relevant economic losses stemming due to mortality, treatment costs and veterinary care, and sequelae that may determine lower weight gain and milk production. The diagnosis of these diseases is often hampered by the difficult in detecting the extension of affected navel structures, which negatively affect the choice of the most appropriate treatment and establish a prognosis for calves. The present study verified the limitations and advantages of each semiological resource, and demonstrated a higher sensitivity of ultrasonography in the detection of intra-abdominal umbilical disorders compared with the semiological routine method (bimanual palpation), with 20% incompatibility of animals at navel illness group. The increased accuracy in diagnosis was mainly observed in the affections of the umbilical vein, and also in disease of the urachus which was erroneously identified as alteration of umbilical artery. During the ultrassonography of animals with inflammation/infection of umbilical components was observed that the wall thickness of the umbilical vessels is more appropriate extent for determining amendments in these components, as compared to that diameter of the umbilical vessels. Although, from this study we observed some peculiarities of the physiological involution of intra-abdominal umbilical cord components in Holstein calves, which were used in the control group to characterize the regression of the umbilical structures with increasing age of newborns. It is noteworthy that the comparison of these results with those of rare literature available showed up with notable differences. Finally validated the criterion for defining the severity of inflammation of the umbilical components from the results obtained from the use of these diagnostic methods in order to allow an alternative in the classification of this disease aiming to appropriate treatment choice and enable an assessment of comparison of passive transfer of immunity in front the various clinical presentations of umbilical inflammatory disorders.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.