• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2004.tde-03052004-121114
Documento
Autor
Nome completo
Pierre Castro Soares
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Ortolani, Enrico Lippi (Presidente)
Birgel, Eduardo Harry
Fagliari, José Jurandir
Kohayagawa, Aguemi
Magalhães, Maria Claudia Araripe Sucupira
Título em português
Efeitos da intoxicação cúprica e do tratamento com tetratiomolibdato sobre a função renal e o metabolismo oxidativo de ovinos
Palavras-chave em português
Cobre
Função renal de animais
Intoxicação
Ovinos
Tratamento
Resumo em português
Para avaliar a influência da intoxicação cúprica cumulativa e do seu tratamento com tetratiomolibdato de amônia (TTM) sobre a função renal e sobre o metabolismo oxidativo, foram empregados 10 cordeiros da raça Santa Inês os quais receberam doses crescentes de sulfato de cobre, até o surgimento de hemoglobinúria macroscópica. Neste momento foram distribuídos ao acaso cinco ovinos para cada um dos dois grupos, onde foi o primeiro foi mantido como controle (C) e o grupo subseqüente foram tratados diariamente, no decorrer de quatro dias, com 3,4 mg TTM por kg de peso vivo. Todos os ovinos do grupo C sucumbiram no decorrer de quatro dias, enquanto que tal fato só ocorreu em um animal tratado com TTM. A intoxicação provocou um quadro clínico típico, gerando grandes alterações na função renal como diminuição da taxa de filtração glomerular, a qual provocou oligúria ou anúria, proteinúria e uremia. O quadro tóxico ainda determinou drásticas diminuições na capacidade de reabsorção tubular manifestada por: glicosúria, menor densidade urinária, maiores excreções urinárias de fósforo, sódio, cloro, potássio, cobre e ferro, maior atividade da enzima NAG na urina. Uma acidúria também foi constatada. O tratamento com TTM promoveu melhora na maioria destas variáveis dentro do 2º ou 5º dias após o início do tratamento. No tocante ao metabolismo oxidativo o quadro tóxico provocou uma intensa formação de radicais livres, com concomitante redução no teor de glutationa reduzida eritrocitária, embora tenha aumentado a capacidade anti-oxidante no plasma, em parte por formação de ácido úrico. Quanto maior foi a formação de radicais livres menor foi a taxa de filtração glomerular. O tratamento com TTM reduziu de maneira significativa a formação de radicais livres,aumentando a concentração de glutationa reduzida eritrocitária.
Título em inglês
Effects of copper poisoning and its treatment with tetrathiomolybdate on renal function oxidative metabolism in lambs
Palavras-chave em inglês
Animal´s renal function
Copper
Poisoning
Sheep
Treatment
Resumo em inglês
Twelve Santa Inês lambs were used to study the effects of cumulative copper poisoning and the treatment with ammonium tetrathiomolybdate (TTM) on renal function and oxidative metabolism. The lambs were drenched with increasing doses of copper sulfate until the onset of macroscopic hemoglobinuria. So the lambs were randomly distributed in two groups of five sheep each and treated (TTM) or not (C) with tetrathiomolybdate (3.4 mg/kg BW/ per day, for four days). All sheep C succumbed in four days of hemoglobinuria, while only one lamb died in the other group. A typical clinical picture was observed in both groups causing a marked renal insufficiency with decreased glomerular filtration rate, which caused anuria or oliguria, proteinuria and uremia. The poisoning also generated an intense decreased in the tubular reabsorption capacity with higher urinary excretion of glucose, phosphorus, sodium, chloride, potassium, iron and copper, higher urinary NAG activity and lower urinary density. An aciduria was also detected. The treatment with TTM caused a marked improvement in the renal function within 2 to 5 days. As far as the oxidative is concerned, the poisoning caused a higher formation of free radicals and decreased the erythrocyte levels of reduced glutathione, although the plasma anti-oxidant capacity was increased, partially by production of uric acid. The higher the free radical formation, the lower the glomerular filtration rate. The treatment with TTM decreased significantly the amount of free radical formation and increased the levels of erythrocyte reduced glutathione.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Pierre_Castro_Soares.pdf (906.42 Kbytes)
Data de Publicação
2007-06-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.