• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Marcela Morelli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2018
Orientador
Banca examinadora
Palhares, Julio Cesar Pascale (Presidente)
Berndt, Alexandre
Hanai, Frederico Yuri
Martello, Luciane Silva
Nunes, Rubens
Título em português
Impacto do tipo de dieta no valor de pegada hídrica, na eficiência de uso de nutrientes e no custo de produção de bovinos em confinamento
Palavras-chave em português
Balanço de nutrientes
Coprodutos
Custos
Nelore
Nutrição
Resumo em português
A quantidade de água consumida na produção de carne bovina influencia a visão da sociedade sobre a sustentabilidade desta produção em comparação com as outras fontes de proteína. O objetivo geral do estudo é avaliar como o tipo de dieta impacta a eficiência de uso da água e de nutrientes de bovinos em sistema de confinamento. O cálculo da pegada hídrica considerou as águas azul, verde e cinza consumidas no sistema de produção e no abate dos animais. Foram avaliados dois tipos de dietas, uma com o concentrado composto de milho e farelo de soja, e outra com a substituição total destes ingredientes por coprodutos (gérmen de milho gordo, polpa cítrica e farelo de amendoim). Não houve diferenças nas características de desempenho dos animais entre as dietas. A substituição promoveu a redução do consumo de água verde e redução nos valores de pegada hídrica total, porém aumentou os valores de água azul. A pegada hídrica total da dieta convencional foi de 2.125,54 L kg-1 carne e a da dieta com uso de coprodutos foi de 2.042,56 L kg- 1 carne. A pegada hídrica verde representou 88,45% e 88,52% para a dieta convencional e com uso de coprodutos, respectivamente. O balanço de nutrientes da dieta convencional foi de 115,13 kg de N, 13,90 kg de P e 73,69 kg de K e na dieta de coprodutos foi de 234,63 kg de N, 29,76 kg de P e 58,62 kg de K. Do ponto de vista ambiental o uso de coprodutos foi positivo, mas a análise econômica dessa intervenção nutricional se mostrou inviável aumentando os custos em 9,25%. A utilização de alimentos alternativos na dieta de bovinos de corte confinados manteve o desempenho animal e promoveu uma melhor eficiência hídrica. Estudos que relacionam a pegada hídrica com o manejo nutricional na produção animal são importantes para gestão hídrica da produção, promovendo impactos positivos na conservação dos recursos hídricos.
Título em inglês
Impact of diet type on water footprint value, nutrient use efficiency and production costs of feedlot cattle
Palavras-chave em inglês
Coproducts
Costs
Nellore
Nutrient balance
Nutrition
Resumo em inglês
The amount of water consumed in beef production influences society's view on the sustainability of this production compared to other sources of protein. The overall objective of the study is to evaluate how the type of diet impacts the efficiency of water and nutrient use of cattle in a feedlot system. The calculation of the water footprint considered the blue, green and gray waters consumed in the system of production and the slaughter of the animals. Two types of diets were evaluated, one with corn and soybean meal concentrate, and the other with total substitution of these ingredients by co-products (corn germ, citrus pulp and peanut meal). There were no differences in the performance characteristics of the animals between the diets. The substitution promoted the reduction of green water consumption and reduction in the total water footprint values but increased the values of blue water. The total water footprint of the conventional diet was 2,125.54 L kg-1 meat and that of the diet with use of co-products was 2,042.56 L kg-1 meat. The green water footprint represented 88.45% and 88.52% for the conventional diet and with co-products, respectively. The nutrient balance of the conventional diet was 115.13 kg N, 13.90 kg P and 73.69 kg K and in the co-products, diet was 234.63 kg N, 29.76 kg P and 58.62 kg of K. From the environmental point of view, the use of co-products was positive, but the economic analysis of this nutritional intervention was not feasible, increasing expenses by 9.25%. The use of alternative foods in the diet of confined beef cattle-maintained animal performance and promoted better water efficiency. Studies that relate the water footprint to nutritional management in animal production are important for water production management, promoting positive impacts on the conservation of water resources.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.