• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2007.tde-23012008-175504
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Martins Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Gobesso, Alexandre Augusto de Oliveira (Presidente)
Silva, Luis Felipe Prada e
Titto, Evaldo Antonio Lencioni
Título em português
Inclusão de gordura na alimentação de eqüinos
Palavras-chave em português
Aceitabilidade
Colesterol
Digestibilidade
Eqüinos
Lipídios
Triglicérides
Resumo em português
Com a utilização de quatro potros, com a idade entre 13 a 16 meses, e peso médio de 288±7,68 Kg, recebendo dieta composta de feno de gramínea e concentrado, objetivando-se analisar o efeito da inclusão de diferentes tipos de gordura de origem animal, de origem vegetal e óleo mineral. Avaliou-se a aceitabilidade das dietas, o coeficiente de digestibilidade aparente da Matéria Seca, Matéria Orgânica, Proteína Bruta, Extrato Etéreo, Fibra insolúvel em Detergente Neutro e Fibra insolúvel em Detergente Ácido, utilizando a metodologia de coleta total de fezes, foi observado o efeito da suplementação sobre níveis de gorduras nos valores plasmáticas (Triglicérides, Colesterol e de suas frações VLDL-C, HDL-C, LDL-C). O delineamento experimental utilizado foi o Quadrado Latino 4X4, para separar os efeitos de tratamento foram utilizados três contrastes ortogonais, C1: óleo mineral vs dieta controle; C2: gordura animal vs gordura vegetal e C3: gordura animal+ gordura vegetal vs dieta controle. Os resultados demonstrados nesse experimento foram que a aceitabilidade não foi observada diferença entre os tratamentos, que o contraste ortogonal C1 apresentou resultado significativo para digestibilidade de MS e MO e EE, e o contraste C3 apresentou valor significativo para EE, para os valores plasmáticos o contraste ortogonal C1 apresentou valor significativo para HDL-C, sendo que os outros contrastes não apresentaram variação estatística. Podemos concluir que a adição de óleo mineral afeta a digestibilidade da MS, MO e EE se comparado ao controle, não afetando a digestibilidade da PB, FDN e FDA, que a adição de gordura vegetal não se diferencia com a gordura animal quanto a digestibilidade dos nutrientes aqui mensurados e a adição de gordura vegetal e animal altera a digestibilidade do EE em comparação com o controle. Quanto aos valores plasmáticos observamos que a adição de óleo mineral alterou os valores de HDL-C em relação à dieta controle, e os outros contrastes não obtiveram resultados significativos em relação aos valores plasmáticos.
Título em inglês
Inclusion of Fat in Equine Diet
Palavras-chave em inglês
Acceptability
Cholesterol
Digestibility
Equine
Lipids
Triglycerides
Resumo em inglês
Four foals, aging from 13 to 16 months and with average weight of 288 ± 7.68 kg were used in this study, in order to evaluate the effects of the inclusion of different types of fat from animal source, vegetable fat and mineral oil. The basis of the diet of experimental animals was grass hay and concentrate. It was evaluated the acceptability of the diets, the coefficient of apparent digestibility of Dry Material (DM), Organic Matter (OM), Crude Protein (CP), Extract Etéreo (EE), Neutral detergent fiber (NDF) and acid detergent fiber (ADF), by means of the methodology of total feces collection. It was also observed the effect of supplementation on levels of plasma fat (Triglycerides, Cholesterol and its fractions, VLDL-C, HDL-C, LDL-C). The experimental design was a 4X4 Latin Square; three orthogonal contrasts were carried out in order to evaluate the effects of treatments: C1: mineral oil vs control diet; C2: animal fat vs. vegetable fat and C3: animal fat + vs vegetable fat diet control. It was demonstrated that the acceptability did not differ between treatments; contrast C1 showed significant results for digestibility of MS and MO and EE, and the contrast C3 showed significant result for EE. In regard of the values of plasma fat, contrast C1 presented significant value for HDL-C; contrast C2 and C3 did not show statistically significant variation. In conclusion, the addition of mineral oil affected the digestibility of DM, OM and EE, but did not affect the digestibility of CB, NDF and ADF; the addition of vegetable fats did not produce any variation in comparison with animal fats on the digestibility of the measured nutrients and the addition of both vegetable and animal fat altered the digestibility of EE. It was also observed that the addition of mineral oil changed the values of HDL-C compared with the control diet, and either contrasts C1 or C2 did not show significant differences on levels of plasma fat.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TESE.pdf (594.73 Kbytes)
Data de Publicação
2008-03-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.