• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2014.tde-26092014-092253
Documento
Autor
Nome completo
Kátia Regina Groch
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Dias, José Luiz Catão (Presidente)
Andriolo, Artur
Parente, Jociery Einhardt Vergara
Strefezzi, Ricardo de Francisco
Wedekin, Leonardo Liberali
Título em português
Interação antropogênica e sanidade de baleias-jubarte (Megaptera novaeangliae) na costa brasileira
Palavras-chave em português
Análise fotográfica
Cetáceo
Enfermidade
Osteopatologia
Patologia
Resumo em português
A exposição das baleias-jubarte (Megaptera novaeangliae) aos impactos antropogênicos está aumentando devido à crescente recuperação da população posterior à proibição da caça comercial, associado ao incremento das atividades humanas nas áreas de reprodução e migração da espécie. No entanto, pouco se sabe sobre saúde e processos patológicos em baleias-jubarte no Brasil. O presente estudo investigou o estado de saúde da população de baleias-jubarte que migra sazonalmente para a costa sudeste e nordeste do Brasil, buscando identificar eventuais enfermidades letais e não letais, por meio de análises histopatológicas e estudo de osteopatias, assim como, quantificar as ocorrências das interações antropogênicas prejudiciais à espécie. A avaliação dos efeitos decorrentes das ações antropogênicas foi realizada a partir de imagens obtidas de baleias foto-identificadas em vida livre ao longo de 5 anos (2008-2012), por meio das quais foram caracterizadas as lesões cutâneas e quantificadas as marcas decorrentes de interações antropogênicas, predatórias ou intraespecíficas. Dessa forma, obteve-se uma estimativa dos indivíduos que sobreviveram a emalhes em apetrechos de pesca, colisões com embarcações e/ou interações com predadores. A prevalência das lesões cutâneas foi estimada utilizando-se uma abordagem conservadora, porém sistemática, e poderá ser utilizada como base para o uma avaliação contínua do estado de saúde desta população de baleias-jubarte. A investigação de processos patológicos em animais encalhados foi realizada valendo-se da análise histopatológica dos tecidos de 19 animais encontrados em bom estado de conservação, enquanto as osteopatias foram estudadas por meio da análise macroscópica do tecido esquelético de 49 animais necropsiados. Análise imuno-histoquímica foi utilizada em casos selecionados para pesquisa de Morbillivirus. Os achados histopatológicos demonstraram que grande parte dos filhotes que encalham apresenta sinais de distúrbios neonatais ou perinatais, além de serem suscetíveis a processos infecciosos. O estudo de lesões esqueléticas em animais encalhados demostrou que as baleias-jubarte são suscetíveis a processos degenerativos, infecciosos, traumáticos e malformações do desenvolvimento. Este estudo apresenta uma primeira visão sobre condições sanitárias e processos patológicos em baleias-jubarte no Brasil e pode direcionar os estudos futuros nesta área. Através do monitoramento da ocorrência de lesões não-letais bem como através da investigação dos processos patológicos e causas de morte das baleias-jubarte, este estudo apresenta indicadores das condições do ambiente onde estes animais vivem, podendo contribuir para as ações de manejo e conservação da espécie.
Título em inglês
Anthropogenic interactions and health aspects of humpback whales (Megaptera novaeangliae) in the Brazilian coast
Palavras-chave em inglês
Cetacean
Diseases
Osteopathology
Pathology
Photographic analysis
Resumo em inglês
The exposure of humpback whales (Megaptera novaeangliae) to anthropogenic impacts is increasing due to population recovery following the legal ban on commercial whaling, together with the increment of human activities at the species breeding grounds and migration routes. However, little is known about the health and pathologic processes in humpback whales in Brazil. The present study investigated the health status of the population of humpback whales that seasonally migrate to the southeastern and northeastern Brazilian coast, aiming to identify possible lethal and nonlethal diseases, through histopathological analysis and study of osteopathies, as well as to quantify the occurrence of anthropogenic interactions, detrimental to the species. The evaluation was carried out through image analysis from photo-identified whales in the wild, during 5 years (2008-2012), through which skin lesions and scars were characterized, and anthropogenic, predatory or inter-specific marks were quantified. An estimate on individuals who survived to entanglement in fishing gear, collisions with vessels and/or interactions with predators was obtained. The investigation of pathologic processes in stranded animals performed by means of histopathological analysis of tissues from 19 animals found in good condition, while osteopathies were studied through macroscopic analysis on skeletal tissue of 49 necropsied animals. Immunohistochemical analysis was carried out in selected cases to search for Morbillivirus. The prevalence of skin lesions was estimated using a conservative, but systematic, approach and may be used as the basis for a long term assessment of the health status of this humpback whale population. Histopathological findings showed that most stranded calves had signs of perinatal or neonatal disorders, and are susceptible to infections. The study of skeletal lesions in stranded animals has shown that humpback whales are susceptible to degenerative, infectious and traumatic processes, and malformations. Finally, data obtained in this study present a first overview on health conditions and pathological processes in humpback whales in Brazil and may guide future studies in this area. By monitoring the occurrence of nonlethal lesions, as well as investigating pathological processes and causes of death of humpback whales, this study provides the environmental conditions in which these animals live and can contribute for the management and conservation actions for the species.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.