• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2002.tde-05022004-155718
Documento
Autor
Nome completo
Viviane Mayumi Maruo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Spinosa, Helenice de Souza (Presidente)
Bernardi, Maria Martha
Gorniak, Silvana Lima
Paulino, Célia Aparecida
Tasaka, Ana Cristina
Título em português
Estudo dos possíveis efeitos tóxicos da exposição à Solanum lycocarpum em ratos adultos e em sua prole.
Palavras-chave em português
planta
ratos.
toxicologia
Resumo em português
Solanum lycocarpum St. Hill é uma planta comum no cerrado brasileiro e possui um alcalóide com configuração estereoespecífica para a síntese de hormônios esteróides. O presente estudo foi desenvolvido para determinar os possíveis efeitos tóxicos da ingestão dos frutos de S. lycocarpum (3% adicionados à dieta) em ratos adultos machos (60 dias de administração), fêmeas (37 dias) e fêmeas prenhes (nos períodos de pré-implantação e organogênese). Poucas diferenças significantes no peso corpóreo e no consumo de água e ração foram observadas. Nenhuma diferença significante foi detectada no ganho de peso dos animais e no ciclo estral. Ratas tratadas apresentaram redução significante nos pesos do útero e do fígado. Porém, nenhuma diferença significante foi observada nos pesos de outros órgãos (adrenal, fígado, vesícula seminal, testículo e ovário) e na avaliação de enzimas e proteínas sangüíneas de ratos fêmeas e machos. Ao estudo anatomopatológico as fêmeas apresentaram maior incidência de hiperplasia do epitélio endometrial, cistos foliculares, proliferação de ductos biliares, congestão hepática e renal. A administração da planta no período de pré-implantação causou poucas alterações nos consumos de água e comida das fêmeas e sua prole apresentou aumento de hemorragia do bulbo olfatório. O consumo da planta durante a organogênese aumentou a média de filhotes fêmeas, reduziu o peso da placenta e aumentou o número de fetos com esternébrios assimétricos. Tomando estes dados em conjunto, pode-se sugerir que a administração da S. lycocarpum à 3% na ração causa efeitos tóxicos em ratas adultas e na prole, principalmente quando exposta durante o período de organogênese.
Título em inglês
Study of the possible toxic effects of Solanum lycocarpum exposure in adult rats and their offspring.
Palavras-chave em inglês
plant
rats.
toxicology
Resumo em inglês
Solanum lycocarpum St. Hill is a common plant in Brazilian savanna. This plant has an alkaloid with stereospecific configuration to the synthesis of steroid hormones. Since the plant may be long-term consumed, the present study was undertaken to determine the possible toxic effects of S. lycocarpum fruit ingestion (3% added to the diet) on male (60 days of administration), female (37 days) adult rats and pregnant female (during preimplantation and organogenesis). Few significant differences in the body weight and consumption of food and water were observed. No significant differences were detected in the male and female weight gain and the estrous cycle. Female treated rats showed a significant reduction in the uterus and liver weights. However, no significant differences were observed in other organ (adrenal, liver, seminal vesicle, testicle and ovary) weights and in the evaluation of blood enzimes and proteins of the female and male rats. The anatomopathological study showed a higher incidence of endometrial epithely hiperplasy, pholicular cysts, biliary ducts proliferation, hepatic and renal congestion in female rats. Plant administration during preimplantation caused few alterations in food and water consumption in female and their offspring showed increase in olfactory bulb hemorragy. Plant consumption during organogenesis increased the media of female pups, reduced placental weight and increased the number of fetuses with assimetric sternebrae. These data suggest that the S. lycocarpum administration at 3% causes toxic effects in adult female rats and in the offspring, specially when exposed to the plant during organogenesis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese_maruo.pdf (783.69 Kbytes)
Data de Publicação
2007-03-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.