• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2007.tde-18032008-151448
Documento
Autor
Nome completo
Walkiria Ferreira Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Miglino, Maria Angélica (Presidente)
Fioretto, Emerson Ticona
Martins, Daniele dos Santos
Título em português
Comparação da viabilidade das células mononucleares totais da medula óssea de suínos em diferentes protocolos de congelamento
Palavras-chave em português
Células mononucleares
Criopreservação
Dmso
Suínos
Viabilidade celular
Resumo em português
A necessidade de tratamentos mais eficazes e menos invasivos para os pacientes, em adição à capacidade de diferenciação celular da medula óssea sugere que o transplante de células mononucleares totais poderia ser uma das melhores formas de tratamento para as diversas patologias existentes. Entretanto, vários fatores implicam sobre a viabilidade das células da medula óssea dos quais destacamos a ausência de padronização de protocolo de criopreservação que permita a manutenção da viabilidade celular, sendo altamente necessário o desenvolvimento de estudos nesta área. Deste modo, neste estudo, após a anestesia de um grupo de animais foi realizada punção da medula óssea, separação das células mononucleares e avaliação da viabilidade. Foram testados oito meios diferentes para criopreservação das células. O meio de congelamento A é composto por 20% dimetilsulfóxido (DMSO), 40% Dulbecco´s Modified Eagle´s Médium (DMEM) e 40% de Plasma Autólogo, o meio de congelamento B contém 20% dimetilsulfóxido (DMSO), 40% Roswell Park Memorial Institute (RPMI) e 40% de Plasma Autólogo, o meio de congelamento C tem em sua composição 20% dimetilsulfóxido (DMSO), 40% soro fetal bovino (SFB) e 40% plasma autólogo, o meio de congelamento D é composto de 20% dimetilsulfóxido (DMSO) e 80% de plasma autólogo, o meio E constitui-se de 5% dimetilsulfóxido (DMSO), 47,5% de Dulbecco's Modified Eagle's Médium (DMEM) e 47,5% de plasma autólogo, o meio F contém 5% dimetilsulfóxido (DMSO), 47,5% de Roswell Park Memorial Institute (RPMI) e 47,5% de plasma autólogo, o meio G contém 5% dimetilsulfóxido (DMSO), 47,5% de soro fetal bovino (SFB) e 47,5% de plasma autólogo e o meio H constitui-se de 5% dimetilsulfóxido (DMSO) e 95% de plasma autólogo. Após as análises realizadas pela técnica de citometria de fluxo, o meio mais eficiente na criopreservação das células mononucleares de suínos foi o protocolo D por possuir maior concentração de plasma autólogo e crioprotetor.
Título em inglês
Comparison of the viability of the mononuclear total cells of the bone marrow of pigs in different protocols of freezing
Palavras-chave em inglês
Cellular viability
Criopreservation
Dmso
Mononuclear cells
Pigs
Resumo em inglês
The necessity of the most efficient and less invasive treatments for the patients, in addition to the capacity of cellular differentiation of the bone marrow suggests that the transplant of mononuclear total cells might be one of the best treatment for several pathologies. Meantime, several factors influence on the viability of the cells of the bone marrow as the absence of standardization of criopreservação protocol which could allow the maintenance of the cellular viability, being an important issue of investigation. In this study, after the anaesthesia of a group of animals, samples of bone marrow were collected, following the separation of the mononuclear cells and evaluation of the viability. Eight different protocols were tested for cells criopreservation. The protocol A by 20% dimetilsulfóxido (DMSO), 40% Dulbecco's Modified Eagle's Médium (DMEM) and 40% autologus plasma, B protocol conatained 20% dimetilsulfóxido (DMSO), 40% Roswell Park Memorial Institute (RPMI) and 40% autologus plasma, the C protocol was composed 20 % dimetilsulfóxido (DMSO), 40% bovine fetal serum (SFB) e 40% autologus plasma, D protocol was made using 20% dimetilsulfóxido (DMSO) and 80% autologus plasma, E protocol was constituted by 5% dimetilsulfóxido (DMSO), 47,5% de Dulbecco's Modified Eagle's Médium (DMEM) and 47,5% autólogo plasma, the F contains 5% dimetilsulfóxido (DMSO), 47,5% de Roswell Park Memorial Institute (RPMI) and 47,5% autologo plasma, the protocol G was compoed by 5% dimetilsulfóxido (DMSO), 47,5% de bovine feta serum (SFB) and 47,5% autologus plasma and the H protocol was 5% dimetilsulfóxido (DMSO) and 95% autologus plasma. After flux citometer analyses, the most efficient protocol in criopreservation of the mononuclear cells of pigs was the protocol D which was composed the by the most amount of autologus plasma and crioprotectant.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Walkiria_F_Silva.pdf (4.03 Mbytes)
Data de Publicação
2008-04-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.