• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2006.tde-15012007-123505
Documento
Autor
Nome completo
Mônica Cristina Zandoná Meleiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Prada, Irvenia Luiza de Santis (Presidente)
Araujo, Adele Caterino de
Bombonato, Pedro Primo
Gomes, Cristina de Oliveira Massoco Salles
Kfoury Junior, José Roberto
Título em português
A influência do estresse experimentado por cavalos de corrida, em determinados momentos de sua rotina, sobre a função imune in vitro
Palavras-chave em português
Cavalos de corrida
Cortisol
Estresse
Exercício de alta intensidade
Função imune
Resumo em português
Embora os cavalos apresentem características excepcionais frente a situações de estresse na natureza, foi considerada a possibilidade do cavalo de corrida ser submetido, por vezes, a alguma situação de estresse, que afetasse sua saúde e bem estar. Foram verificadas alterações do número e da função de populações celulares implicadas com a defesa, principalmente neutrófilos e linfócitos. Trinta cavalos de corrida da raça puro-sangue inglês, locados no Jockey Club de São Paulo, na cidade de São Paulo, foram utilizados. Os animais foram divididos em dois grupos e as amostras de sangue foram coletadas em momentos diferentes da rotina dos animais. No grupo I, foram coletadas amostras onze dias antes da corrida (-11d), imediatamente após a corrida (0d), um dia após a corrida (+1d), dois dias após a corrida (+2d) e três dias após a corrida (+3d). Enquanto, no grupo II as amostras foram coletadas oito dias antes da corrida (-8d), imediatamente após a corrida (0d), um dia após a corrida (+1d) e cinco dias após a corrida (+5d). Foram realizados ensaios de fagocitose e burst oxidativo dos neutrófilos, determinação de cortisol sérico, ensaios de apoptose, linfoproliferação e hemograma. A função de fagocitose, tanto em porcentagem, quanto em intensidade, mostrou-se diminuída nas amostras coletadas imediatamente após a corrida, nos dois grupos de animais. Os valores médios de burst oxidativo das amostras coletadas imediatamente após a corrida, dos animais do grupo I apresentaram-se diminuídos. Não foram encontradas diferenças estatísticas significantes entre os resultados obtidos em relação às células apoptóticas, quando os diferentes momentos foram comparados; o mesmo ocorreu quando foi realizado o confronto dos valores do ensaio de linfoproliferação. Os valores médios dos níveis séricos de cortisol apresentaram-se aumentados no momento imediatamente após a corrida, em relação aos valores dos outros momentos, nos dois grupos de animais. Quanto aos dados de hemograma, houve aumento do número percentual de neutrófilos no momento imediatamente após a corrida quando foi realizada comparação com os demais momentos. Nos cavalos estudados, ainda que tenha sido encontrada uma diminuição transitória na função dos neutrófilos, a função adaptativa não chegou a ser acometida, que sugere que, embora se constitua em um exercício de alta intensidade, a fugacidade da corrida acabe por evitar danos maiores, em animais bem condicionados e adaptados a situações de estresse
Título em inglês
Influence of stress on in vitro immune function in Thoroughbred racehorses
Palavras-chave em inglês
Cortisol
High intensity exercise
Immune function
Racehorses
Stress
Resumo em inglês
Although horses can present exceptional responses during stress situations in nature, it was raised the possibility that racehorses under certain stress conditions could develop changes that may affect their health and welfare. Alterations of the number and function of cells that are involved with the defense response, mainly neutrophils and lymphocytes populations were verified. Thirty Thoroughbred racehorses housed at the Jockey Club de São Paulo, in São Paulo, Brazil, were used in the present study. The animals were divided in two groups and blood samples were collected at different moments of their routine. In group I, the samples were collected eleven days before race (-11d), immediately after race (0d), one day (+1d), two days (+2d) and three days after race (+3d). In group II, the samples were collected eight days before race (-8d), immediately after race (0d), one day (+1d) and five days after race (+5d). Phagocytosis assay and oxidative burst activity of neutrophils, serum cortisol determination, apoptosis and lymphocyte proliferation assay and haematology tests were performed. The percentage and intensity of phagocytosis functions decreased in samples collected immediately after race, in both groups of animals. The mean values of oxidative burst activity of samples collected immediately after race, from animals of group I also decreased. Statistically significant differences between the results were obtained in relation to the apoptotic cells, when compared on different moments and the same occurred in Relation to the lymphocyte proliferation values. The mean values of serum cortisol levels increased at the moment immediately after race when compared with the values of the other moments, in both groups of animals. In relation to the haematologycal values, the percentage of neutrophils was increased at the moment immediately after race when compared with the other moments. Even though a transitory reduction in the neutrophils function has occurred, the adaptive function was not impaired, which suggest that, in spite of the high intensity of this exercise, the short-term race can prevent further damages in well-conditioned and stress-adapted animals
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-02-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.