• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.10.2006.tde-28032007-152113
Documento
Autor
Nome completo
André Fernando Freire
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Binelli, Mario (Presidente)
Birgel Júnior, Eduardo Harry
Vasconcelos, José Luiz Moraes
Título em português
Desenvolvimento de um método de microlavagem para estudo do microambiente uterino em bovinos: efeitos na função luteínica, crescimento folicular e manutenção da prenhez inicial
Palavras-chave em português
Bovino
Cateter
Microambiente uterino
Progesterona
Útero
Resumo em português
Em bovinos, a mortalidade embrionária associada a falhas no processo de reconhecimento materno da prenhez atinge 30 a 40%. O sucesso da prenhez, depende de uma apropriada interação bioquímica entre o endométrio materno e o concepto. O objetivo dessa tese foi desenvolver uma técnica cirúrgica para monitorar o microambiente uterino de vacas cíclicas e prenhez nos dias 14 a 20 após o estro. Como objetivos específicos foram verificados se a implantação e a presença dos cateteres uterinos afetariam (1) a manutenção da prenhez, (2) a função luteal e (3) o desenvolvimento folicular. Em vacas holandesas, cíclicas e não lactantes, foram implantadas cateteres de silicone em cada corno uterino no segundo dia após o estro (fase preparatória). No dia 15 pós-estro os animais receberam uma injeção de D-clorprostenol e a ovulação foi confirmada por ultrasonografia transretal (US; dia experimental 1). No dia experimental 7, as vacas (n=6) receberam ou não (n=3) transferência de embriões via transcervical no corno uterino ipisilateral ao ovário contendo o corpo lúteo (CL). Nos dias experimentais 14, 16, 18 e 20, estruturas ovarianas foram avaliadas por US, e cada corno uterino foi lavado através dos cateteres implantados no lúmen uterino (três sessões de 6 ml cada). Amostras de sangue foram coletadas nos dias 1 a 20 da fase experimental e concentração de progesterona (P4) foi mensurada por radioimunoensaio. As vacas foram abatidas no dia experimental 20 e a prenhez diagnosticada por visualização macroscópica do concepto após a dissecação do útero. A taxa de presença do concepto no dia 20 experimental foi 0%. No dia experimental 7, um CL e um folículo grande (9 a 17 mm) estavam presentes nos ovários das vacas. A taxa de aumento da concentração de P4 entre os dias 1 a 5 foi de 0 ng/mL/dia em 7/9 vacas. Luteólise ocorreu antes do dia 15 em 3/9 vacas, entre os dias 16 e 20 foi 3/9, e após o dia 20 em 2/9 vacas. Não houve aumento de P4 na fase luteal em uma vaca. Foi verificado ovulação antes do dia 20 em 3/9 vacas. A taxa de aumento do último folículo dominante foi de 1,3mm/dia em 2/9 vacas e menor nos animais restantes. Cistos foliculares, CL sub-luteinizado e endometrite foram diagnosticados em 2/9, 2/9 e 1/9 vacas, respectivamente. Foi possível concluir que as alterações nas funções ovarianas e uterinas foram causadas pela presença e implantação dos cateteres e essas alterações foram incompatíveis com a manutenção da prenhez. A abordagem cirúrgica testada não foi adequada para estudar o microambiente uterino de vacas prenhez
Título em inglês
Development of a method of micro-washings to study the uterine microenvironment in cattle: effects on the luteal function, follicular growth and maintenance of early pregnancy
Palavras-chave em inglês
Catheter
Cattle
Progesterone
Uterine microenvironment
Uterus
Resumo em inglês
In cattle, embryonic mortality associated with failure in the process of maternal recognition of pregnancy reaches 30 to 40%. Successful pregnancies depend on appropriate biochemical interactions between the maternal endometrium and conceptus. Overall objective was to develop a surgical technique to probe the uterine microenvironment of cyclic and pregnant cows days 14 to 20 post- estrus. Specific objectives were to verify whether presence and operation of uterine catheters would affect (1) maintenance of pregnancy, (2) luteal function and (3) follicular growth. Non-lactating, cyclic, Holstein cows were fitted with a silicone catheter in each uterine horn on day 2 after estrus. On day 15 they received an injection of D-cloprostenol and ovulations were confirmed by transrectal ultrasonography (US; experimental day 1). On experimental day 7, cows received (n=6) or not (n=3) embryos by trans-cervical transfer to the uterine horn ipsilateral to ovary containing the corpus luteum (CL). On experimental days 14, 16, 18 and 20, ovarian strutures were observed by US and each uterine horn was washed through the catheter (three sessions of 6 ml each). Blood samples were collected from experimental days 1 to 20 and progesterone (P4) concentrations were measured by radioimmnoassay. Cows were slaughtered on experimental day 20 and pregnancies were diagnosed by macroscopic visualization of a conceptus after dissection of uterus. Conception rate at day 20 was 0%. On experimental day 7, both a CL and a large follicle (9 to 17mm) were present in ovaries of all cows. Rate of increase of P4 concentrations from days 1 to 5 was 0ng/ml/day in 7/9 cows. Luteolysis occurred before day 15 in 3/9 cows, between days 16 and 20 in 3/9 cows and after day 20 on 2/9 cows. No luteal phase rise in P4 was noticed for one cow. Ovulation before day 20 was verified in 3/9 cows. Rate of growth of the last dominant follicle was 1.3mm/day in 2/9 cows and less in the remaining. Follicular cysts, poorly luteinized CL and endometries were diagnosed in 2/9, 2/9 and 1/9 cows respectively. In summary, alterations in ovarian and uterine functions were caused by presence and operation of uterine catheters and such alterations were incompatible with maintenance of pregnancy. In conclusion, the surgical approach tested was not adequate for studyng the uterine microenvironment of pregnant cows
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-04-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.