• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2011.tde-25062012-172410
Documento
Autor
Nome completo
Lilian Mara Kirsch Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Cláudio Alvarenga de (Presidente)
Faria Junior, Sebastião Pereira de
Furtado, Priscila Viau
Madureira, Ed Hoffmann
Romano, Marco Aurélio
Título em português
Efeito da administração de hCG para indução de ovulação e estudo da dinâmica folicular no protocolo de nove dias de sincronização de estros em ovelhas Santa Inês
Palavras-chave em português
Folículo
Hormônio
Ovelha
Progesterona
Reprodução
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da administração de hCG na indução de ovulação e estudo da dinâmica folicular no protocolo de nove dias de sincronização de estros em ovelhas cíclicas da raça Santa Inês. O experimento foi dividido em duas etapas consecutivas. Na primeira etapa, em dia aleatório do ciclo estral (D0), 9 ovelhas receberam um novo dispositivo intravaginal de progesterona (Primer-PR®, Tecnopec, Brasil). Nove dias após (D9) o dispositivo foi retirado, administraram-se 30 µg de d-cloprostenol (Prolise®, Syntex, Argentina) e 250 UI de eCG (Folligon®, Intervet, Holanda). A partir deste momento, as ovelhas foram alocadas, aleatoriamente, a um de dois tratamentos: Grupo controle (GC) e Grupo hCG (GhCG). No GC, as ovelhas não receberam nenhum tipo de indutor de ovulação. No GhCG, 24 horas após a retirada do dispositivo, foram administrados, via i.m.,. 500 UI de hCG (Vetecor®,HertapeCalier, Espanha). Após um intervalo de 30 dias foi realizada uma réplica alternada do experimento (etapa 2), ou seja, as ovelhas que na primeira etapa estavam no grupo controle foram alocadas no grupo hCG e vice-versa. O delineamento estatístico utilizado foi o inteiramente casualizado com medidas repetidas no tempo. Houve regressão de todos os folículos presentes no início do tratamento e emergência da onda ovulatória, em média, 3,54±1,5 e 7.88±1.05 dias da colocação do dispositivo, respectivamente. Não houve diferença entre os grupos quanto ao diâmetro do primeiro folículo pré-ovulatório (GC: 5,78±0,30 mm vs. GhCG: 5,36±0,69 mm; P=0,09) e segundo folículo pré-ovulatório (GC: 5,41±0,85 vs. GhCG: 4,71±0,50; P=0,08) em ovelhas com ovulações duplas. Observou-se maior proporção (P=0.009) de comportamento de estro nos animais do GC (9/9) quando comparado ao GhCG (3/8). Não houve diferença significativa entre os grupos no intervalo médio entre retirada do dispositivo e início (47.4±15.0 no GC e 32.0±0.0 no GhCG, P=0.11) ou na duração do estro (36.22±18.57 h no GC e 38.6±30.6 h no GhCG, P=0.72). A concentração de progesterona sérica entre os dias D0 e D8 não diferiu estatisticamente (P=0.49) entre os grupos (CG:11.06±4.82 ng/ml vs GhCG: 9.74±4.37 ng/ml). As ovelhas do grupo hCG apresentaram menor intervalo entre retirada do dispositivo e ovulação (GC: 79,9±15,4 h vs. GhCG: 54,7±4,9 h; P=0,001). Além disso, os animais que receberam hCG tiveram as ovulações mais sincronizadas. Conclui-se que a administração de hCG antecipa e promove ovulações mais sincronizadas, o que pode ser importante para aumentar a eficiência da inseminação em tempo fixo.
Título em inglês
Effect of hCG administration for ovulation induction and follicular dynamics evaluation during a nine day estrus synchronization protocol in Santa Inês ewes
Palavras-chave em inglês
Ewe
Follicle
Hormone
Progesterone
Reproduction
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the effect of hCG administration for ovulation induction and assessment of follicular dynamics on a nine day estrus synchronization protocol in Santa Ines cycling ewes. The experiment was conducted in two consecutive steps. In a random oestrus cycle day (D0), 9 ewes received a new intravaginal progesterone device (Primer-PR®, Tecnopec, Brasil). Nine days after (D9), 30 µg of d-cloprostenol (Prolise®, Syntex, Argentina ) and 250 IU of eCG (Folligon®, Intervet, Holanda) were administered and the progesterone device was removed. After this procedure, the ewes were randomly assigned to one of two treatments: Control Group (CG) and hCG Group (hCGG). In CG, ewes did not receive any ovulation inductor. In hCGG, 500 IU were administered (Vetecor®,HertapeCalier-Spain), intramuscular, 24 hours after device removal. After a 30 day interval, a replicate of the experiment was performed (phase 2), in which control group animals were allocated into hCG group and vice versa. In this study a randomized experimental design was used with repeated measures over time. In the present study it was observed regression of all follicles present on the day of device insertion and follicular wave emergence occurred averagely 3,54±1,5 and 7.88±1.05 days after device insertion, respectively. There was no difference between groups regarding the first preovulatory follicle diameter (CG: 5.78±0.30 mm vs. hCGG: 5.36±0.69 mm; p=0.09) and the second preovulatory follicle (CG: 5.41±0.85 vs. hCGG: 4.71±0>0.50; P=0.08) for ewes with double ovulations. CG animals showed a higher proportion of estrus behavior (P=0.009) than hCGG. There was no difference between groups regarding average interval from device removal and estrus onset (CG:47.4±15.0 and hCGG: 32.0±0.0, P=0.11) or on estrus duration (36.22±18.57 h on CG and 38.6±30.6 h on hCGG, P=0.72). Serum progesterone concentration between D0 and D8 did not differ (P=0.49) between groups (CG: 11.06±4.82 ng/ml and hCGG: 9.74±4.37 ng/ml). hCG group ewes had smaller interval between device removal and ovulation (CG: 79.9±15.4 h vs. hCGG: 54.7±4.9 h; P=0.001). Animals given hCG had more synchronized ovulations. It can be concluded that hCG administration hastens and improves ovulatory synchronization, which could be important to increase fixed time insemination efficiency.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-09-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.