• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.10.2018.tde-15062018-163055
Documento
Autor
Nome completo
Kleber Menegon Lemes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2017
Orientador
Banca examinadora
Madureira, Ed Hoffmann (Presidente)
Arruda, Rubens Paes de
Maturana Filho, Milton
Pugliesi, Guilherme
Silva, Luciano Andrade
Título em português
Comparação da eficiência de diferentes formulações à base de progesterona para indução da puberdade e desempenho reprodutivo em novilhas da raça Nelore
Palavras-chave em português
Ciclicidade
Novilhas de corte
Pré-púbere
Precocidade
Prenhez
Resumo em português
Foram avaliadas diferentes formulações à base de progesterona (P4) para indução da puberdade e desempenho reprodutivo em novilhas da raça Nelore. Ao início do protocolo (D0), os animais (n=400; 13,5 ± 0,05 meses e 241,49 ± 1,50kg) foram distribuídos entre os grupos CT (Controle; sem tratamento; n=122), DI (Dispositivo Intravaginal; n=117) e IN (150 mg P4 injetável de longa ação; n=118). Dez dias (D10) após, os grupos tratados receberam 1 mg de benzoato de estradiol (BE) e 150 µg de PGF2α. Após doze dias (D22), todos os animais foram submetidos a protocolos de IATF e avaliados quanto à presença de CL (taxa de ovulação ao protocolo de indução da puberdade). Neste momento, todos os animais receberam um DI de P4 (1 g) e 2 mg de BE. Oito dias e meio após, os DI foram removidos e administrados 1 mg de BE, 150 µg de PGF2α e 300 UI de eCG. A IATF foi realizada no D10. Foram avaliadas características de desenvolvimento ovariano e uterino, assim como o desempenho reprodutivo após dois protocolos de IATF consecutivos. Houve aumento (P < 0,05) do FD nos animais do grupo IN no D10, assim como maior (P < 0,05) diâmetro ovariano nos grupos DI e IN no D22. O tônus e diâmetro uterino foram superiores (P < 0,05) no D10 nos grupos tratados e permaneceram superiores até o início do protocolo de IATF (D22). Adicionalmente, o tônus e diâmetro uterino no grupo IN foram superiores (P < 0,05) ao grupo DI no mesmo período. Houve aumento (P < 0,05) na taxa de indução da puberdade nos animais tratados (DI = 63,25a% e IN = 68,64a%) quando comparados ao grupo CT (4,92b%). Foram observados maior diâmetro (P < 0,05) do FD no D8,5 nos grupos tratados (DI e IN) e tendência (P < 0,10) de aumento no FD no momento da IATF no grupo IN quando comparado ao grupo CT. Houve aumento (P < 0,05) na taxa de concepção à 1ª IATF no grupo IN (42,74%) quando comparado aos grupos CT (24,59%) e DI (26,49%). No entanto, não houve diferença (P > 0,05) na taxa de concepção à 2ª IATF, taxa de concepção acumulada, taxa de prenhez final, perda gestacional entre o DG30 e DG60 ou após o DG60. Desta forma, a utilização de P4 para indução da puberdade em novilhas Nelore é um tratamento eficaz, assim como aumenta o desenvolvimento do aparelho reprodutivo nos animais tratados. A utilização de P4 injetável de longa ação é uma alternativa aos tratamentos utilizados rotineiramente (dispositivos intravaginais) para indução da puberdade em novilhas, além de ser uma ferramenta de menor custo e maior praticidade de manejo, contribuindo também com a questão sanitária do rebanho. O tratamento com P4 para indução da puberdade aumenta a taxa de ciclicidade ao início do protocolo de IATF, porém, não aumenta a taxa de concepção acumulada, taxa de prenhez final e taxa de perda gestacional após a IATF. No entanto, houve aumento na taxa de concepção à 1ª IATF em animais tratados com P4 injetável de longa ação, antecipando o momento da concepção durante a EM. Desta forma, é possível reduzir a idade ao primeiro parto para os 2 anos em novilhas Nelore, possibilitando também uma forma indireta de seleção para precocidade sexual nestes animais com maior potencial genético dentro do rebanho.
Título em inglês
Effect of different progesterone sources on the induction of puberty and reproductive performance in Nelore heifers
Palavras-chave em inglês
Beef Heifers
Cyclicity
Precocity
Pregnancy
Prepubertal
Resumo em inglês
Different progesterone (P4) sources were evaluated for induction of puberty and reproductive performance in Nelore heifers. At the beginning of the protocol (D0), animals (n=374, 13.5 ± 0.05 months and 241.49 ± 1.50 kg) were distributed in CT (Control; without treatment; n=122), ID (Intravaginal Device, n=117) and IN (150 mg long-acting injectable P4, n=118) groups. Ten days (D10) after, the treated groups received 1mg of estradiol benzoate (BE) and 150 µg of PGF2α. Twelve days (D22) after, all animals were submitted to FTAI protocols and evaluated for the presence of CL (ovulation rate after the protocol for induction of puberty). At this moment, an ID (1 g of P4) was placed in all animals plus 2 mg of BE. Eight and a half days later, IDs were removed and 1 mg of BE, 150 µg of PGF2α and 300 UI of eCG were administered. FTAI was performed on D10. Characteristics of ovarian and uterine development were evaluated as well reproductive performance after two consecutive FTAI protocols. An increase (P < 0.05) of FD diameter was observed in the animals of the IN group in D10, as well a greater (P < 0.05) ovarian diameter in ID and IN groups in D22. The uterine tone and diameter was higher (P < 0.05) on D10 in treated groups and remained greater until the beginning of the FTAI protocol (D22). In addition, the uterine tone and diameter in the IN group was higher (P < 0.05) than the ID group in the same period. There was an increase (P < 0.05) on the induction of puberty in treated animals (ID = 63.25a% and IN = 68.64a%) when compared to CT group (4.92b%). A greater diameter (P < 0.05) of the FD in the D8.5 was observed in the treated groups (ID and IN) and a trend (P < 0.10) of increase in the FD at the moment of the FTAI in the IN group when compared to the CT group. There was a higher (P < 0.05) conception rate at the 1st FTAI in the IN group (42.74%) when compared to the CT (24.59%) and ID (26.49%) groups. However, there was no difference (P > 0.05) in the conception rate at the 2nd FTAI, cumulative conception rate, final pregnancy rate, gestational loss between DG30 and DG60 or after DG60. Thus, the use of P4 to induce puberty in Nellore heifers is an effective tool, as well enhances the development of the reproductive tract in treated animals. The use of long-acting injectable P4 is an alternative to commonly used treatments (intravaginal devices) to induce puberty in heifers, as well as being a lower cost and greater practicality tool of management, also contributing to the sanitary issues of the herd. Treatment with P4 for induction of puberty increases the rate of cyclicity at the start of the FTAI protocol, but does not increase the cumulative conception rate, final pregnancy rate, and gestational loss rate after FTAI. However, there was an increase in the conception rate at the 1st FTAI in animals treated with long-acting injectable P4, anticipating the moment of conception during BS in these animals. Thus, it is possible to reduce the age at first calving for 2 years in Nelore heifers, also allowing an indirect selection tool for sexual precocity in these animals with greater genetic potential within the herd.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.