• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis de Habilitación
DOI
10.11606/T.48.2015.tde-04032015-143155
Documento
Autor
Nombre completo
José Sergio Fonseca de Carvalho
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2013
Tribunal
Souza, Maria Cecilia Cortez Christiano de (Presidente)
Bertran, Josefina Birulés
Patto, Maria Helena Souza
Silva, Adriano Correia
Silva, Franklin Leopoldo e
Título en portugués
Educação: uma herança sem testamento
Palabras clave en portugués
Autoridade
Filosofia da educação
Hannah Arendt
Política e educação
Resumen en portugués
Embora voltada prioritariamente para o campo do pensamento político, a obra de Hannah Arendt tem despertado grande interesse entre educadores, intelectuais e profissionais de educação nas últimas décadas. Essa notável repercussão de seu ensaio sobre a crise da educação pode ser atribuída, ao menos em parte, à originalidade de sua perspectiva analítica e ao vigor de suas críticas ao projeto de modernização da educação. Suas reflexões sobre esse tema, conquanto escassas e esparsas, representam uma radical inovação em relação à forma pela qual os discursos pedagógicos tendem a analisar, por exemplo, os vínculos entre educação e política ou o problema do significado da autoridade como elemento estruturador das relações educativas. Por outro lado, por suporem uma razoável familiaridade com sua complexa rede teórica e conceitual, muitas das alegações apresentadas em seu ensaio sobre A crise na educação têm sido frequentemente sujeitas a toda sorte de controvérsias e incompreensões. A presente obra procura elucidar a trama conceitual subjacente aos esforços de Arendt no sentido de compreender o impacto da ruptura da tradição na tarefa precípua da educação: a iniciação dos mais jovens em um mundo comum de heranças simbólicas e materiais cujo cultivo representa, simultaneamente, um compromisso com sua durabilidade pública e uma condição para sua renovação. Mas os ensaios aqui reunidos não se limitam a dar um panorama de suas reflexões sobre o tema. Eles incidem ainda sobre um complexo conjunto de problemas que emergem do diálogo entre a leitura das obras de Arendt e os dilemas, impasses e incertezas da experiência de educar e formar professores no mundo contemporâneo. Por essa razão, neles convoco outros pensadores e evoco novos acontecimentos, sempre com o propósito de expandir as reflexões de Arendt a campos e territórios aos quais elas originalmente não se destinavam, como no caso dos vínculos entre a atividade educativa e a liberdade ou no do sentido da formação humanista na constituição do sujeito e em sua inserção no domínio público. Mais do que ao conteúdo literal de seus escritos sobre o tema, procuro ser fiel à atitude para a qual as reflexões de Arendt nos convidam: o exercício do pensamento como forma de se reconciliar com a experiência de viver em um mundo no qual o passado cessou de lançar luz sobre o futuro e os homens se veem compelidos a buscar novas categorias para compreender sua condição presente.
Título en inglés
Education: an inheritance without a testament
Palabras clave en inglés
Authority
Hannah Arendt
Philosophy of education
Politics and education
Resumen en inglés
Although linked primarily to the field of political thought, Hannah Arendt's writings has arisen great interest among educators in recent decades. This remarkable impact of her essay on the crisis in education can be attributed, at least partially, to the originality of her analytical perspective and to the strength of her criticism of modern pedagogies. Her reflections on education, although rare, represent a radical innovation in relation to how the pedagogical discourses tend to analyze, for example, the links between education and politics or the problem of the significance of authority as a structuring element in educational relationships. In spite of this growing influence of her thought on educational matters, many of her arguments have been misunderstood due to the fact that they presuppose a deep familiarization with her complex theoretical perspective and conceptual network. The present research aims at elucidating the underlying conceptual frame to Arendt's efforts to understand the peculiar impact that the breaking up of tradition has had on education in its specific task: the initiation of the young ones (the new-comers) in a common material and symbolic inheritance, whose commitment implies an effort to renew to give durability to our common world. But more than just commenting her reflections on education, the essays here gathered also intend to analyze a complex set of problems that emerge from the dialogue between the reading of the works of Arendt and dilemmas and problems of educating children and train teachers in contemporary world. Therefore, they evoke other philosophers and experiences, always with the purpose of expanding the reflections of Hannah Arendt to new fields and problems, such as the links between educational activity and freedom or the meaning of humanistic education. More than the literal content of her writings on the subject, I have tried to be faithful to the attitude for which Arendt's reflections invite us: the exercise of thought as a way to reconcile ourselves with the experience of living in a world in which the past ceased to shed light on the future and we find themselves compelled to seek new categories and concepts to understand our present condition.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2015-04-17
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.