• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
DOI
https://doi.org/10.11606/T.47.2019.tde-12062020-225803
Documento
Autor
Nome completo
Briseida Dôgo de Resende
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Banca examinadora
Chaline, Nicolas Gerard (Presidente)
Araújo, Arrilton
Pedrosa, Maria Isabel Patricio de Carvalho
Sekkel, Marie Claire
Tokumaru, Rosana Suemi
Título em português
Etologia, cognição e sistemas em desenvolvimento
Palavras-chave em português
Brincadeira
Cognição corporeada
Psicologia comparada
Resumo em português
Nesta tese de livre-docência, utilizando a abordagem etológica, discuto o papel ativo dos indivíduos nos processos de desenvolvimento pelos quais passam, considerando tanto a ontogênese de cada um como processos sociais e filogenéticos, focando especialmente em cognição. Para isso, proponho rever a divisão entre "biológico" e "ambiental". Serão trazidos conceitos como construção de nicho, nicho de desenvolvimento, corporeamento, affordances e percepção-ação, utilizados para compreender aspectos do desenvolvimento motor e da aprendizagem social em primatas. Estas reflexões são articuladas com a proposta do uso da abordagem etológica como instrumento que potencializa a tomada de decisões. A tese está organizada em três capítulos: no primeiro, trago conceitos centrais que embasam a Teoria de Sistemas em Desenvolvimento e a Síntese Estendida da Biologia, e defendo que a ideia de superação da animalidade humana em decorrência da existência de símbolos e cultura é tão equivocada quanto a defesa de programas comportamentais estipulados geneticamente e selecionados para um ambiente que já não existe: estes dois extremos têm a mesma origem no pensamento ocidental que separa os seres humanos dos outros elementos ambientais. Este texto clama pela necessidade de um acerto de contas entre a Biologia e as Ciências Humanas para avançar nas conquistas em questões delicadas, como a sexualidade e sustentabilidade, por exemplo. No segundo, a partir do pensamento sistêmico, trato sobre cognição, trazendo a Psicologia Ecológica e a abordagem da Percepção-Ação para discutir desenvolvimento e aprendizagem de comportamentos cognitivos complexos apresentados por macacos-prego (Sapajus sp) e sua relação com a construção de nicho. No terceiro capítulo, estendo a discussão sobre exploração e uso de objetos. A partir do pensamento sistêmico, trago uma reflexão sobre o conceito de brincadeira na etologia, sobre o tempo dedicado ao brincar em nossa sociedade, os impactos no desenvolvimento
Título em inglês
Ethology, developmental systems and cognition
Palavras-chave em inglês
Comparative psychology
Embodied cognition
Ethology
Play
Resumo em inglês
In this dissertation, I discuss cognition and the active role of individual in developmental process through ethological lens, considering ontogenesis as a social and phylogenetic processes . I propose reviewing the "biological" and "environmental" dichotomy. I present concepts such as niche construction, developmental niche, embodiment, affordances and perception-action, used in the comprehension of motor development aspects and social learning in primates. These reflections are articulated with the proposal of using the ethological approach as a tool for decision making. There are three chapters: in the first one, I present central concepts that underlie the Theory of Developing Systems and the Extended Synthesis of Biology. I argue that the idea of overcoming human animality due to the existence of symbols and culture is so mistaken as the defense of genetically stipulated behavioral programs selected for an environment that no longer exists: these two extremes have the same origin in Western thinking that separates humans from other environmental elements. I call out for a settlement between Biology and the Humanities to move on in delicate issues, such as sexuality and and sustentability, for example. The second chapter is about cognition using a systemic approach (Ecological Psychology and the Perception-Action approach). I discuss development and learning of complex cognitive behaviors of capuchin monkeys (Sapajus sp) and their relation with niche construction. In the third chapter, I extend the discussion about exploration and use of objects through a systemic consideration about the concept of play in ethology, on the time devoted to play in our society, and on the impacts of play on development
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Resende_ld.pdf (1.64 Mbytes)
Data de Publicação
2020-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.