• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Habilitation à Diriger des Recherches
DOI
10.11606/T.46.2012.tde-17092012-143527
Document
Auteur
Nom complet
Paschoal Ernesto Americo Senise
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2012
Jury
Hauptman, Heinrich (Président)
Feigl, Fritz
Ferri, Mário Guimarães
Lourenco, Oscar Bergstron
Maffei, Francisco João Humberto
Titre en portugais
Sobre a reação entre ions de cobalto(II) e ions azoteto
Mots-clés en portugais
Autoxidação de Co(II)
Espectrofotometria
Reação cobalto azoteto
Reações químicas
Redox induzida de S(IV)
Soluções aquosas
Resumé en portugais
1 - É descrita a reação entre ions de cobalto e ions azoteto. Verifica-se que a coloração violeta de soluções aquosas pode passar a azul pela adição de alcoois ou de acetona, de maneira semelhante ao que ocorre na conhecida reação de VOGEL, entre ions tiociânicos e de cobalto. 2 - São estudadas as características principais da reação, tanto em solução aquosa, como em meio aquoso-orgânico, sendo o efeito de vários fatores controlado, principalmente por via espectrofotométrica. Das propriedades observadas destacam-se, em contraste com a reação de VOGEL, a não extractibilidade da côr por solventes orgânicos e a auto-oxidabilidade das soluções. 3 - A natureza das soluções aquosas é pesquisada por métodos espectrofotométricos diversos e em condições diferentes, sendo provada a existência do ion complexo [Co(N3)]+ como primeiro produto da reação e demonstrada a possibilidade de formação de compostos mais ricos em N3-, com indicações que levam a admitir uma proporção máxima de 1:4 de Co++ para N3-. 4 - Soluções aquoso-acetônicas, estabilizadas com ácido ascórbico, são submetidas à análise espectrofotométrica, provando-se a existência nas soluções azuis de um ion complexo de Co++ e N3-, na proporção de 1:4. 5 - São isolados de soluções aquosas, mediante o emprego de sais de fosfônio e de arsônio, os compostos [Co(N3)4] [(C6H5)4P]2 e [Co(N3)4] [(Co6H5)4As]2 e é provada a identidade dos espectros de absorção dessas substâncias em solução acetônica com os das soluções azuis, mencionadas no item anterior. 6-É determinado o valor aproximado da constante de estabilidade do cation [Co(N3)]+ por meio de dois métodos espectrofotométricos independentes. 7 - É examinado o fenômeno da oxidabilidade das soluções de ions de cobalto(II) contendo excesso de ions N3- e é aplicado o método da variação contínua no estudo espectrofotométrico de soluções oxidadas, tendo como solventes água-álcool metílico e água-acetona. São obtidos resultados diferentes nos dois casos, mas que mostram a possibilidade de formação de vários complexos, na proporção de cobalto para azoteto de 1:3, 1:4, 1:5 e 1:6. 8 - É isolado, de soluções oxidadas, com o auxílio de cloridrato de quinina, um composto que à análise revela a fórmula [Co(N3)6] [C20H25N202]3. 9- É focalizada a ação de sulfitos como aceleradores da oxidação de soluções de ions Co++ e N3-, explicando-se o fenômeno em termos de uma oxidação induzida pela auto-oxidação do SO2. 10 - São discutidas algumas possibilidades de aplicação analítica e elaboradas provas de toque para a identificação microanalítica de cobalto e de sulfitos, baseadas no processo citado no item precedente.
Titre en anglais
On the reaction between cobalt(II) and azide ions
Mots-clés en anglais
Aqueous solutions
Autoxidation
Chemical reactions
Co(II)
Cobalt azide reaction
Induced redox of S(IV)
Spectrophotometry
Resumé en anglais
Abstract not available.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2012-10-04
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.