• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
DOI
10.11606/T.44.2013.tde-31072013-150228
Documento
Autor
Nome completo
Joel Barbujiani Sigolo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1998
Banca examinadora
Carvalho, Adilson (Presidente)
Cerri, Carlos Clemente
Gutz, Ivano Gebhardt Rolf
Lacerda, Luiz Drude de
Melfi, Adolpho Jose
Título em português
Aplicação da geoquímica de superfície na análise da mobilidade e concentração de metais pesados em ambiente tropical
Palavras-chave em português
Geoquímica
Resumo em português
As técnicas de investigação aplicadas em Geoquímica de Superfície são aqui utilizadas com a finalidade de demonstrar a importância de seu emprego na detecção de mecanismos de contaminação ambiental envolvendo a concentração e dispersão de metais pesados. O enfoque aplicado deteve-se ao estudo de metais pesados distribuídos sobre solo de origem tropical associados por um lado com resíduos de tratamento industrial e por outro com lodos de estação de tratamento de esgoto. Quatro casos distintos de resíduos contaminados e solos associados encontram-se descritos, envolvendo amostragens por tradagem seletiva e coleta de amostras indeformadas em poços de pesquisa. Em um dos casos foram coletadas amostras de águas pluviais e de águas obtidas em lisímetros. Todas amostras obtidas passaram por análises granulométricas qualitativas, determinação mineral por difratometria de raios X, identificação mineral e textural dos solos e resíduos por microscopia óptica convencional e emprego de análise micromofológica em microscópio óptico e em microscópio eletrônico de varredura. Neste último caso fragmentos de solos e de resíduos também foram analisados quanto as suas morfologias e texturas. A grande maioria das amostras foi submetida a análises químicas totais, em que o objeto principal de detecção são metais como ferro, alumínio e manganês, pela importância e freqüência com que ocorrem em solos tropicais e, cobre, chumbo, zinco, cádmio, molibdênio e cromo, por representarem elementos que exibem toxicidade aos seres vivos quando encontrados em elevadas concentrações. Amostras de solos e de resíduos contaminados foram submetidos também a análises químicas qualitativas por EDS. Em um dos casos analisados foram também dosados cátions e ânions em amostras de águas pluviais e de lisímetros instalados no solo e nos resíduos. A aplicação desses procedimentos nos casos apresentados permitiram coligir dados que favorecem a caracterização do comportamento geoquímicos dos metais pesados escolhidos para investigação. Morfologias concêntricas de origem orgânica e inorgânica identificadas e presentes nos solos e nos resíduos, representam armadilhas importantes no aprisionamento de metais pesados. Essas morfologias, quando de origem inorgânica, constituem-se dominantemente de hidróxidos de ferro. Parte importante dos metais pesados analisados nos resíduos e nos solos encontram-se sobre formas solúveis ou formas passíveis de solubilidade, permitindo sejam os metais lixiviados quando há abundância de água no solo e/ou resíduos e, precipitados quando da ausência de água. Inúmeras evidências demonstram que o lençol freático exerce importante influência na concentração e mobilidade dos metais pesados. Em alguns dos casos analisados, no contato superior do lençol freático, os teores de metais analisados decrescem. Embora haja clara correlação entre o comportamento da maioria dos metais pesados com as frações granulométricas mais finas, como mencionado na maioria das referências que tratam do assunto, é na fração silte e não na fração argila que ocorrem as melhores correlações entre metais pesados e frações granulométricas de solos e resíduos. As amostragens dos solos e resíduos na forma de seções permitiram evidenciar a existência de transporte e deposição atmosférica de partículas contendo metais pesados, os quais contaminam os primeiros centímetros de solo nas áreas situadas ao redor de atividades industriais. Alguns resíduos apresentam elevada interação com o solo e o lençol freático, enquanto outros mantem-se inertes, mesmo diante da agressividade do ambiente tropical. Finalmente a conjugação de coleta seletiva de amostras com análises químicas totais e pontuais mostraram-se ferramenta poderosa na identificação de diferentes características, tanto do resíduo como dos solos impactados.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
Not available.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-08-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.