• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
DOI
10.11606/T.44.2013.tde-24092013-101858
Documento
Autor
Nome completo
Adolpho Jose Melfi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1971
Banca examinadora
Leinz, Viktor (Presidente)
Franco, Rui Ribeiro
Freitas, Ruy Osorio de
Levi, Franco
Ribeiro Filho, Evaristo
Título em português
Influencia da silica na evolução dos geles amorfos de ferro (iii): estudo experimental simulando condições tropicais úmidas e bem drenadas
Palavras-chave em português
Geoquímica
Resumo em português
O presente trabalho procura caracterizar, por meio de um estudo experimental levado a efeito.em laboratório, o comportamento evolutivo de geles férricos e ferrissilícicos amorfos em condições de drenagem intensa. Tais produtos, relativamente comuns em certos sedimentos e solos, sobretudo tropicais, são mal conhecidos, sendo ainda válidas algumas questões a seu respeito, tais como: qual a sua origem? Como evoluem? Porque motivo podem conservar-se no estado amorfo? A fim de abordar estes problemas procuramos reproduzir no laboratório as condições existentes na superfície da Terra, sob as quais a evolução dos materiais se processa. Para isso foi utilizado o modelo experimental adotado por PEDRO, 1964 – Extrator tipo Soxhlet – que reproduz, com êxito, em pequena escala, o ciclo da água na natureza. Com base nos resultados obtidos, a evolução dos geles fica caracterizada pelos seguintes fatos: a) uma lixiviação intensa e contínua, com soluções insaturadas (água destilada ou água mais ou menos acidulada pelo gás carbônico) sôbre produtos férricos amorfos conduz, necessàriamente, a formação de hematita e ou goethita. Os geles ferrissilícicos sofrem intensa dessilicificação, individualizando também uma fase cristalina (hematita). Desta maneira, os constituintes amorfos férricos ou ferrissilícicos encontrados na natureza são instáveis e devem ser considerados como formas transitórias. b) por outro lado, em ambientes enriquecidos em sílica, os produtos amorfos, sejam êles férricos ou ferrissilícicos, não sofrem nenhuma transformação química e mineralógica; desta forma, a sílica apresenta um efeito inibidor à cristalização, do mesmo modo que a matéria orgânica, cuja ação inibidora é conhecida de longa data. Tal fato nos leva a concluir que a drenagem não é, por si só, um agente importante na alteração superficial, sendo decisiva a composição química das soluções alterantes.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
Not available.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.