• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Habilitation à Diriger des Recherches
DOI
10.11606/T.23.2009.tde-19112009-151500
Document
Auteur
Nom complet
Maria Cristina Zindel Deboni
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2009
Jury
Campos, Antonio Carlos de (Président)
Cirino, Luis Marcelo Inaco
Homem, Maria da Graca Naclerio
Lima, Jose Roberto Sa
Salata, Luiz Antonio
Titre en portugais
Antissepsia de alvéolos pós-exodontia empregando irrigações trans-operatórias de solução de ozônio diluído em água.
Mots-clés en portugais
Água ozonizada
Antissépticos
Exodontia
Irrigações cirúrgicas
Ozônio
Resumé en portugais
O emprego de irrigações trans-operatórias é um procedimento importante durante uma cirurgia e tem como finalidade a diminuição de microorganismos ou a remoção de corpos estranha que possam interferir negativamente com o processo de reparação tecidual. As feridas pós-exodontias são potencialmente infectadas pelos microrganismos que em geral se apresentam no interior dos alvéolos e no periodonto dos dentes que serão avulsionados. Em geral esta microbiota é composta por microorganismos aeróbicos e anaeróbicos normais da boca. O presente estudo teve o objetivo de avaliar diminuição da contagem bacteriana do interior de alvéolos pós exodontia após irrigações empregando de solução de ozônio diluído em água deionizada (100ml) na concentração de 4ppm comparativamente a irrigações com igual volume de água deionizada sem a presença de ozônio. Foram realizadas 93 exodontias múltiplas em 23 pacientes onde as irrigações no grupo I (com água deionizada) e no Grupo II (com água ozonizada) foram praticadas no mesmo individuo de forma aleatória e em alvéolos homólogos bilateralmente. Amostras do conteúdo bacteriano foram colhidas de forma asséptica de cada alvéolo nos momentos pré e pós operatório em cada grupo. O cultivo bacteriano foi realizado em aerobiose e anaerobiose até 3 horas do pós-operatório e as diferenças e diminuições das médias das Unidades formadoras de colônias bacterianas por mL (UFCs/mL) foram consideradas em cada grupo e período. Os dados foram submetidos a estudo estatístico pelo Método de Wilcoxon com nível de significância de 5%. Foi ainda realizada avaliação dos dados clínicos quanto ao processo de reparo tecidual de cada ferida pós-exodontia e a quantidade de medicação analgésica que cada paciente fez uso. Os resultados mostraram que não houve diferença estatística significante entre os grupos I e II quanto a diminuição das unidades Formadoras de Colônias entre os períodos pré e pós-irrigações tanto em aerobiose como em anaerobiose. Foi fato que as irrigações, independentes do tipo de solução empregada, foram significantes na redução das bactérias anaeróbias. Clinicamente a queixa mais freqüente dos pacientes foi o odor e ligeira ardência durante a utilização da água ozonizada. Em nenhum dos casos houve retardo no processo de reparação tecidual comparativamente entres os alvéolos do grupo I e II. O consumo de medicação analgésica foi semelhante em todos os pacientes independente do grupo. O estudo dentro dos limites metodológicos empregados permitiu concluir que o ozônio diluído em água não demonstrou efeito antibacteriano maior, mas não provocou efeito desfavorável no processo de reparo tecidual após oito dias de pós-operatório sendo, portanto seguro como antisséptico trans-operatório.
Titre en anglais
Antiseptic effect of surgical irrigation employing ozonated water on tooth extraction sockets.
Mots-clés en anglais
Antiseptics
Ozonated water
Ozone
Surgical irrigations
Tooth extraction
Resumé en anglais
Surgical irrigations are important procedures to reduce quantity of bacteria and other microbial or strange bodies in wounds in order to goal better wound healing process. Tooth sockets are potentially infected with anaerobes and aerobics native habitants of the oral cavity. The present study had the propose of evaluate the bacteria content reduction from inside tooth extractions sockets after irrigations employing 100ml of deionized water (Group 1) comparing to irrigations with equal volume of ozone diluted in deionized water at 4 ppm of concentration (Group 2). Ninety three teeth multiple extractions were performed in twenty three patients at whom irrigations of group 1 and 2 were performed in randomly in the same patient at homologous bilaterally teeth socket. Samples of bacterial alveolar content were collected aseptically at pre and post-operative moments in each group. Bacterial were submitted to aerobics and anaerobiosis cultures at the maximum of 3 hours after collection. Differences and diminishing means of Colony Forming Units per mL (CFUs/mL) were considered in each group and period. Data was submitted to statistical analysis by Wilcoxon Method considering the level 5% of significance. It was also evaluated observational clinical data taking into account the wound healing process and analgesic post-operative medication used by the patients. The results have shown that there were not significant differences at the Colony Forming Units reduction between the groups independently of aerobic (p=0.983) or anaerobiosis cultures (p=0469). Irrigation per se, was important to lessen preferentially anaerobes (Group 1, p= 0,001 e Group 2, p=0,008). Clinically the most frequent complaint was the odor and the acridness of ozonated water. At no case wound healing was delayed. Analgesic consume was similar in all patients. The presence of ozone in water did not lead to a higher antimicrobial action. Since any unfavorable effect on healing was observed it is a safe antiseptic solution for intra-operative irrigations.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2009-12-17
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.