• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.99.2012.tde-25052012-133350
Documento
Autor
Nombre completo
Pablo Secato Fontoura
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2012
Director
Tribunal
Cardoso, Marly Augusto (Presidente)
Chieffi, Pedro Paulo
Scopel, Kézia Katiani Gorza
Título en portugués
Soroprevalência, fatores associados e distribuição espacial de infecção por Toxocara spp. em crianças de Acrelândia, Acre, Amazônia Ocidental Brasileira
Palabras clave en portugués
Amazônia Ocidental Brasileira
Crianças
Distribuição espacial
Inquérito transversal
Toxocara spp.
Resumen en portugués
A infecção em seres humanos por larvas de nematódeos do gênero Toxocara é uma antropozoonose endêmica em diversas localidades com prevalências superiores a 50% em diferentes grupos populacionais, tanto em países em desenvolvimento como nos desenvolvidos. O presente estudo avaliou a prevalência, fatores associados e distribuição espacial de infecção por Toxocara spp. em crianças residentes na área urbana de Acrelândia, Acre, Amazônia Ocidental Brasileira. Conduziu-se um estudo transversal de base populacional com 1112 crianças <11 anos de idade. Informações socioeconômicas e demográficas foram obtidas por meio de questionário estruturado. Medidas antropométricas e coleta de amostras biológicas (sangue e fezes) foram realizadas pela equipe de pesquisa. A avaliação de soroprevalência da infecção por Toxocara spp. utilizou o método imunoensaio enzimático (ELISA). Registraram-se as coordenadas geográficas pontuais de todos os domicílios participantes do inquérito para análise espacial de varredura. Razões de prevalência (RP; intervalo com 95% de confiança, IC95%) para fatores associados à antropozoonose foram estimadas por regressão de Poisson com seleção hierárquica das variáveis independentes. Verificou-se soroprevalência geral de 38% para anticorpos IgG anti-Toxocara spp.; crianças 5 anos de idade apresentaram maior prevalência para infecção por Toxocara spp., estatisticamente significante, em relação aos de menor faixa etária (RP, 1,70; IC95%, 1,442,00). Ausência de tratamento para água de beber (RP, 1,38; IC95%,1,111,71), deficiência de vitamina A (RP, 1,47; IC95%, 1,221,78) e presença de geo-helmintos (RP, 1,57; IC95%, 1,251,98) foram positivamente associados à infecção pelo nematódeo. Em contrapartida, maior quarto do índice de riqueza domiciliar (RP, 0,65; IC95%, 0,510,83) e maior escolaridade materna (RP, 0,71; IC95%, 0,580,88) foram inversamente associados à infecção por Toxocara spp. Presença de cão e/ou gato nas residências não foi associada à infecção pelo nematódeo. Análise da distribuição espacial detectou um aglomerado de baixa prevalência para infecção por Toxocara spp. na área investigada, compreendendo 36,0% das crianças com sorologia negativa para o nematódeo. Os resultados indicam que a prevalência da infecção por Toxocara spp. observada no presente estudo foi semelhante ao descrito em estudos anteriores na região da Amazônia Brasileira, mas superiores às observadas nas regiões sul e sudeste do país e em outros países. A avaliação de fatores associados à infecção por Toxocara spp. permitiu a identificação de grupos populacionais prioritários para intervenções no município estudado.
Título en inglés
Seroprevalence, factors associated, and spatial distribution of Toxocara spp. infection in children living in Acrelândia, Acre, Western Brazilian Amazon
Palabras clave en inglés
Children
Cross-sectional study
Spatial distribution
Toxocara spp.
Western Brazilian Amazon.
Resumen en inglés
Human infection with nematodes of the genus Toxocara is an endemic anthropozoonosis in many locations, with prevalence rates above 50% in different population groups in both developed and developing countries. The aim of this study was to assess the prevalence, factors associated, and spatial distribution with Toxocara spp. infection among children residing in the urban area of Acrelândia, Acre, Western Brazilian Amazon. A population-based cross-sectional study with 1112 children <11 years of age was conducted. Socioeconomic and demographic information was obtained through structured questionnaires. Anthropometric measurements and biological samples (blood and stools) were collected from the participants. The enzyme immunoassay method (ELISA) was used to evaluate the seroprevalence of Toxocara spp. infection. Geographic coordinates were recorded for all households participating in the survey, and subsequently analyzed by spatial scan analysis. Prevalence ratios (PR; 95% confidence intervals, 95%CI) of factors associated to this anthropozoonosis were estimated using Poisson regression models, with hierarchical selection of independent variables. An overall prevalence of 38% for IgG anti-Toxocara spp. antibodies was found; children 5 years of age presented statistically significantly higher prevalence of Toxocara spp. infection when compared with younger children (PR, 1.70; 95%CI, 1.442.00). The absence of treatment of drinking water (PR: 1.38, 95%CI, 1.111.71), vitamin A deficiency (PR: 1.47, 95%CI, 1.221.78), and presence of geo-helminths (PR: 1.57, 95%CI, 1.251.98) were positively associated to this anthropozoonosis infection. In contrast, the highest wealth index quartile (PR: 0.65, 95%CI, 0.510.83), and the higher level of maternal education (PR: 0.71, 95%CI, 0.580.88) were inversely associated to Toxocara spp. infection. Presence of a dog or cat in the household was not associated with infection by the nematode. Spatial distribution analysis detected a significant low-prevalence cluster for Toxocara spp. infection in the area under investigation, comprising 36.0% of the seronegative subjects. The results indicate that the prevalence of Toxocara spp. infection observed in this study was similar to that found in the Brazilian Amazon region, but higher than rates in the south and southeast regions of Brazil, as well as those reported in others countries. It is noteworthy that the identification of factors associated with Toxocara spp. infection allowed the targeting of priority groups for appropriate intervention in this population.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2013-09-09
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.