• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.96.2023.tde-21032023-095746
Documento
Autor
Nome completo
Renata Kaori Tani Viana
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2022
Orientador
Banca examinadora
Rezende, Amaury José (Presidente)
Lima, João Paulo Resende de
Santos, Rogiene Batista dos
Silva, José Marcos da
Título em português
Menino veste azul e menina veste rosa: a discriminação de gênero sob a perspectiva do pink tax
Palavras-chave em português
Diferença de gênero
Discriminação de gênero
Pink tax
Teoria da interseccionalidade
Teoria da sinalização
Resumo em português
O objetivo desta pesquisa é analisar a presença do pink tax na categoria infantil nas maiores redes varejistas brasileiras. As hipóteses da pesquisa são: sob a lente da Teoria da Interseccionalidade, (i) produtos infantis voltados ao público feminino são mais caros do que os mesmos produtos voltados ao público masculino; e, à luz da Teoria da Sinalização, (ii) quão mais sinalizado o produto for quanto a identificação de gênero do seu público-alvo, maior será a discrepância dos preços praticados. Identificou-se o gênero através das cores, dos designs e da linguagem dos produtos. A amostra foi composta por 800 produtos de quatro tipos: bicicletas, bouncers, chupetas e mamadeiras. A técnica estatística utilizada é a regressão linear (método dos mínimos quadrados ordinários). Contrapondo a literatura, os resultados indicaram não haver relação entre os preços praticados e o público-alvo, rejeitando a primeira hipótese. Além disso, ainda que o grau de sinalização impacte o preço final, produtos mais sinalizados ao público feminino não aumentam o preço praticado especificamente para esse público-alvo, rejeitando a segunda hipótese. Acredita-se que os resultados decorrem da comparação de produtos equivalentes (idênticos ou similares), método não adotado por estudos anteriores.
Título em inglês
Boys wear blue and girls wear pink: gender discrimination from a pink tax perspective
Palavras-chave em inglês
Gender differentiation
Gender discrimination
Intersectionality theory
Pink tax
Signaling theory
Resumo em inglês
This research aims to analyze the presence of the pink tax in the children and toy category in the largest Brazilian retail chains. The research hypotheses are: based on the Intersectionality Theory, (i) children's products aimed at the female public are more expensive than the same products aimed at the male public; and, in the light of the Signaling Theory, (ii) the more signaled the product is regarding the gender identification of its target audience, the greater the discrepancy of the prices charged. Gender was identified through the colors, designs and language of the products. The sample was composed of 800 products of four types: bicycles, bouncers, pacifiers and baby bottles. The statistical technique used is linear regression (ordinary least squares method). Contrary to the literature, the previous results indicate that there is no relationship between the prices charged and the target audience, rejecting the first hypothesis. Furthermore, even though the degree of signaling impacts the final price, products with more signaling to the female public do not increase the price charged specifically to this target audience. It is believed that the results are due to the comparison of equivalent products (identical or similar), method not adopted by previous studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2023-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.