• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.96.2020.tde-16122019-111427
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Massarotto Dandaro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Lima, Fabiano Guasti (Presidente)
Fregonesi, Mariana Simões Ferraz do Amaral
Gomes, Sonia Maria da Silva
Nossa, Valcemiro
Título em português
Por que agir responsavelmente? Uma análise da relação entre risco financeiro e responsabilidade social corporativa em empresas brasileiras de capital aberto
Palavras-chave em português
Classificação de crédito
Rating
Responsabilidade social
Responsabilidade social corporativa
Risco financeiro
Resumo em português
Este estudo tem como objetivo investigar o impacto da adoção de práticas de responsabilidade social corporativa (RSC) sobre o risco financeiro em empresas brasileiras de capital aberto. Os dados foram coletados utilizando a plataforma Thomson Reuters. A base ASSET4 ESG foi escolhida por possibilitar a observação do efeito individual de aspectos ambientais, sociais, econômicos e de governança sobre a percepção do risco financeiro. A variável dependente escolhida como proxy para o risco financeiro foi o rating, realizado pelas empresas de classificação de risco de crédito Moody's, Fitch e Standard & Poor's. A metodologia empregada foi a análise de dados em painel desbalanceado, com a estimação do modelo por logit ordenado robusto. Foram desenvolvidos onze modelos para analisar a relação entre as variáveis explicativas de RSC e a variável dependente. Foi necessário o emprego de variáveis de controle presentes na literatura internacional para garantir a qualidade explicativa dos modelos. Considerou-se questões como a composição do capital, a rentabilidade, a liquidez, o giro do ativo, a alavancagem, o tamanho da empresa e a cobertura dos analistas. Os resultados desses modelos sugerem que as práticas de RSC reduzem o risco financeiro em empresas brasileiras, principalmente por meio da dimensão econômica em empresas com grau de investimento, e da dimensão social em empresas com elevado rating. Além disso, para as dimensões ambiental e de governança os resultados não mostram evidências de redução do risco financeiro
Título em inglês
Why act responsibly? An analysis of the relationship between corporate social responsibility and financial risk in Brazilian publicly traded companies
Palavras-chave em inglês
Corporate social responsibility
Credit risk
Financial risk
Rating
Social responsibility
Resumo em inglês
This study aims to investigate the impact of the adoption of corporate social responsibility (CSR) practices on financial risk in Brazilian public companies. We collected the data using the Thomson Reuters platform. We choose the ASSET4 ESG base because it allows the observation of the individual effect of environmental, social, economic and governance aspects on financial risk. The dependent variable, the proxy for financial risk, is the rating, carried out by the credit rating companies Moody's, Fitch and Standard & Poor's. We use as methodology the unbalanced panel data analysis and we estimate the models using robust ordered logit. We developed eleven models to analyze the relationship between the CSR explanatory variables and the dependent variable. It was necessary to use control variables present in the international literature to guarantee the explanatory quality of the models. Such as capital composition, profitability, liquidity, asset turnover, leverage, company size, and analyst coverage. The results of these models suggest that CSR practices reduce financial risk in Brazilian companies, mainly through the economic dimension in investment-grade companies, and the social dimension in non-investment-grade companies. Also, environmental and governance dimensions do not appear to reduce financial risk
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.