• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Alessandro Rodrigues Goulart
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Amui, Lara Bartocci Liboni (Presidente)
Caldana, Adriana Cristina Ferreira
Machado Neto, Alfredo José
Sambiase, Marta Fabiano
Título em português
A falência do atual modelo de educação superior em tecnologia da informação (TI)
Palavras-chave em português
Abordagem sistêmica
Educação superior
Tecnologia da informação
Resumo em português
A educação de qualidade é o que diferencia as nações, sendo o principal gatilho para o desenvolvimento de um país. Entretanto, apesar da sua importância, o modelo de educação é praticamente o mesmo há quase 200 anos. Nesse período quase tudo o que se conhece já foi reinventado; e isso fica mais evidente com as transformações tecnológicas na era da digitalização e da indústria 4.0. No entanto, ainda é necessário ampliar o questionamento de como se tem praticado a educação nos últimos anos e de como ela será daqui para frente. Este trabalho tem como foco a educação superior; e, mais especificamente, a educação em tecnologia. A percepção de que a Educação hoje não atende as necessidades do mercado, que a insatisfação dos stakeholders aparece como um indicador de que algo precisa mudar e de que é necessário compreender primeiramente quais são os desafios e as tendências futuras. Em um país carente de investimentos como o Brasil, não se pode cair no erro de se propor modelos de Educação Superior que não alcancem resultados efetivos. Dadas as condições de país emergente e as vulnerabilidades sociais, a educação se torna premissa fundamental para a promoção do desenvolvimento sustentável. Neste sentido, este trabalho buscou analisar as percepções de diferentes stakeholders sobre a realidade da Educação Superior em Tecnologia da Informação (TI) no Brasil. Por meio da abordagem sistêmica, o estudo qualitativo baseado em entrevistas com os stakeholders, utilizou a metodologia Soft System Methodology (SSM) para compreender a situação atual e propor ações que viabilizem mudanças. Como resultado foi desenvolvido um framework com alternativas que direcionam caminhos para uma educação superior em tecnologia mais condizente às necessidades e demandas da sociedade, em especial na era da digitalização e suas respectivas mudanças tecnológicas. Os stakeholders empresas de TI, gestores de IES, associações de empresas de TI, estudantes e professores foram ouvidos. Em sua maioria, apontaram desalinhamento do ensino superior às demandas do mercado, ensino com técnicas defasadas e conteúdo fragmentado, irreal expectativa dos estudantes quanto ao mercado de trabalho em TI e falta de apoio emocional e de empregabilidade da escola ao aluno. As soluções apontadas caminham no sentido da parceria com a iniciativa privada para co-criação do ensino bem como programa de desenvolvimento de gestão de pessoas nas IES, considerando os professores como capital humano potencial e não como mão-de-obra horista em sala de aula
Título em inglês
Ruin of the current model of higher education in information technology (IT)
Palavras-chave em inglês
Higher education
Information technology
Systemic thinking
Resumo em inglês
Quality education is what differentiates nations, being the main trigger for the development of a country. However, despite its importance, the education model has been practically the same for almost 200 years. In this time almost everything that is known has already been reinvented; and this becomes more evident with the technological changes in the age of digitization and industry 4.0. However, it is still necessary to broaden the question of how education has been practiced in recent years and how it will be going forward. This work focuses on higher education; and, more specifically, technology education. The perception that Education today does not meet market needs, that stakeholders dissatisfaction appears as an indicator that something needs to change and that it is necessary to first understand what the challenges and future trends are. In a country lacking in investments like Brazil, one cannot go wrong in proposing higher education models that do not achieve effective results. Given emerging country conditions and social vulnerabilities, education becomes a key premise for the promotion of sustainable development. In this sense, this work sought to analyze the perceptions of different stakeholders about the reality of Higher Education in Information Technology (IT) in Brazil. Through the systemic approach, the qualitative study based on stakeholders interviews, used the Soft System Methodology (SSM) to understand the current situation and propose actions that make changes possible. As a result, a framework was developed with alternatives that lead the way to a higher education in technology aligned with the needs and demands of society, especially in the era of digitalization and its respective technological changes. stakeholders IT companies, HEI managers, IT business associations, students and teachers were heard. For the most part, they pointed out to the misalignment of higher education and the demands of the market, teaching with lagged techniques and fragmented content, unrealistic expectation of the students regarding the labor market in IT and lack of emotional support and employability of the school to the student. Solutions pointed towards the partnership with the private initiative for co-creation as well as a program for the development of human resources in the HEI, considering teachers as potential human capital and not as hourly workforce in the classroom
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.