• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.96.2016.tde-11072016-144421
Documento
Autor
Nome completo
Silvio Dobelin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Galina, Simone Vasconcelos Ribeiro (Presidente)
Amui, Lara Bartocci Liboni
Leoneti, Alexandre Bevilacqua
Machado, Denise Del Prá Netto
Takahashi, Adriana Roseli Wünsch
Título em português
Os efeitos da adoção de práticas de inovação gerencial sobre a flexibilidade organizacional
Palavras-chave em português
Capacidades dinâmicas
Flexibilidade
Inovação gerencial
Inovação organizacional
Resumo em português
desenvolvem capacidades dinâmicas. Um tipo de inovação é a inovação gerencial que trata de mudanças na maneira de gerir a empresa. As capacidades dinâmicas são responsáveis pela percepção de oportunidades e ameaças e ajustamento da organização respondendo a elas. Tais capacidades causam o desenvolvimento de flexibilidade. Assim, o objetivo deste trabalho é relacionar a adoção de práticas de inovação gerencial à sua contribuição para o desenvolvimento de capacidades dinâmicas, medidas por meio da flexibilidade. O estudo é importante pela pequena atenção dada aos fatores organizacionais nos estudos de inovação, do pequeno número de pesquisas empíricas sobre capacidades dinâmicas e do desconhecimento dos mecanismos que atuam nessas capacidades. Para atender ao objetivo foi realizada uma pesquisa descritiva com etapas qualitativa e quantitativa. Na etapa qualitativa foram listadas práticas de inovação gerencial encontradas na bibliografia. Um painel de especialistas classificou essas práticas de acordo com os tipos de inovação gerencial. Na etapa quantitativa foi feito um levantamento usando questionário estruturado aplicado online no qual se mediu a adoção das práticas de inovação gerencial e uma escala pré-existente mediu a flexibilidade. A lista de respondentes foi obtida da Brasscom, do prêmio Great Place to Work, do Anuário Informática Hoje e Anuário Telecom. Compuseram a população da pesquisa 343 empresas escolhidas por conveniência. O questionário foi enviado para indivíduos do nível estratégico e foram obtidas respostas de 102 empresas. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva, análise fatorial exploratória e modelagem de equações estruturais. Os resultados mostram que entre as empresas do setor de TIC as práticas de organização do local de trabalho são as mais adotadas, e que as empresas que mais adotam inovação e são mais flexíveis são empresas entre 13 e 21 anos de idade, de capital estrangeiro ou misto, e que atuam também no Exterior. Verificou-se ainda que a flexibilidade estratégica, estrutural e operacional compõem as capacidades dinâmicas que por sua vez são afetadas pela adoção de inovação gerencial, especialmente das práticas de negócio. Para as empresas recomenda-se cuidado na adoção de práticas, para que estas não precisem ser abandonadas causando perda de flexibilidade. Nesse processo a atuação proativa dos gestores contribui para manter o ciclo de inovação gerencial funcionando. Como contribuição para a academia, destaca-se uma maior compreensão de como as capacidades dinâmicas são colocadas em prática e a medida dessa capacidade por meio da flexibilidade. Para pesquisas futuras recomendam-se estudos que identifiquem causas e consequências do abandono de práticas de inovação gerencial e a comprovação do modelo com dados de outros setores. Conclui-se que maior atenção deve ser dada ao estudo da inovação gerencial e seus efeitos sobre as capacidades dinâmicas.
Título em inglês
The effects of management innovation practices adoption on organizational flexibility
Palavras-chave em inglês
Dynamic capabilities
Flexibility
Management innovation
Organizational innovation
Resumo em inglês
Looking for answer to changes in environment, the enterprises adopt innovation and develop dynamic capabilities. A type of innovation is the management innovation that deals with changes in the way which the firm is managed. The dynamic capabilities are responsible for the perception of opportunities and threats and the fit of the organization responding to them. These capabilities cause the development of flexibility. Therefore, the aim of this research is to relate the adoption of management innovation to its contribution to development of dynamic capabilities, measured by the flexibility. This study is important because of the small attention given to the organizational factors in innovation research, because of the small number of empirical research dealing with dynamic capabilities and because the lack of comprehension about the mechanisms that act on these capabilities. In order to answer this aim it was performed a descriptive research with quantitative and qualitative stages. In qualitative stage it was listed management innovation practices found in bibliography. An experts panel classified these practices according to the types of management innovation. In quantitative stage it was performed a survey online where the adoption of management innovation practices were measured and a preexisting scale measured the flexibility. The list of the respondents was obtained from Brasscom, from the Great Place to Work award, from the Anuário Informática Hoje and Anuário Telecom. The population was composed of 343 firms chosen utilizing convenience sampling. The questionnaire was sent to individuals pertaining to the strategic level of the firms and 102 responses were obtained. The data were analyzed using descriptive statistics, exploratory factor analysis and structural equation modeling. The results show that workplace organization practices are the most adopted and that firms adopting more innovation and that are more flexible are enterprises between 13 and 21 years old, having foreign or mixed capital and that operates abroad. It was verified that strategic, structural and operational flexibility compounds the dynamic capabilities which are affected by adoption of management innovation, specially the business practices. To the firms it was recommended caution adopting the practices in order to not to need to abandon them, causing loss of flexibility. In this process the proactive action of the managers contributes to maintain the management innovation cycle working. As a contribution to the academy highlights a larger comprehension of how the dynamic capabilities are put into practice and the measurement of this capacity through the flexibility. For future research, we recommend research that identify the causes and consequences of abandoning management innovation practices and the verification of the model with data from other sectors. The conclusion is that greater attention must be given to the management innovation and its effects on dynamic capabilities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-07-15
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • DOBELIN, S., e GALINA, S. V. R. O Conteúdo de Inovação Organizacional em Pesquisas Nacionais de Inovação: a insuficiência de seu escopo e profundidade. In XV Congreso Latino Ibero-Americano de Gestión Tecnologica - ALTEC 2013, Porto, 2013. Anais do XV Congreso Latino Ibero-Americano de Gestión Tecnologica., 2013.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.