• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.96.2021.tde-26072021-095242
Documento
Autor
Nome completo
Bruno de Queiroz Caleman
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2021
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Fabio Augusto Reis (Presidente)
Issler, Joao Victor
Rossi, Marina Delmondes de Carvalho
Título em inglês
Consumption predictability: the role of credit conditions
Palavras-chave em inglês
Consumption
Credit
Intertemporal household choice
Resumo em inglês
The goal of this dissertation is to investigate the relationship between consumption and credit through a dynamic structural model. With impatient consumers and low income volatility, the dependence of consumption to consumer credit is a proxy of credit supply, opposing the usual interpretation. In this case, deregulation on credit markets would enhance the predictive power of consumer credit. However, with less impatient consumers and increased income volatility, more credit supply reduce the dependence of consumption to consumer credit. This theoretical evidence shows that there is ambiguity in interpreting the predictability of aggregate consumption, and understanding dependence of consumption to credit as a measure of credit constraints might be misleading.
Título em português
Previsibilidade do consumo: o papel das condições de crédito
Palavras-chave em português
Consumo
Crédito
Escolha doméstica intertemporal
Resumo em português
O objetivo desta dissertação é investigar a relação entre consumo e crédito por meio de um modelo estrutural dinâmico. Com consumidores impacientes e baixa volatilidade da renda, a dependência do consumo em relação ao crédito para consumo é uma proxy da oferta de crédito, opondo-se a interpretação usual. Nesse caso, a desregulamentação dos mercados de crédito aumentaria o poder preditivo do crédito. No entanto, com consumidores menos impacientes e maior volatilidade da renda, mais oferta de crédito reduz a dependência do consumo em relação ao crédito para consumo. Essa evidência teórica mostra que há ambigüidade na interpretação da previsibilidade do consumo agregado, e entender a dependência do consumo em relação ao crédito como uma medida das restrições de crédito pode ser incorreto.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-07-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.