• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2013.tde-24042013-110617
Documento
Autor
Nome completo
Felícia Mariana Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Pazello, Elaine Toldo (Presidente)
Fernandes, Reynaldo
Rios Neto, Eduardo Luiz Goncalves
Título em português
Os impactos da maternidade precoce sobre os resultados socioeconômicos de curto prazo das adolescentes brasileiras
Palavras-chave em português
Educação
Gravidez na adolescência
Mercado de trabalho
Pobreza
Resumo em português
A gravidez na adolescência é um fenômeno complexo, associado a inúmeros fatores econômicos, educacionais e comportamentais. Muitos estudos realizados no Brasil e em outros países preocupam-se em apresentar a forte associação entre a idade em que a mulher tem seu primeiro filho e indicadores sociais e econômicos relativos aos seus resultados futuros. Na maioria destes estudos, encontram-se evidências de que a gravidez precoce prejudica o desempenho escolar dificultando a inserção das jovens mães no mercado de trabalho. Tal desvantagem socioeconômica pode estar associada à potencialização do círculo vicioso da pobreza e ao aumento das desigualdades de gênero no mercado de trabalho. O objetivo dessa pesquisa é analisar o impacto da presença de filho sobre os resultados econômicos e sociais de curto prazo das adolescentes brasileiras. Para tratar do problema de endogeneidade presente na relação entre filhos e resultados socioeconômicos, este trabalho propõe o uso da ocorrência de natimortos para a construção do contrafactual de interesse. Os resultados obtidos mostram que jovens que têm filho estão mais propensas a estabelecer um relacionamento conjugal, têm 18,4 pontos percentuais a mais de chances de terem cônjuge. Há também evidências de impactos negativos significativos deste evento sobre o desenvolvimento educacional da adolescente. Estima-se uma redução em 18,8 pontos percentuais da probabilidade de frequentar a escola e em 10 pontos percentuais da probabilidade da adolescente possuir pelo menos o Ensino Fundamental completo. Ademais, foram encontradas evidências de que a presença de filho também reduz em 13,7 p.p as chances da jovem participar do mercado de trabalho.
Título em inglês
The impacts of early motherhood on the short-term socioeconomics outcomes of Brazilians adolescents
Palavras-chave em inglês
Education
Labor Market
Poverty
Teenage pregnancy
Resumo em inglês
Teenage pregnancy is a complex phenomenon associated with numerous economic, educational and behavioral aspects. Many studies in Brazil and in others countries are concerned to present a strong association between the age at which women have their first child and the social and economic indicators relating to future results. In most of these studies, there are evidences that early pregnancy affects school performance hindering the inclusion of young mothers in the labor market. Such socioeconomic disadvantage may be associated with potentiation of the vicious poverty circle and with increasing gender inequalities in the labor market. The objective of this research is to analyze the impact of early motherhood on the short-term socioeconomic results of Brazilian adolescents. To address the problem of endogeneity in the relationship between children and socioeconomic outcomes, this study proposes the use of stillbirth for the construction of the counterfactual of interest. The results show that teenagers who have child are more likely to establish a marital relationship, have 18.4 percentage points more likely to have a spouse. There is also evidence of significant negative impacts of this event on the development of schooling. It is estimated a reduction by 18.8 percentage points in the probability of attending school and by 10 percentage points in the probability of have complete at least the primary education. Furthermore, evidence was found that the presence of child also reduces in 13.7 p.p the chances of adolescents participate in the labor market.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.