• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.91.2020.tde-23012020-102006
Documento
Autor
Nome completo
Alci Albiero Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Tommasiello Filho, Mario (Presidente)
Camargo, José Luís Campana
Groenendyk, Peter Stoltenborg
Oliveira, Gilvan Sampaio de
Silva, Edson José Vidal da
Verdade, Luciano Martins
Título em inglês
How Amazon trees growth are affected and react to forest fragmentation and climate changes? A dendrochronology approach
Palavras-chave em inglês
Biological Dynamics of Forest Fragments Project
Canopy
Dendroclimatology
Dendroecology
Habitat loss
Sub-canopy
Resumo em inglês
Trees are considered key elements of tropical forests, playing central roles in maintaining and balancing of the ecosystems with which they are associated and in providing environmental services that are indispensable for human well-being. Because they are sessile and long-lived beings, they become excellent temporal bioindicators of past and present environmental changes to which they are exposed throughout their lives. Currently, the conservation of the world's largest rainforest is strongly threatened by advances in deforestation rates and the Antropocene climate changes. In this context, through a dendrochronological perspective, the present study aimed to evaluate how trees occupying different vertical profiles of the terra firme forest in central Brazilian Amazonia are affected by edge effects and climate change and react to these phenomena during their lifetime. Through tree rings we reveal that Scleronema micranthum (Ducke) Ducke (Malvaceae) trees located in the forest canopy are more sensitive to edge effects and climate change, showing an 18% reduction in their growth rates during the first 10 years of forest fragmentation. Opposite results to those observed for Theobroma sylvestre Mart. (Malvaceae) trees located under forest canopy that increased their growth rates by approximately 6% during the first 20 years of fragmentation. Confirming that structural and climate changes caused by edge effects and large-scale climate changes mainly related to oceans warming and cooling exert contrasting differences in tree growth dynamics depending on their position in the vertical profile of the forest. Therefore, we highlight the relevance of tree rings as bioindicators of forest fragmentation and local and large-scale climate change to which trees are exposed during their lives. Providing new perspectives on Amazonian trees resilience, corroborating with forest management and restoration practices in future scenarios of fragmentation and global warming.
Título em português
Como as árvores da Amazônia são afetadas e reagem à fragmentação florestal e mudanças climáticas? Uma abordagem dendrocronológica
Palavras-chave em português
Dendroclimatologia
Dendroecologia
Dossel
Perda de habitat
Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais
Sub-dossel
Resumo em português
As árvores são consideradas elementos fundamentais das florestas tropicais, desempenhando papéis centrais na manutenção e equilíbrio dos Ecossistemas a que estão associadas e no fornecimento de serviços ambientais indispensáveis para o bem-estar humano. Por serem seres sésseis e longevos, se tornam excelente bioindicadores temporais das alterações ambientais pretéritas e presentes a que são expostas ao longo de suas vidas. Atualmente, a conservação da maior floresta tropical do mundo está fortemente ameaçada pelos avanços nas taxas de desmatamento e mudanças climáticas do Antropoceno. Nesse contexto, através de uma perspectiva dendrocronológica, o presente estudo teve como objetivo avaliar como árvores ocupando diferentes perfis verticais da floresta de terra firme na Amazônia central brasileira são afetadas por efeitos de borda e mudanças climáticas e reagem a esses fenômenos ao longo da vida. Através dos anéis de crescimento revelamos que árvores de Scleronema micranthum (Ducke) Ducke (Malvaceae) localizas no dossel florestal são mais sensíveis aos efeitos de borda e mudanças climáticas, apresentando redução de 18% em suas taxas de crescimento durante os primeiros 10 anos de fragmentação. Resultado oposto aos observados para árvores de Theobroma sylvestre Mart. (Malvaceae) localizadas nos perfis verticais inferiores da floresta que aumentaram suas taxas de crescimento em aproximadamente 6% durante os primeiros 20 anos de fragmentação. Confirmando que mudanças climáticas locais e estruturais provocadas pelos efeitos de borda e alterações climáticas de larga escala relacionadas principalmente ao aquecimento e resfriamento dos oceanos exercem diferenças contrastantes na dinâmica de crescimento de árvores dependendo de sua posição no perfil vertical da floresta. Portanto, destacamos a relevância dos anéis de crescimento como bioindicadores da fragmentação florestal e mudanças climáticas locais e de larga escala a que as árvores são expostas durante suas vidas. Fornecendo novas perspectivas sobre a capacidade de resiliência das árvores da Amazônia, corroborando com práticas de manejo e restauração florestal em cenários futuros de fragmentação e aquecimento global
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.