• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Patrícia Gunther Haack
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Molina, Silvia Maria Guerra (Presidente)
Queiroz, Odaléia Telles Marcondes Machado
Maffezoli, Lineu Carlos
Miranda, Silvia Helena Galvao de
Título em português
Consumo, endividamento, questões ambientais e adaptabilidade humana
Palavras-chave em português
Adaptabilidade humana
Consumo
Endividamento
Questões ambientais
Resumo em português
O presente estudo de natureza bibliográfica, qualitativa e analítica apoiou-se na transdisciplinaridade da Ecologia Humana com outras áreas do conhecimento e objetivou evidenciar a influência contemporânea de grandes corporações globais no padrão de consumo, no endividamento das pessoas, no empobrecimento das instituições, enfraquecimento dos Estados Nacionais e nas urgentes questões ambientais. Foram entrelaçadas perspectivas teóricas multidisciplinares sobre consumo, endividamento e questões ambientais, demonstrando a consolidação da obsolescência como estratégia capitalista para impulsionar vendas de eletrodomésticos e automóveis, têxtil e moda, eletrônicos e softwares, com consequente intensificação de impactos no ambiente pelo extrativismo de recursos naturais, contaminação da água, solo e ar, bem como a geração de lixo. Evidenciou-se o cenário em que o ganho com aplicações financeiras é frequentemente superior ao ganho com atividades produtivas, o capital improdutivo, a consolidação do poder econômico de grandes conglomerados globais e sua influência sobre as políticas públicas, de ensino, pesquisa e sobre o sistema judiciário. A concentração de riquezas e poder econômico das grandes corporações globais vêm afetando a economia mundial, o endividamento e empobrecimento das instituições, agravando a desigualdade social, dificultando a implementação de programas de educação, cumprimento de acordos mundiais e fiscalizações ambientais. A interdisciplinaridade promovida pela Economia da Informação, adoção de princípios da Economia Circular, a preocupação generativa da geração Y com o mundo, ambiente e consumo, a inventividade humana, a conectividade global, a convergência das tecnologias digitais, físicas e biológicas, tratadas neste trabalho, podem contribuir para reverter o quadro de degradação ambiental. Para enfrentar os desafios globais é necessário integrar aquilo que é biologicamente necessário, social e culturalmente desejado com o que é ecologicamente possível. O ser humano é o único com capacidade de protestar e reverter o quadro de degradação ambiental ao qual vem se adaptando nas últimas décadas. Sua capacidade de adaptação em promover as mudanças necessárias pode reconstruir padrões de direitos, deveres e valores humanos e adotar novas formas de pensar, sentir, agir e comportar-se.
Título em inglês
Consumption, indebtedness, environmental issues and human adaptability
Palavras-chave em inglês
Consumption
Environmental issues
Human adaptability
Indebtedness
Resumo em inglês
This bibliographic, qualitative and analytical study was based on the transdisciplinarity of Human Ecology with other areas of knowledge and aimed to highlight the contemporary influence of large global corporations on the pattern of consumption, on people's indebtedness, on the impoverishment of institutions, on the weakening of human resources, National States and urgent environmental issues. Several theoretical perspectives on consumption, debt and environmental issues were intertwined, demonstrating the consolidation of obsolescence as a capitalist strategy to boost sales of appliances and automobiles, textiles and fashion, electronics and software, intensifying impacts on the environment through the extraction of natural resources, water contamination, soil and air, as well as waste generation. The scenario showed that the gain on financial investments is often greater than the gain on productive activities, unproductive capital, the consolidation of the economic power of large global conglomerates and their influence on public policies, education, research and the judiciary system. The concentration of wealth and economic power of large global corporations has been affecting the world economy, aggravating social inequality, making it difficult to implement education programs, comply with agreements and environmental inspections. The interdisciplinarity promoted by the Information Economy, adoption of Circular Economy principles, Generative concern of Y generation with the world, environment and consumption, human inventiveness, global connectivity, convergence of digital, physical and biological technologies can all contribute to reversing the picture of environmental degradation. Meeting global challenges requires integrating what is biologically necessary, socially and culturally desired with what is ecologically possible. The human being is the only one capable of protesting and reversing the picture of environmental degradation to which he has been adapting in recent decades. Their ability to adapt to change can rebuild human rights, duties, and values to adopt new ways of thinking, feeling, acting, and behaving.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.