• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.90.2011.tde-23112011-092708
Documento
Autor
Nombre completo
Renato Pasqual
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Harari, Joseph (Presidente)
Günther, Wanda Maria Risso
Malheiros, Tadeu Fabricio
Título en portugués
Avaliação de indicadores de gestão e sustentabilidade para o Porto de Santos - SP
Palabras clave en portugués
desenvolvimento sustentável
gestão ambiental portuária
Indicadores de sustentabilidade
porto de Santos.
sustentabilidade
Resumen en portugués
O presente estudo trata da análise do uso de indicadores de sustentabilidade no porto de Santos SP. Procura levantar a problemática da utilização deste tipo de indicador para as atividades portuárias, sua importância e dificuldades. A pesquisa bibliográfica e documental de caráter exploratório buscou o correto entendimento do contexto atual de operação do porto de Santos SP, e as possibilidades de melhoria da gestão portuária para a sustentabilidade. Com base em uma metodologia amplamente aceita internacionalmente - o GRI (Global Reporting Initiative) e análise de informações coletadas junto à autoridade portuária - CODESP (Companhia Docas do Estado de São Paulo) - o estudo apresenta uma proposta de estrutura de indicadores para a gestão e relato de sustentabilidade com base nos atuais indicadores de gestão do porto. O porto de Santos atualmente utiliza como ferramenta de monitoramento de suas atividades um sistema de indicadores de gestão que é composto por 70 indicadores, em sua maioria operacionais. A proposta apresentada foi estruturada em um grupo de indicadores para cada dimensão considerada essencial para a avaliação de sustentabilidade do porto econômica (4 indicadores), ambiental (11 indicadores) e social (5 indicadores). Perante o objetivo geral apresentado para este trabalho, foi possível verificar que o tema da sustentabilidade apresenta um campo muito grande para aplicação de seus conceitos nas diversas atividades do porto. Esta proposta pode ser adaptada para a realidade de outros portos do país, fornecendo base para o início de práticas de gestão e relatos de sustentabilidade, que possibilitem melhorias no controle de questões socioambientais complexas e que hoje possuem impactos significativos ao longo da costa brasileira, afetando populações de grande significância, em regiões que possuem características ecológicas de transição entre ambientes terrestres e aquáticos e que, além de seu valor biológico, sofrem grandes distúrbios de seu equilíbrio dinâmico natural devido a estes impactos antrópicos. A gestão de sustentabilidade do Porto de Santos apresenta grandes desafios, principalmente no gerenciamento dos diversos tipos de resíduos que são gerados, o controle de eventuais emissões provindas de vazamentos e outras situações emergenciais, e também das emissões contínuas. Outro ponto de grande relevância são as dragagens de aprofundamento do canal, que necessitam de um gerenciamento muito bem estruturado para a mitigação dos impactos ambientais destas obras. Esta estrutura de indicadores tem como usuários potenciais: os gestores do porto, que poderão obter informações relevantes para o planejamento e tomada de decisão relativa à sustentabilidade da organização; os órgãos reguladores, que obterão informações quanto ao atendimento de requisitos legais; a comunidade local, que ganhará a possibilidade de acompanhar o desenvolvimento das ações sociais realizadas e seus resultados; as empresas usuárias do porto, que serão influenciadas a se alinhar com as ações em busca da sustentabilidade; organizações não-governamentais envolvidas com questões sócio-ambientais ou comprometidas com a preservação de condições ambientais; e demais interessados nos impactos causados pelo porto na região.
Título en inglés
Evaluation of management and sustainability indicators for port of Santos SP.
Palabras clave en inglés
port environmental management
port of Santos.
sustainability
Sustainability indicators
sustainable development
Resumen en inglés
This study is an analysis of the use of indicators for sustainability at the port of Santos - SP. Aims to discuss the use of this kind of indicators for port activities, its importance and difficulties. The exploratory research was based on literature and documents provided by port authority seeking the correct understanding of the port of Santos current operational context, and the possibilities for improving the port sustainability management. Based on a methodology that is widely accepted internationally - the GRI (Global Reporting Initiative) - and analysis of information collected from the port authority - CODESP (São Paulo Dock Company) - the study presents a proposal for an indicators framework for sustainability management and report, based on current indicators of the port. The port of Santos currently uses a system of management indicators for monitoring its activities, which consists of 70 indicators, mostly operational. The proposal was structured in a set of indicators for each dimension considered essential for the port sustainability assessment economic (4 indicators), environmental (11 indicators) and social (5 indicators). In accordance with the general objective of this study, it was possible to verify that sustainability issue has a very large application area of its concepts in the various activities of the port. This proposal can be adapted to the reality of other ports in the country, providing the basis for the initiation of sustainability management and report, which enable improvements in control of complex environmental issues that have significant impacts along the Brazilian coast, affecting substantial populations in areas that have characteristics of ecological transition between terrestrial and aquatic environments. Despite its biological value, these areas suffer major disruptions of their natural dynamic balance due to these human impacts. The sustainability management of the Port of Santos presents major challenges, especially in the management of various types of wastes that are generated, the control of occasional emissions caused by leaks and other emergencies, and also continuous emissions. Another important point is the dredging to deepen the channel, which needs a well structured management for mitigating the environmental impacts of this work. The potential users of this indicators structure are: the port managers, which can obtain relevant information for planning and decision making related to the organization sustainability; the regulatory agencies, which will obtain information regarding the legal requirements compliance; the local community, that will have the possibility of tracking the development of social actions and their results; the private companies that are port users, which will be influenced to align with the sustainability pursuit; non-governmental organizations involved in socio-environmental issues and committed to preservation of environmental conditions; and other stakeholders interested in the impacts caused by the port in the region.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
RenatoPasqual.pdf (1.60 Mbytes)
Fecha de Publicación
2011-11-24
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.