• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2018.tde-19122018-173525
Documento
Autor
Nome completo
Milenna Castanho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Storpirtis, Silvia (Presidente)
Germani, Ana Claudia Camargo Gonçalves
Gomes, Ligia Ferreira
Strasser, Marc
Título em português
Avaliação das atitudes de colaboração entre estudantes de graduação dos cursos de Farmácia e Medicina na Universidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Educação farmacêutica
Estudantes de farmácia
Estudantes de medicina
Relações interprofissionais
Sistema Único de Saúde
Resumo em português
A prática farmacêutica vem, ao longo dos anos, mudando o seu foco, uma vez que as mudanças de perfil epidemiológico, como a elevação da expectativa de vida, a diversidade de enfermidades crônicas, bem como a morbimortalidade associada ao uso de medicamentos e o aumento dos gastos com saúde, requerem acompanhamento prolongado de pacientes e abordagem integral que contemple as múltiplas dimensões da assistência à saúde dos usuários e da população em geral, com ênfase em prevenção e educação em saúde. Atributos importantes dos profissionais de saúde incluem, mas não estão limitados, à empatia cognitiva, a colaboração interprofissional e as orientações centradas no paciente. Instrumentos de pesquisa para medir cada um desses atributos foram projetados e validados em diferentes graus. O objetivo deste trabalho foi avaliar o grau de cooperação entre estudantes de graduação dos cursos de Farmácia e de Medicina da Universidade de São Paulo, Campus da Capital. Trata-se de um estudo do tipo transversal, quantitativo, com aplicação de questionário online construído e validado especificamente para avaliar o grau de cooperação entre estudantes de todos os anos de graduação dos cursos de Farmácia e de Medicina. Os dados foram coletados por meio do envio do questionário aos estudantes dos dois cursos, o qual contempla dados sócio-demográficos, contato prévio com a prática interprofissional e a versão validada para o português do instrumento "Scale of Attitudes Toward Pharmacist-Physician Collaboration". Foi realizada análise estatística empregandose métodos descritivos (média, mediana e desvio padrão) e inferenciais (Software R - teste t de Student e ANOVA). Com o presente estudo, observou-se que, de maneira geral, os estudantes dos dois cursos são favoráveis às práticas interprofissionais, porém, os dados apontam que os estudantes de Farmácia se mostram mais favoráveis a estas práticas quando comparados aos de Medicina. São necessários mais estudos para aprofundar as causas das diferenças encontradas entre os dois grupos e no que diz respeito à relação das atividades de educação interprofissional e a percepção dos estudantes quanto à colaboração médicofarmacêutico.
Título em inglês
Evaluation of collaboration attitudes among undergraduate students of Pharmacy and Medicine courses at the University of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Interprofessional relations
Medical students
Pharmaceutical education
Pharmacy students
Unified Health System
Resumo em inglês
The pharmaceutical practice has, over the years, changing its focus, since the epidemiological profile changes, such as increased life expectancy, the diversity of chronic diseases, as well as the morbidity and mortality associated with the use of drugs and the increase in health spending, require prolonged follow-up of patients and require comprehensive approach that addresses the multiple dimensions of health care users and the general population, with emphasis on prevention and health education. Important health professionals attributes include, but are not limited to cognitive empathy, interprofessional collaboration, and guidance centered on the patient. Research tools to measure each of these attributes have been designed and validated to varying degrees. The objective of this study is to measure and evaluate the level of cooperation among undergraduate students of Pharmacy and Medicine courses at the University of São Paulo, Campus Capital. It is a transversal, quantitative study with online application of online questionnaire developed and validated specifically to evaluate the level of cooperation between students from all undergraduate years of Pharmacy and Medicine courses. Data will be collected by sending the questionnaire to students from both courses. The questionnaire will be prepared on the basis of the Federal University of Sergipe tool and every student can respond to even just once. It will be performed the statistical analysis employing descriptive methods (mean, median and standard deviation) and inferential (Software R - Student's t-test and ANOVA). With the present study, it was observed that, in general, the students of the two courses are favorable to interprofessional practices, however the data indicate that the students of pharmacy are more favorable when compared to those of medicine. Further studies are necessary to look into the causes of the differences found between the two groups and also regarding the relation of the activities of interprofessional education and the students' perception regarding the physician-pharmacist collaboration.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.