• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.9.2011.tde-16042013-120458
Documento
Autor
Nome completo
Roxana Lili Roque Flores
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Ferraz, Humberto Gomes (Presidente)
Araujo, Gabriel Lima Barros de
Ferreira, Fabio Furlan
Título em português
Caracterização físico-química e desenvolvimento de metodologia para avaliação da dissolução intrínseca de albendazol e mebendazol
Palavras-chave em português
Albendazol
Dissolução intrínseca
Mebendazol
Polimorfismo
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivo desenvolver metodologia para avaliação da dissolução intrínseca (DI) de amostras de albendazol (ABZ) e mebendazol (MBZ), empregando-se o método de disco rotativo. Inicialmente foi realizada a caracterização físico-química dos fármacos, empregando-se os ensaios de termogravimetria (TG), calorimetria exploratória diferencial (DSC), difratometria de raios X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), densidade verdadeira, área superficial e tamanho de partícula, para sete amostras de ABZ e oito de MBZ. Com as análises de DRX e DSC foi possível verificar a presença dos polimorfos I e II, além de outras estruturas cristalinas nas amostras de ABZ. Em relação ao MBZ foi possível identificar os polimorfos A, C e a mistura destes polimorfos. Mediante o ensaio de solubilidade, verificou-se que as amostras que possuem o polimorfo C foram as mais solúveis nos meios de HCl 0,1N e suco gástrico. Finalmente, desenvolveu-se a metodologia para a avaliação da DI de ABZ e MBZ. Para avaliar o impacto das condições de ensaio na DI, escolheu-se uma amostra de ambos fármacos, que foi submetida a diferentes ensaios conforme delineamento experimental ortogonal de Taguchi do tipo L9(34). Verificou-se que tanto para o ABZ quanto para o MBZ, a variável que apresentou maior impacto na velocidade de dissolução intrínseca (VDI) foi o meio de dissolução. Dessa maneira, selecionaram-se as condições para a realização dos ensaios comparativos entre as amostras (diferentes fornecedores). Observou-se que as amostras que apresentam o polimorfo II (ABZ) e o C (MBZ) são aquelas que mostraram maiores valores de VDI. As condições empregadas para o estudo da VDI das amostras dos fármacos permitiram evidenciar diferenças entre os polimorfos demonstrando que a técnica de dissolução intrínseca é viável na caracterização das formas polimórficas de ABZ e MBZ.
Título em inglês
Physicochemical characterization and development of methodology for the evaluation of the intrinsic dissolution of albendazole and mebendazole
Palavras-chave em inglês
Albendazole
Intrinsic dissolution
Mebendazole
Polymorphism
Resumo em inglês
The purpose of this study was to develop a methodology for evaluating the intrinsic dissolution (ID) of samples of albendazole (ABZ) and mebendazole (MBZ), employing the rotating disk method. Initially, a physicochemical characterization of seven samples of ABZ and eight samples of MBZ was carried out through thermogravimetric tests (TG), differential scanning calorimetry (DSC), X-ray diffraction (XRD) and scanning electron microscopy (SEM), as well as evaluations of true density, surface area and particle size. With the XRD and DSC analyses, it was possible to ascertain the presence of polymorphs I and II, as well as other crystalline structures in the ABZ samples. With regards to MBZ, it was possible to identify polymorphs A and C, as well as a mixture of these polymorphs. With the execution of a solubility test, it was ascertained that the samples with polymorph C were the most soluble in the HCl 0.1N and gastric acid media. Finally, a methodology for the evaluation of the ID of ABZ and MBZ was developed. In order to evaluate the impact of the test conditions on ID, samples of both drugs were chosen, which were then subjected to different tests, according to the L9 (34) Taguchi experimental orthogonal array. It was ascertained that for both ABZ and MBZ, the variable with the greatest impact on the intrinsic dissolution rate (IDR) was the dissolution medium. Accordingly, the conditions for the execution of comparative tests between the samples were selected (different suppliers). It was observed that the samples that presented the polymorph II (ABZ) and C (MBZ) were also those that presented the greatest IDR values. The conditions employed for the IDR study of the drug samples enabled differences between the polymorphs to be ascertained, thus demonstrating that the intrinsic dissolution technique is viable for the characterization of polymorphic forms of ABZ and MBZ.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.